fbpx

Flamenguista dá soco em torcedor do Fluminense após clássico, e MP cobra investigação da Polícia Civil

O clássico entre Fluminense e Flamengo, nesse domingo, envolveu, de novo, episódios de violência. Nos arredores do Maracanã, rivais se confrontaram e só se dispersaram com a chegada da Guarda Municipal, que agiu com bombas de efeito moral.


Na saída do jogo, vencido pelo Rubro-Negro por 3 a 2, um flamenguista de 18 anos cercou dois tricolores idosos em rampa que dá acesso às arquibancadas e desferiu um soco em um deles, que logo caiu no chão. Pessoas que passavam no local protegeram a dupla. O vídeo circulou nas redes sociais e indignou torcedores, que descobriram o nome do rapaz e, agora, cobram medidas da Polícia. Até o atacante Marquinhos Calazans se posicionou, em post no Twitter, revelando-se indignado.


Segundo o Globoesporte.com, o Ministério Público, representado pelo promotor do Grupo de Atuação Especializada do Desporto e Defesa do Torcedor, Marcos Kac, pediu à Polícia Civil que investigue o caso, que será entregue à 18ª Delegacia de Polícia, na Praça da Bandeira, Zona Norte do Rio de Janeiro. Os clubes prometem se unir para levar os torcedores que sofreram o ataque à semifinal de quarta-feira.


A tendência é que o agressor seja indiciado no artigo 41-B do Estatuto do Torcedor (promover tumulto, praticar ou incitar a violência ou invadir local restrito aos competidores esportivos). A pena é de reclusão de um a dois anos, além de multa. Caso a vítima registre ocorrência, o infrator poderá responder por lesão corporal.


Veja o vídeo:


Publicado por: Nicholas Rodrigues.

Top