Caio Paulista gera polêmica ao aparecer em balada às vésperas do Fla-Flu

O atacante do Fluminense, Caio Paulista se viu no meio de uma polêmica às vésperas do primeiro clássico do time no ano, e simplesmente contra o maior rival: o Flamengo.

O atacante teve a foto publicada no story do vereador e YouTuber Gabriel Monteiro, em uma festa com aglomeração que teria acontecido na madrugada deste sábado (05)o.

A foto foi publicada por volta das 4h, em meio a u logo em seguida foi apagada. O Fluminense foi procurado, mas preferiu não se pronunciar.

A foto foi publicado pelo jornal Extra, que informou ainda que apesar da balada, o atacante esteve presente para o treinamento deste sábado, marcado para às 10h (de Brasília). Quem acompanhou a atividade, diz que o atleta não demonstrou nenhum sinal de ressaca, cansaço ou algo do tipo. Parecia estar em mais um dia normal.

A maior crítica recebida pelo atleta, no entanto, é a contaminação para Covid-19. Nas outras fotos publicadas por Gabriel Monteiro, é possível ver que a balada aconteceu em ambiente fechado e com aglomeração. Apenas neste início de temporada, o lateral-direito Samuel Xavier, o volante Felipe Melo e os atacantes Luiz Henrique e Germán Cano testaram positivo.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Jogo em Brasília é descartado, e final do Carioca está confirmada para o Maracanã

Depois da polêmica atitude do Flamengo e da Federação de Futebol do Estado do Rio em tentar levar o segundo jogo da decisão do Campeonato Carioca, apoiados pelo governador do Distrito Federal Ibaneis Rocha, para o estádio Mané Garrincha, em Brasília, e com a presença de público, a final do Estadual está confirmada para o Maracanã.

Em decisão tomada em conjunto pela Ferj e pelos clubes em reunião na manhã dessa terça-feira, foi descartada a alteração da partida para Brasília. Segundo os envolvidos, a desistência foi motivada pelas dificuldades logísticas da troca, além de o gramado do Mané Garrincha não estar preparado para receber jogos.

Outro fator decisivo foi o posicionamento do Fluminense, que desde que o início se mostrou contra a presença de público e a troca no palco da final.

Diferente do que ocorreu no primeiro jogo, a próxima partida não deve contar com os polêmicos “convidados” presentes na arquibancada, cerca de 150 torcedores chamados por Flamengo e Federação para acompanhar a final “in loco”, mesmo após decreto municipal proibindo a presença de público nos estádios.

A bola rola no sábado (22/5), às 21:05, no Maracanã.

Fonte: GE

Foto: Paula Carvalho/GE

Flu é derrotado de virada com pênalti polêmico e perde a final da Copa do Brasil Sub-17

Fluminense sai na frente mas acaba levando a virada com pênalti polêmico e perde para o São Paulo por 2 a 1 na final da Copa do Brasil sub-17. João Neto marcou o gol Tricolor na partida.

O Flu começou o jogo com tudo, pressionando o adversário. Aos 5, após bom passe de Jefté, João Neto finalizou com grande categoria para abrir o placar.

As condições do gramado no Luso Brasileiro atrapalhavam o bom futebol da equipe, com os jogadores tendo muita dificuldade para conduzir a bola e trocar passes. A melhor chance antes do intervalo veio já nos acréscimos, em chute de fora da área de Alexsander.

No segundo tempo o Flu voltou com tudo, em grande jogada coletiva, Alexsander tabelou com Metinho e finalizou colocado, obrigando o goleiro adversário a fazer uma boa defesa.

O Fluminense diminuiu a intensidade e recuou, chamando a equipe do São Paulo para cima. Com 20 minutos, desatenção da zaga e empate São Paulino com Caio, sem marcação na área, de cabeça.

Aos 40, após cruzamento de Lucas Felipe, João Neto finalizou mal e desperdiçou a chance de colocar o Tricolor de volta na liderança. No último lance da partida, polêmica. Caio Amaral roubou a bola do jogador adversário na área e o árbitro marcou pênalti. Pet bateu e converteu para o São Paulo, campeão da Copa do Brasil Sub-17.

As duas equipes voltam a se enfrentar na disputada da Supercopa do Brasil sub-17, já na próxima temporada.

Foto: Thiago Mendes/Porthix

Presidente do Flamengo sai em defesa de Jesus sobre polêmica envolvendo o Maracanã

Após Jorge Jesus, técnico do Flamengo reclamar da quantidade de jogos no Maracanã, o presidente do Fluminense, Mário Bittencourt detonou o português em coletiva na tarde da última sexta-feira (13).

Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, saiu em defesa do seu treinador na polêmica em torno da quantidade de jogos no estádio:

Não entendi da mesma forma (que Mário Bittencourt). O Jorge é um profissional fantástico, que quer o melhor para o futebol. Como todo perfeccionista, o gramado é muito importante e entendo a frustração dele de não conseguir reproduzir no jogo tudo o que ele treinou por causa da condição ruim do campo – disse Landim.

O mandatário rubro negro continuou falando sobre uma possível solução para buscar minimizar os danos ao gramado:

Nós como dirigentes temos que encarar como uma crítica construtiva e tentar buscar uma forma de reduzir o impacto que os inúmeros jogos causam no Maracanã. Já estamos chegando a 20 este ano, e estamos só começando. Vamos buscar soluções, seja buscar outros gramados, trocar quando estiver pior… Espaçamento de jogos, não sei. Algo que é nosso trabalho. Me sinto responsável por uma solução – concluiu Landim.

Indireta ? Câmera flagra Abel Braga em “desabafo” polêmico

Foto: Celso Pupo/Foto Arena

O técnico Abel Braga estreou na noite da última segunda-feira pelo Cruzeiro e, apesar da equipe Celeste ter sido derrotada por 1 a 0 pelo Goiás, no Serra Dourada, outra coisa chamou atenção: um “desabafo” do treinador antes mesmo da bola rolar.

Enquanto cumprimentava o técnico adversário, Ney Franco, Abelão soltou a seguinte pérola: “Agora jogador xinga e fica, e treinador é que sai, estamos f…”

O “desabafo” parece ter sido em referência ao caso de Ganso, que teve uma discussão calorosa com o técnico Oswaldo de Oliveira, vindo o treinador a ser demitido do Flu no dia seguinte.

Porém, o Cruzeiro viveu uma situação parecida com desafetos entre parte do elenco e o ex comandante Celeste, Rogério Ceni.

Após polêmica, Felipe Bastos tenta de desculpar em novo vídeo

Foto: Reprodução/Instagram

Jogador citou inclusive ameaça à familiares.

Após ter um vídeo divulgado nas redes sociais onde aparecia menosprezando e até ofendendo o Fluminense e seus torcedores, o meia Felipe Bastos gravou um novo vídeo na manhã desta segunda-feira (18), pedindo desculpas pelo até e tentando se desculpar tanto com o Fluminense, quanto com o torcedor.

Em dado momento do víde, divulgado pelo próprio jogador através de suas redes sociais, Felipe ainda revela ameaças a seus familiares.

Acompanhe o vídeo na íntegra: 

Fluminense desconfia de sondagens a jovem envolvido em polêmica e tomará medidas

Ao assumir torcida pelo Flamengo, Bruno Praxedes, reserva no sub-16 do Fluminense, causou polêmica, despertou a ira de tricolores na internet e obrigou o clube a se posicionar. Fora da lista de relacionados para a disputa da Taça BH, o jovem, sem espaço, foi liberado para férias.

Nos bastidores, desconfia-se que alguns times tenham sondado o meia, que tem se comportado de maneira diferente do normal no dia-a-dia em Xerém. Empresário, Diego Gomes nega quaisquer propostas e explica que, depois do recesso, debaterá o contrato.

“O Fluminense está ciente das postagens do atleta Bruno Praxedes e tomará as medidas cabíveis”, diz o comunicado.

Bruno Praxedes chegou à base do Fluminense em 2012 e foi titular até o sub-15, quando da convocação para a Seleção. Ao passar para o sub-16, caiu de rendimento e se tornou suplente. Ele tem contrato de formação – estágio que antecede o vínculo profissional – com o Tricolor. O vencimento ocorre no ano em que o jogador completará 18 anos.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!