fbpx

Fluminense tem seu segundo pior início de Brasileirão na era dos pontos corridos

Desempenho do Tricolor nas primeiras 10 rodadas deste ano só supera o de 2008, quando a equipe estava focada na Copa Libertadores

Foto: Lucas Merçon / FFC

Tornar desempenho em resultado. Esse vem sendo o maior desafio do Fluminense de Fernando Diniz no Campeonato Brasileiro. Mesmo jogando bem e criando chances de gol, o Tricolor carioca vem colecionando tropeços e resultados ruins na competição. Até aqui, foram apenas nove pontos conquistados em 30. Além disso, a equipe continua na parte de baixo da tabela, agora fora do Z4, na 15ª posição.

Essas atuações marcadas por um domínio na posse de bola, mas também pelas inúmeras oportunidades desperdiçadas e pela fragilidade defensiva rendeu ao Fluminense seu segundo pior início de Brasileirão na era dos pontos corridos. Os números são piores do que em 2009, quando o Tricolor se salvou na última rodada devido à uma arrancada incrível, e em 2013, quando o clube das Laranjeiras chegou a ser rebaixado, mas se manteve na Série A por causa da escalação irregular de um atleta por parte da Portuguesa-SP. A única campanha nas 10 primeiras rodadas pior que a deste ano foi a de 2008, quando o Flu estava focado na Copa Libertadores e poupava jogadores no nacional.

Veja abaixo as pontuações do Fluminense até a 10ª rodada de 2003 a 2019:

2003: 13 pontos

2004: 14 pontos

2005: 20 pontos

2006: 19 pontos

2007: 14 pontos

2008: 6 pontos

2009: 10 pontos

2010: 22 pontos

2011: 12 pontos

2012: 22 pontos

2013: 12 pontos

2014: 16 pontos

2015: 20 pontos

2016: 13 pontos

2017: 15 pontos

2018: 14 pontos

2019: 9 pontos

Top