fbpx

Presidente tricolor, Mário Bittencourt agradece jogadores por acordo

O presidente do Fluminense, Mário Bittencourt usou sua conta pessoal nas redes sociais para agradecer ao elenco do Fluminense pelo acordo na redução salarial.

Na mesma postagem, o presidente também lembrou da comissão técnica e todo staff do futebol Tricolor que já havia aberto mão de parte dos salários para que o clube conseguisse manter as contas em dia nesse período de pandemia.

Mário usou a postagem ainda para agradecer r mais uma vez os jogadores que apostaram no “projeto Fluminense”, e se comprometeu em agradecer pessoalmente a cada um dos integrantes do departamento de futebol.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Presidente Tricolor, Mário Bittencourt agradece publicamente diretores que abriram mão de parte do salário

Após diretores e gerentes do Fluminense abrirem mão de cerca de 15% do salário para serem repassados como medida essencial no clube, para salvar o emprego de muita gente que passa por dificuldades e tem no salário que recebe do Flu sua única fonte de renda.

O presidente Mário Bittencourt usou sua conta oficial das redes sociais para agradecer publicamente a atitude dos diretores.

Segundo informado pelo presidente em sua publicação, a atitude motivou outros funcionários a aderirem o movimento. Mário completou ainda que o clube já vem adotando que serão anunciadas em breve para minimizar os prejuízos.

Opinião: “Grounds of impeachment”

Sr. Presidente Mário Bittencourt, sirvo-me deste para dirigir-me, brevemente, a Vossa Senhoria.

Embora não tenha o conhecimento e a erudição de Vossa Senhoria, eu já li, na íntegra, “O Federalista no 10”. Também já dei uma boa vasculhada nos precedentes dos casos de Andrew Johnson, Richard Nixon, Bill Clinton e ,agora, Donald Trump.

Se o Fluminense perder para o Moto Clube, Sr. Presidente, passarei em revista, palavra por palavra, “The Federalist Papers”. Com certeza James Madison, Alexander Hamilton e outros Founding Fathers, extravasando dos estreitos limites do Estatuto do clube, hão de me prover com “… grounds of impeachment…” ante a sua reiterada e gigantesca incompetência.

Ouso dizer que, pela primeira vez, Vossa Senhoria será emparedado por um plebeu.

Por amor ao Fluminense, hei de provar, além de qualquer dúvida razoável, que Mário Bitcoin é mais um farsante na infinda lista de embustes que nos perseguem.

Será a mais elevada missão de minha vida!

Opinião: apertem os cintos… O Presidente sumiu

No final de 2013 – no rumoroso “Caso Lusagate” -, Flamengo e Portuguesa cometeram erros crassos na escalação de jogadores que, ao cabo de contas, livrariam o Fluminense de um merecido rebaixamento para a segunda divisão. A Procuradoria de Justiça Desportiva, por dever de ofício, denunciou os dois clubes. O Regulamento do Campeonato era solarmente claro e, por isso, só cabia um resultado ao final, a punição dos dois clubes. Embora o momento recomendasse discrição e sobriedade, o Fluminense interveio no procedimento como “terceiro interessado”. Estava montado o picadeiro para a atuação do talentoso – e ambicioso – advogado do Fluminense, o Sr. Mário Bittencourt. Aquela pantomima, a um só tempo, projetou nacionalmente o ilustre causídico e tornou o Fluminense objeto da ira da imprensa desportiva e das torcidas adversárias. Em suma, por vaidade, ganhamos, mas perdemos. Poderíamos ter levado a causa no silêncio dos sábios.

Mais de seis anos depois, a Procuradoria de Justiça Desportiva denunciou, também por dever de ofício, o mesmo Flamengo devido a gritos de guerra homofóbicos desferidos por sua torcida contra a nossa. Ultrajado, o Fluminense mandou para representá-lo no Tribunal…. NINGUÉM. PQP! Quanta falta nos fez a argúcia e o proselitismo do Sr. Mário Bittencourt. O Flamengo foi absolvido!

Dois pesos e uma medida?

Não, de jeito algum!

Diferentemente do que acreditam os mais incautos, há método nisso. E não se baseia no interesse do Fluminense F.C.

Aliás, o Sr. Mário Bittencourt me lembra o Aldo, lateral-direito dos anos 80, só aparece na boa.

A diferença é que o Aldo deu muitas alegrias à torcida.

Opinião: Depois da tempestade… vem a enchente

Muitos tricolores, com alguma razão, entendiam que nada poderia ser pior, ao destino do Fluminense, do que a Flusócio.

Eu tinha lá minhas as dúvidas.

Aliás, dúvida no número singular, com nome e sobrenome: Mário Bittencourt, cuja odiosa arrogância só é superada pela gigantesca incompetência.

Em vez de deitar falação, vou direto ao ponto. Ô Mário, seu farsante, pegue o Odair, o Orinho, o Gilberto, o Digão, o Henrique, o Angione e toda a sua patota e vá para a ponte que partiu.

E vá já!!!

Saudações tricolores a todos os que amam o Fluminense, o que exclui Peter, Abad, Mário etc etc etc.

Presidente Tricolor, Mário Bittencourt convoca torcedor para o clássico contra o Flamengo

O Fluminense enfrenta o Flamengo em uma das semifinais da Taça Guanabara nesta quarta-feira (12), às 20h e 30, no estádio do Maracanã.

Embora o Fluzão seja o mandante do confronto, a carga de ingressos foi dividida com o torcedor do Fluminense ficando do lado Sul, a do Flamengo no lado Norte, enquanto as laterais serão setor misto.

Após a torcida do Flamengo esgotar seu lado, o presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, convocou o torcedor Flu através do se Instagram oficial, quando postou um vídeo relembrando grandes triunfos do Tricolor no clássico.

O presidente ainda subiu a hashtag LotaASul e usou uma parte de uma das músicas de uma torcida onde diz: “Vamos lutar por mais essa taça.”

Líder do grupo B na fase de grupos, o Fluminense terá a vantagem do empate no confronto.

Foto em destaque: Divulgação/FFC

Opinião – IPhone 5

Sr. Mário Bittencourt, faço-lhe uma oposição clara, aberta, induvidosa, implacável e inarredável.

No entanto, essa oposição encontra limites na urbanidade e civilidade necessárias à convivência social. Nesse tom, a sua família é intocável pela minha pena, eis que é sagrada aos meus olhos, Presidente.

Isso posto, proponho-lhe um teste, com o maior respeito, Presidente.

Vossa Senhoria é um advogado bem formado e informado. Enquanto membro da classe média, o senhor tem condições financeiras de presentear seu(sua) filho(a) com um IPhone. Em tempos de IPhone XI, dê-lhe de presente um IPhone 5. Grave, com o seu celular, a reação dele(a). Depois, analise-a detidamente, nos seus mínimos detalhes.

Por que isso?

Porque o senhor tem traços de arrogância que beiram o autismo.

Só que as vítimas desse autismo somos nós. A sofrida torcida tricolor clama por “A” e o senhor contrata “B”. E “A” nem é tão caro assim.

Putz grilo!!!

Com o teste do IPhone, espero, o senhor terá uma pálida ideia da reação da torcida tricolor diante dos nomes até agora ventilados nas Laranjeiras. São todos – TODOS – pavorosos!

De duas, uma: ou o senhor não entende necas de futebol e deve ser ejetado do cargo o quanto antes ou o senhor está de brincadeira com a nossa cara e não deveria sequer ter assumido a Presidência do Fluminense.

Volte para o seu escritório, Mário!

Pelo amor de Deus!

Saudações tricolores!

Mário fala sobre a revitalização de Laranjeiras

Presidente do Tricolor, falou um pouco sobre as obras no estádio.

“Temos uma reunião no dia 27 ou 28. Agora, eles vão apresentar de fato o projeto. Qual seria o tamanho, os custos… A próxima reunião é para avançar, discutir coisas técnicas. Por exemplo, há debate sobre demolição ou aproveitamento das arquibancadas. Dizem que as arquibancadas de cima estão condenadas, mas não há laudo que prove isso. Essas reuniões servem para isso também. Aproveita? Não aproveita? Dependendo da decisão, se mexe no projeto. Pelo que vi do projeto, prevê a demolição e a reconstrução das arquibancadas. Mas, temos que ver se de fato é necessário.” – comentou

Fonte: GloEsporte.com

Foto Reprodução: Lucas Merçon/FFC

Mário Bittencourt fala sobre o caso do jogador Clayton do Vasco em coletiva

O assunto que movimentou os noticiários do futebol: a suposta irregularidade do atacante Clayton do Vasco, estava como pauta na coletiva de impressa do presidente Mário Bittencourt, quinta feira (21). De acordo com o presidente, que também é advogado, não cabe ao clube oferecer denúncia, mas sim a procuradoria.


– O procurador está esperando que os clubes se manifestem, sendo que o responsável pela denúncia é ele. Se o procurador sabe que existe uma notícia de possível infração, ele é o titular da infração. Como foi em 2013. Ele tem a prerrogativa de dizer que sim ou que não. Se qualquer outro clube fizer a notícia de infração, ele tem o poder de arquivar, caso entenda que é improcedente – comentou.

Foto Reprodução: Fluminense FC

Presidente Tricolor, Mário Bittencourt confirma coletiva para esta quarta-feira

Foto: Lucas Merçon/FFC

O presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, confirmou presença na entrevista coletiva desta quarta-feira (18) no CTPA (Centro de Treinamento Pedro Antônio).

O mandatário Tricolor já havia se pronunciado na tarde da última segunda-feira (16) a respeito de seu “sumiço” das redes sociais e também das coletivas.

Ainda de acordo com a informação divulgada pelo clube, o presidente deve começar a responder à imprensa no horário atual, por volta de meio de dia.

Top