fbpx

Entre alegrias e tristezas, Ricardo Berna relembra passagem pelo Fluminense: ‘Privilégio’

A carreira de Ricardo Berna debaixo da baliza está, praticamente, encerrada. O ato final acontece no sábado, em jogo-festivo na FluFest, nas Laranjeiras, ao lado de personagens que fizeram história com a camisa verde, branca e grená. Com duas décadas no mundo do futebol, o goleiro pretende seguir neste universo, mas atuando como coach de jogadores (área de desenvolvimento humano). Contudo, pendura as luvas certo de que fez o seu melhor.

– Eu não tenho do que lamentar. As perspectivas que eu tinha de alcançar, alcancei. As conquistas vieram graças aos treinos, à dedicação. Comecei com 17 anos minha carreira profissional, e os momentos que vivi e continuo vivendo são um privilégio – conta.

Bicampeão do Campeonato Brasileiro, Berna elege a conquista de 2010 a mais inesquecível. Principalmente porque assumiu a meta a poucas rodadas do fim, quando a vantagem sobre o vice-líder, o Corinthians, era de só um ponto. Ele relembrou o caso e explicou que se sustentou na família para se sair bem.

– O time era líder do campeonato, e o Muricy optou por me lançar de titular, trocando o goleiro. Eu não sabia que isso iria acontecer e, quando teve a preleção antes de irmos para o estádio, ele avisou que ia começar comigo jogando. Assumir nessa condição foi surpresa, segurar as pontas até o final. Mas tudo favoreceu para que eu tivesse mais disposição e mais propósito para treinar e jogar – contou Berna.

Nem só de bons momentos vive o homem. Especialmente, em se tratando de um atleta. Em 2008, a perda do título da Libertadores, para a LDU, em pleno Maracanã, ainda é digerida por Ricardo Berna. O arqueiro, por outro lado, admite que o ocorrido foi crucial para amadurecer a equipe que, dois anos depois, ganharia o Brasil.

– Foi trágico para todo mundo. Quem estava no Maracanã, sentiu. Fazer o placar que fizemos e perder nos pênaltis, com dois dos nossos grandes jogadores da época desperdiçando cobranças, foi algo muito complicado. Mas nós nos tornamos mais fortes e a Libertadores nos ensinou muito para ganhar o Brasileiro [de 2010] – recordou.

Para assistir à despedida de Berna, clique aqui e corra! Pois o crowdfunding para a FluFest termina dia 18 de julho.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

Uma semana para FluFest 2018: Berna agradece convite e recompensas chegam à sede

A festa de aniversário do Fluminense, prestes a completar 116 anos, está a uma semana de acontecer. Desta forma, as recompensas do crowdfunding, por onde se arrecadou, até o momento, quase R$ 160 mil, estão chegando às Laranjeiras, palco da FluFest 2018, que abordará a história do clube no Maracanã. Os brindes vão desde copos até bola em homenagem a Oscar Cox, a depender do valor doado para o evento, e poderão ser retirados na entrada da sede, de 9 horas até 22 horas. Olha só quais presentes o torcedor pode ganhar!

Pôster e copo, exclusivos da FluFest, são alguns dos presentes que o torcedor pode garantir no aniversário do Fluzão. (Fotos: Reprodução)

 

A programação prevê 18 horas de duração. Ou seja, tem atividade para o dia inteiro e para todas as idades. No estádio de Laranjeiras, os tricolores passarão a tarde assistindo a dois jogos-festivos. Um deles se trata da despedida de Ricardo Berna, aos 39 anos, do futebol. O goleirão, único a conquistar três taças nacionais pelo Fluminense, está ansioso por reencontrar a torcida.

– Dificilmente um jogador tem esse feito, e isso representou muito na minha passagem pelo clube. Marcou a minha vida. Confesso que, quando recebi o convite de me despedir nesta festa de aniversário do Fluminense, é que caiu a ficha dessa marca e das conquistas – revelou, em entrevista ao Globoesporte.com.

O financiamento coletivo se encerra às 23h59 do dia 18 de julho, enquanto a festa, pela primeira vez, vai rolar no dia 21.


LEIA MAIS: Blitz, de Evandro Mesquista, fará show na FluFest 2018
LEIA MAIS: Ferrugem foi cotado para FluFest, mas Blitz é confirmada e convoca torcida
LEIA MAIS: Aos 38 anos, Ricardo Berna encerrará carreira na FluFest: ‘Marco para mim’
LEIA MAIS: Brindes da FluFest, livro e pôster têm capas escolhidas pela torcida
LEIA MAIS: Centenas de tricolores se mobilizam, e FluFest bate meta a um mês do prazo
LEIA MAIS: Jogos-festivos com ídolos, shows da Blitz e de Sérgio Mallandro: tudo sobre a FluFest 2018
LEIA MAIS: Atração da FluFest, Sérgio Mallandro chama torcida para festejar ‘116 anos de sucesso’
LEIA MAIS: Fenômeno da balada carioca, DJ João Rodrigo confirma presença na FluFest 2018
LEIA MAIS: Fluminense leva imagens de protesto ao MP e se resguarda de tumulto na FluFest
LEIA MAIS: Berna convida torcida para FluFest e pede paz e união: ‘Tudo o que nosso clube precisa’
LEIA MAIS: Ex-tricolores se reunirão para jogos-festivos da FluFest, prestigiada até por uruguaios


Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

Berna convida torcida para FluFest e pede paz e união: ‘Tudo o que nosso clube precisa’

Daqui a duas semanas, o Fluminense completará 116 anos. Dia 21 de julho, nas Laranjeiras, tem a FluFest 2018 para comemorar esta data tão especial, com a presença de torcedores, ex-jogadores e artistas. Quem está confirmado é Ricardo Berna, único profissional a conquistar três taças nacionais pelo clube. O evento marcará, inclusive, sua despedida do futebol, com um jogo-festivo no palco da primeira partida da Seleção do Brasil. Para celebrar o aniversário do Fluzão, basta colaborar com o crowdfunding até 18 de julho. Mais de 400 pessoas já participaram.

A pouco tempo da grande festa, o goleiro convidou a torcida, em vídeo, e, ao final do recado, pregou paz e união nos festejos. Vale destacar que há um protesto marcado para o mesmo dia, nos arredores da sede. A última manifestação, em 03 de julho, causou tumulto e assustou funcionários e moradores da região.

LEIA MAIS: Blitz, de Evandro Mesquista, fará show na FluFest 2018
LEIA MAIS: Ferrugem foi cotado para FluFest, mas Blitz é confirmada e convoca torcida
LEIA MAIS: Aos 38 anos, Ricardo Berna encerrará carreira na FluFest: ‘Marco para mim’
LEIA MAIS: Brindes da FluFest, livro e pôster têm capas escolhidas pela torcida
LEIA MAIS: Centenas de tricolores se mobilizam, e FluFest bate meta a um mês do prazo
LEIA MAIS: Jogos-festivos com ídolos, shows da Blitz e de Sérgio Mallandro: tudo sobre a FluFest 2018
LEIA MAIS: Atração da FluFest, Sérgio Mallandro chama torcida para festejar ‘116 anos de sucesso’
LEIA MAIS: Fenômeno da balada carioca, DJ João Rodrigo confirma presença na FluFest 2018
LEIA MAIS: Fluminense leva imagens de protesto ao MP e se resguarda de tumulto na FluFest

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

Aos 38 anos, Ricardo Berna encerrará carreira na FluFest: ‘Marco para mim’

A FluFest, marcada para 21 de julho, dia do aniversário do Fluminense, contará com a presença de um ídolo do clube. Trata-se de Ricardo Berna, que atuou entre 2005 e 2013 nas Laranjeiras. Aos 38 anos, o goleiro pendurará as chuteiras em jogo comemorativo na sede do ex-time, na data da tradicional festa. Artistas e mais ex-atletas participarão da partida.

Ricardo Berna é o único jogador com três conquistas nacionais (Copa do Brasil, em 2007, e Campeonato Brasileiro, em 2010 e 2012) pelo Fluminense. Uma marca expressiva e que merece ser comemorada. Em vídeo, o arqueiro convidou a torcida a comparecer ao evento (assista ao final da matéria).

Quem colaborar com R$ 1.500 ou mais, poderá participar do jogo no gramado de Laranjeiras, ao lado de personalidades tricolores. Nesta quinta-feira, quando Berna foi anunciado na FluFest, o crowdfunding alcançou 50% da meta de R$ 100 mil.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

Top