Joias da base são integradas ao elenco profissional nessa quinta-feira

Os jovens que vem fazendo sucesso durante a temporada 2020, começaram a treinar com o time profissional amanhã. Destaques do time campeão Brasileiro, Kayky, Metinho, João Neto e Matheus Martins devem ser aproveitados no time de cima na temporada 2021.

O tricolor começará a disputa do Carioca com o time sub-23, e os moleques de Xerém devem ganhar seus primeiros minutos ali. Mas antes disso, dia 10 de fevereiro desceram ao sub-17  para a final da Supercopa contra o São Paulo, em partida única que será realizada em Cuiabá. A estreia do Flu no Estadual é contra o Resende, no dia 27 ou 28 de fevereiro.

Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC

Fonte: Lancenet

Fluminense já utilizou 22 jogadores da base na temporada; confira os nomes

Com a entrada no intervalo do empate por 3 a 3 com o Coritiba no Couto Pereira, John Kennedy se tornou o 22º jogador formado em Xerém a ser utilizado na temporada 2020. O portal Lance listou todos os atletas da base a jogarem entre os profissionais, confira:

Marcos Felipe – Antes reserva de Muriel, o arqueiro formado em Xerém já soma 14 partidas nesta temporada, sendo nove seguidas como titular.

Igor Julião – O lateral também é velho conhecido da torcida tricolor e soma 23 partidas nesta temporada. No momento é reserva, mas chegou a ganhar a vaga de Calegari como titular.

Calegari – Atual titular na lateral direita, o jovem passou a estar com o profissional logo depois do retorno das partidas na pandemia e rapidamente conquistou seu espaço. São 18 jogos feitos até o momento.

André – O volante de 19 anos se divide entre o Sub-20, Sub-23 e o profissional, mas chegou a ser titular duas vezes ainda com Odair Hellmann. Pelo grupo principal, são sete jogos.

Martinelli – Titular nas últimas partidas com Marcão, o volante vinha se destacando no Sub-23. São seis jogos pelo time principal, sendo quatro como titular.

Miguel – Uma das revelações da base nos últimos anos, o meia de 17 anos não vem tendo tantas oportunidades, mas está com o profissional e soma 15 jogos e 520 minutos.

Marcos Paulo – Próximo de deixar o Fluminense, o atacante teve 41 jogos, oito gols e sete assistências na segunda temporada atuando com os profissionais.

Wellington Silva – Também no time dos veteranos, Wellington Silva retornou ao Tricolor no início do ano passado. Aos 28 anos, foram 34 jogos e cinco gols marcados até o momento.

Luiz Henrique – Uma das grandes joias do Fluminense atualmente, o atacante vem se dividindo entre o time principal e a Seleção de base. No elenco desde o retorno das atividades na pandemia, o jogador de 20 anos soma 21 partidas e um gol marcado.

Caio Paulista – Dispensado de Xerém há alguns anos, o jogador retornou quando foi contratado nesta temporada. Um dos reservas mais utilizados, Caio Paulista tem 28 jogos e três gols.

Daniel – Dentre os jogadores que entraram pouco, mas estrearam pelo profissional estão o lateral-direito Daniel. Atleta do Sub-23, ele entrou no final da partida contra o Goiás, mas já ficou no banco outras 10 vezes.

Christian – Quem também jogou nos acréscimos da vitória por 4 a 2 do Fluminense contra o Goiás foi Christian, do Sub-23. Esta foi a única partida em que foi relacionado até o momento.

Wisney – Defensor do Sub-23, o jovem de 21 anos estreou contra o Coritiba, na goleada por 4 a 0, entrando aos 32 minutos do segundo tempo. Depois, ainda teve outra oportunidade contra o Goiás, já aos 45 da etapa final. Ficou na reserva em outros dois jogos.

Nascimento – Quem vem aparecendo com alguma frequência entre os relacionados é Nascimento, que teve apenas uma oportunidade até o momento, contra o Red Bull Bragantino, no Maracanã. Ele ficou no banco outras 12 vezes.

Matheus Pato – Artilheiro do Sub-23 e com contrato apenas até o fim deste mês, Matheus Pato é um nome antigo da base do Fluminense que fez a estreia pelo profissional apenas em 2020. Aos 25 anos, ele atuou por nove minutos na goleada por 5 a 1 contra o Bangu, no Carioca.

Evanilson – Um dos grandes nomes do Fluminense no início do ano, o atacante ainda é o vice-artilheiro da equipe e se transferiu ao Porto (POR) em setembro.

Digão – O experiente zagueiro já deixou o Fluminense rumo à Tailândia, mas antes disso disputou forte a titularidade, fazendo 22 partidas e dois gols.

Matheus Alessandro – Fora dos planos do Fluminense, o atacante foi mais um que não conseguiu vingar no profissional. Atualmente está no Botafogo-SP, mas jogou as duas partidas da Sul-Americana, uma como titular, e cinco jogos do Carioca.

Pablo Dyego – O atacante está atualmente no CRB após ficar fora dos planos do Fluminense. Ele atuou em apenas duas partidas do Carioca.

Gabriel Capixaba – O atacante ficou no banco em algumas partidas do Carioca e entrou contra Bangu, quando fez um gol, e Boavista. Depois, atuou pelo Sub-23, sofreu uma lesão e atualmente está no Amora, de Portugal.

Lucas Barcelos – Atualmente jogador do Figueirense, o atacante recebeu algumas oportunidades durante o Carioca, entrando até no clássico com o Flamengo. Fez quatro jogos pelo Flu em janeiro e só se transferiu em novembro.

Fonte: Lance

Foto: Thiago Mendes/ Porthix

Fluminense confirma Aílton acumulando função entre o time profissional e o sub-23

A confirmação de Marcão como treinador do time profissional do Fluminense ocasionou mais mudanças dentro do departamento de futebol do clube. Isso porque Marcão treinava o time sub-23 na disputa do Campeonato Brasileiro de Aspirantes.

Com a saída de Marcão, Aílton, assumirá o comando técnico da equipe, que enfrenta o Corinthians nesta quinta-feira (11) pelo terceiro jogo da segunda fase da competição. Porém, Ailton ainda não estará a frente da equipe. Diagnosticado com a Covid-19, o treinador está cumprindo quarentena em isolamento.

Aílton inclusive não treinará somente o time sub-23: ele também será auxiliar técnico de Marcão na equipe principal, dobradinha que deu certo em 2019, quando a dupla livrou o Flu do rebaixamento no Brasileirão.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC