fbpx

Fla deve jogar a semifinal com equipe reserva.

 

Foto: Lucas 

FLA DEVE JOGAR A SEMIFINAL COM EQUIPE RESERVA. 


Após o Fluminense entrar em campo no último Fla-Flu de domingo passado com uma equipe praticamente toda de reservas, com exceção a Ganso, Caio Henrique e Léo Santos, o próximo clássico, deve ter um Flamengo com a equipe reserva.


A medida se explica pois o time rubro-negro terá uma maratona de jogos decisivos pela frente com jogos importantes pela libertadores no radar.


Por sua vez, o Fluminense poupou seus jogadores pois vinha de uma maratona de 11 jogos em 48 dias, sendo com um deles tendo uma viagem para buscar a classificação da Sul-Americana contra o Antofagasta, no Chile.

Fluminense justifica reservas para o clássico

Foto: Mailson Santana / FFC
Motivo teria sido o desgaste pela grande quantidade de jogos.

Após a vitória de 2 a 1 frente ao Antofagasta, no Chile, o técnico do Fluminense, Fernando Diniz, já havia sinalizado a possibilidade de enfrentar o Flamengo com a equipe reserva.

Possibilidade essa confirmada neste domingo (24) com a divulgação da lista dos relacionados para a partida.

E a justificativa veio logo em seguida, onde de acordo com a versão oficial do clube, foi em decorrência ao grande desgastes dos atletas devido ao alto número de jogos nesse início de temporada: 11 jogos em 48 dias.

Praticamente em todos eles com Diniz usando o que havia de melhor na ocasião.

Alguns jogadores que ganharam a posição de titular ao decorrer da competição foram relacionados, como por exemplo: Caio Henrique e Ganso, sendo o último, se juntado ao grupo já no decorrer da competição.

Ezequiel, que começou o ano de titular, quando substituiu Gilberto, também foi confirmado para o clássico de logo mais.

Lista de relacionados confirma Fluminense “todo reserva” para o clássico

Foto: Lucas Merçon/FFC
Exceção será o meia Paulo Henrique Ganso.

Flamengo e Fluminense se enfrentam na tarde deste domingo, às 16hrs no Maracanã, pela última rodada da Taça Rio.

Com a classificação já assegurada e praticamente com o primeiro lugar definido – só cai para segundo se perder para o Fla e o Volta Redonda golear por uma diferença de cinco gols – o técnico Fernando Diniz poupou todos os titulares, com exceção ao meia Paulo Henrique Ganso.

A ideia do treinador é dar um “descanso” aos jogadores que atuaram na classificação do Tricolor no Chile, quando venceu o Antofagasta por 2 a 1.

Desta forma o treinador deve ainda optar por um esquema diferente ao que vinha utilizando no clube, saindo do 4-2-1-3 para o 4-4 -2 tradicional, com Ganso e Daniel na armação.

O provável time que Diniz vai mandar a campo deve ser com a seguinte escalação: Agenor; Ezequiel, Léo Santos, Paulo Ricardo e Marlon; Allan, Caio, Daniel e Ganso; Mateus Gonçalves e Marcos Paulo.

Olho no Vasco! Fluminense usa reservas em único treino antes do clássico

Embora ainda precise de cerca de seis pontos para acabar com o risco de rebaixamento no Brasileirão, o Fluminense aposta suas fichas na Sul-Americana. Portanto, a tendência é que, como no último sábado, vá a campo uma equipe alternativa. A delegação chegou ao Rio de Janeiro nesta quinta-feira, com festa de mais de cem torcedores, um dia depois do heroísmo no Uruguai: superou o maior público do estádio Parque Central e eliminou o Nacional.

O elenco se reapresentou na manhã desta sexta-feira, no Centro de Treinamento, para a única atividade antes do clássico com o Vasco, às 17h deste sábado. Só os reservas e não-relacionados trabalharam no campo, enquanto o time que jogou no meio de semana fez um regenerativo na academia. Ao fim do dia, Digão, Ibañez, Ayrton Lucas, Richard, Sornoza e Luciano bateram bola e correram em volta do gramado.

– Se for por mim, eu quero jogar. A gente tem que ver se todos estarão bem fisicamente. Temos que fazer um trabalho de recuperação. A gente vai descansar, vai ver quem está bem para o professor decidir quem joga sábado. Esperamos poder ganhar. Clássico fala por si só – disse, no aeroporto do Galeão, o centroavante Luciano.

A novidade foi o retorno de Léo. Ele viajou a Montevidéu, mas sequer foi relacionado. Sem atuar desde a derrota para o Flamengo, há mais de duas semanas, devido a um edema na coxa, o lateral-direito treinou normalmente e pode enfrentar o Cruz-Maltino, a depender da escolha do técnico. Jádson, improvisado no setor na partida da Sula, acusou maior desgaste, assim como Gum, Airton e Everaldo, e deve ser poupado.

– Sair de um jogo como esse, desgastante, ter uma viagem desgastante e já ter um clássico contra um adversário que não jogou durante a semana… Este jogo poderia ser no domingo. Vamos usar todos aqueles que estiverem se sentindo bem. Se um ou outro estiver muito desgastado, com probabilidade de lesão, vamos trocar. Temos um elenco que dá para fazer isso – disse o técnico, quarta-feira.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Top