fbpx

Torcedores vão até o CT e conversam com líderes do elenco Tricolor

Foto: Divulgação/FFC

Um grupo de aproximadamente 15 torcedores de uma das principais Organizadas do Fluminense, foram até o CTPA (Centro de Treinamento Pedro Antônio), onde tiveram uma “reunião” com o vice presidente geral, Celso Barros, e alguns líderes do elenco Tricolor.

A reunião teria sido previamente combinada após o próprio Celso Barros aceitar uma solicitação dos torcedores , que tiveram a entrada autorizada pelo clube. O presidente Mário Bittencourt, fora do estado, em viajem, não participou do encontro.

A conversa entre Celso e os torcedores teve início ainda enquanto os jogadores realizavam as atividades em um dos campos do CT. O grupo no entanto pediu para conversar com alguns jogadores e, novamente foram atendidos.

De acordo com informações do site Saudações Tricolores, ao fim da atividade, alguns líderes do elenco, como: Igor Julião, Nenê, Gilberto e Muriel, atenderam ao grupo, que cobravam mais empenho e resultados aos atletas, pedindo também que repassassem o recado a Ganso, tido pelos torcedores como um dos líderes do elenco.

Os jogadores teriam garantido que não existe falta de dedicação e ainda confirmaram o que Muriel já havia falado na coletiva de ontem (quarta-feira – 04/09) que não existe racha no elenco.

A torcida ainda pediu uma maior atenção às organizadas e garantiram que vão continuar indo ao estádio e apoiando o time.

Abad recebe convite para participar da reunião sobre o futuro do Maracanã!

Reunião na Ferj traz pauta que fala sobre novo modelo de gestão

A reunião terá presentes membros como Alexandre Campelo (presidente do vasco), representantes do flamengo, do botafogo e Rubens Lopes (presidente da Ferj).

O assunto principal é um modo diferente de fazer a gestão, onde os clubes capitaneariam e a entidade máxima do futebol carioca participaria. O foco seria montar um consórcio que os clubes pudessem indicar integrantes para uma mesa diretora, escolhendo juntamente a Ferj. Dentre os integrantes, seria indicado um presidente com mandatos curtos.

Não foi confirmado, mas a tendência é adotar uma medida similar a exposta na pauta.

Nenê estaria por uma reunião para acertar com o Flu.

Foto: Divulgação/SPFC

Jogador não deve continuar no São Paulo, que já manifestou interesse em negocia-lo.

O meia Nenê, de 38 anos, deve mesmo se transferir para o Fluminense. O jogador que não deve continuar no São Paulo, que já demonstrou interesse em negocia-lo, estaria por apenas uma reunião para ser anunciado como o novo reforço do Tricolor das Laranjeiras.

De acordo com o jornalista César Guimarães, do portal Lancenet!, o clube paulista não tem mais nenhum obstáculo para a saída do jogador. Já a diretoria do Fluminense, chegou a um pré-acordo com representantes de Nenê e faltaria apenas a palavra final do atleta.

Ainda de acordo com o jornalista, os termos propostos pelo Fluzão agradaram ao staff do atleta e, tudo aponta para um acordo entre as partes.

O jornalista informou ainda que a derradeira reunião deve acontecer ainda nesta sexta-feira (08) ou no sábado (09). Com tudo sendo acertado, o anúncio oficial aconteceria na próxima segunda-feira (11).

Reunião do conselho termina em confusão no Flu

Um opositor da atual gestão teria agredido fisicamente um integrante da Flusócio.

A reunião que votaria a aprovação de contas do Fluminense em 2017 teve de ser suspensa devido a uma confusão que terminou chegando às vias de fato.

De acordo com pessoas presentes na sessão, os ânimos se exaltaram com provocações de ambas as partes – oposição e situação – chegando ao ápice quando um opositor desferiu um soco em Marcos Vinícius Caldeira, conselheiro e apoiador à gestão Abad.

Caldeira deixou o salão nobre das Laranjeiras com o nariz sangrando, fato que fez os ânimos se exaltar em ainda mais, só tendo fim com a intervenção de seguranças do clube.

Esse impasse foi o estopim para que o ambiente ficasse tenso, já que o Conselho Fiscal do Flu apontou que o superávit apresentado não corresponderia à realidade.

Em defesa da veracidade dos números relativos ao último ano de Peter Siemsen no comando do clube, Pedro Antonio, virtual candidato da situação à presidência, subiu na tribuna e discursou em defesa da aprovação das contas do último exercício, ainda que as de 2016 sigam sob suspeição.

Uma nova reunião deve ser agendada, mas por hora segue sem uma data definida.

 

ST,

Douglas Wandekochen

Convocados se ausentam de reunião extraordinária do Conselho Deliberativo

A reunião extraordinária do Conselho Deliberativo, pedida por um grupo de conselheiros e ocorrida nesta terça-feira, no Salão Nobre de Laranjeiras, ficou marcada pelo protesto de cerca de 60 torcedores, em frente à sede. Mas seu objetivo era dar voz a Marcus Vinícius Freire (ex-CEO e notificado do encontro antes de ser demitido), Rogério Romano (área social), Lawrence Magrath (marketing) e Fernando Simone (assessor especial da presidência), para que pudessem prestar esclarecimentos sobre suas respectivas áreas.

O grupo, porém, se ausentou, e as justificativas ficaram a cargo de Cláudio Barçante, tesoureiro, que representou o Conselho Diretor. Além de falar que, por serem funcionários do clube, os profissionais não poderiam ser expostos, leria um texto explicando detalhes do veto à presença dos convocados. Contudo, foi interrompido, por várias vezes, por questões de ordem.

Os conselheiros da Flusócio e dos Esportes Olímpicos, grupos políticos de situação, também foram recomendados a ficar de fora da reunião. Explica-se: entendiam que a assembleia visava desestabilizar a gestão.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

Top