fbpx

Fui tratado como lixo: diz Marquinho sobre saída do Flu

Meia foi dispensado através de uma ligação telefônica no final do ano passado.

Em entrevista concedida ao Globoesporte.com, na última quinta-feira (01), o meia Marquinho desabafou da forma como foi dispensado pelo Fluminense, chegando a dizer que se sentiu tratado como um lixo pelo presidente do clube, Pedro Abad:

– Sou um cara explosivo, mas fiquei sem reação. Decepcionado. Depois de tudo o que fiz pelo clube, não só naquele ano, mas pela história. Fui tratado como lixo. Foi uma facada nas costas, uma traição – disse Marquinho.

 

– É difícil apontar culpados, mas poxa. Não tem como. Foi inaceitável. Eu estava machucado. Se chegassem para mim e falassem que eu estava fora do projeto do ano seguinte, não importa o motivo, mas que iria me recuperar e depois fazer a rescisão, tudo bem. Não sou tricolor fanático, mas eu tenho carinho enorme pelo Fluminense. Eles não tiveram o mínimo de respeito – completou…

Marquinho ainda revelou que em nenhum momento havia tratado do assunto rescisão e acredita que o técnico, Abel Braga desconhecia o fato:

– Ninguém chamou o meu representante, Márcio Rivelino, com antecedência para nada. Inclusive o Abel nos procurou depois e disse que não sabia de nada, que não tinha pedido nada – afirmou Marquinho.

 

ST,

Douglas Wandekochen

 

Fonte: Globoesporte.com
Top