Segundo jornalista, multa rescisória e falta de opção no mercado é o empecilho para demissão de Roger

Com a eliminação de ontem na Libertadores, a torcida tricolor tem vivido momentos de tensão à espera de uma demissão do atual técnico tricolor, Roger Machado. Todos os tricolores esperam ainda hoje a dispensa de Roger, fato esse que ainda não aconteceu.

Segundo o jornalista da Globo, Victor Lessa, até as 17hrs de hoje, o Fluminense se quer tinha contato o Roger para uma conversa. 

Segundo o próprio jornalista, mercado difícil e multa rescisória é um dos empecilhos para uma possível demissão.


Confira o que disse o jornalista em sua rede social. 



Postagem Twitter, Victor Lessa



Como técnico, veja o retrospecto de Roger Machado contra o Internacional

Com passagens em vários times da série A do Brasileirão, como Grêmio, Atlético-Mg, Bahia, Palmeiras, Roger Machado já enfrentou algumas vezes o time colorado Internacional.

Hoje como treinador do Fluminense, Roger irá encarar o time Gaúcho pela primeira vez. E ai Roger é pé quente jogando contra o Inter? Confira os números:

Número de jogos: 8
Vitórias do Internacional: 4
Empates: 1
Vitórias das equipes do Roger: 3
Aproveitamento de 46%

E ai tricolor, Fluminense leva os três pontos para casa hoje?

Em coletiva, Roger comenta que o time sempre esteve vivo na partida e fala que Fluminense merecia a vitória: “Foi um bom jogo”

Ao analisar a partida, Roger entendeu que sua equipe teve mais volume de jogo, deu poucas chances ao adversário, mas acabou sofrendo os gols em lances pontuais. Segundo o técnico, o Tricolor merecia ter saído do Maracanã com um melhor resultado.

Foi um bom jogo. Fizemos um bom jogo, equilibrado. Nos desequilibramos nos dois momentos: na penalidade e em uma saída de bola que proporcionou o primeiro gol, mas estivemos sempre vivos na partida. Isso é bem importante. Não tivemos queda de rendimento substancial que justificassem os dois gols do adversário. Foram dois lances pontuais: uma penalidade e um equívoco na saída. O adversário criou muito pouco durante a partida inteira, controlamos a maior parte do jogo. Estivemos dentro da partida o tempo inteiro“, disse o técnico tricolor.

Foto em destque: Lucas Merçon/FFC

“Responsabilidade grande”, comenta Roger sobre partida de hoje a noite

Jogando dentro de casa, Fluminense recebe o Barcelona de Guayaquil nesta quinta-feira (12), às 21h30 no Maracanã, pelo jogo de ida das quartas de final da Libertadores 2021.

Muito contestado pela torcida, Roger falou rapidamente sobre o jogo.

Cada disputa é a possibilidade de a gente ir adiante. Uma responsabilidade grande e uma motivação maior ainda. Que a gente faça valer, por méritos, passar para a próxima fase“, disse Roger.

Roger Machado comenta sobre o jogo de hoje contra o Cerro: “Precisamos jogar com autoridade”

Sabendo da vantagem que o Fluminense construiu no primeiro jogo, Roger Machado reconhece que o time não pode jogar pela vantagem e espera um time com mais autoridade dentro de casa.

É preciso saber jogar com a vantagem, mas não pela vantagem. Precisamos jogar com autoridade, pois estamos dentro de casa, para que as coisas corram bem e a gente consiga essa vaga”, finalizou o técnico Roger Machado.

Fluminense enfrenta hoje (03), às 19h15, o Cerro Porteño no Maracanã. Podendo perder por até um gol de diferença o time tricolor vai em busca da vaga nas quartas de final da competição.

Foto: Lucas Merçon/FFC

Roger Machado destaca a importância de fazer um bom resultado hoje contra o Criciúma

Fluminense enfrenta o Criciuma, no Heriberto Hulse, nesta terça-feira (27),às 19h15, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil 2021.

Sabendo das dificuldades, Roger Machado enfatizou que é de suma importância trazer um bom resultado para o Rio de Janeiro para que o time possa decidir mais tranquilo no Maraca.

Hoje começa a nossa decisão. Fazer um bom primeiro jogo é muito importante e já define muita coisa no confronto em em relação à oportunidade de classificação. Vamos focar nesse jogo, no adversário que foi muito bem estudado, buscar o nosso jogo e levar um bom resultado para o Rio de Janeiro, sabendo que é uma decisão que termina no sábado. Temos que ter consistência e equilíbrio“, disse o técnico.

Na última oportuniade em que se enfrentaram, o Fluminense recebeu o Criciúma no Giulitte Coutinho, também pela Copa do Brasil, em 15 de Março de 2017 e, venceu por 3×2, com gols de Douglas, Henrique Dourado e Sornoza.

Foto: Lucas Merçon/FFC

Roger Machado comemora semana livre para treinos e projeta sequência decisiva

Uma semana livre para treinamentos tem sido algo raro para equipes que estão vivas em três diferentes competições, mas que se apresentou ao Fluminense em função do adiamento da partida contra o Cerro Porteño pelas oitavas de final da Libertadores. Desde que chegou ao clube no início da temporada, foram poucas as oportunidades para Roger Machado para desenvolver o trabalho em uma sequência sem jogos. Agora que ela surgiu, o treinador fez questão de aproveitar ao máximo, preparando o time para as decisões que surgem no horizonte tricolor.

O treinador tricolor comemorou a semana cheia também para descansar os jogadores, que vinham sendo submetidos a uma verdadeira maratona de jogos na temporada, entre Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Libertadores.

“Em função da mudança da data do jogo da Libertadores, tivemos uma semana cheia para trabalhar, revisar alguns conceitos e descansar os atletas, tanto do ponto de vista físico quanto do emocional. Pudemos recuperá-los para uma longa sequência de jogos quarta e domingo. Foi importante para a gente encher de novo e focar nesses jogos decisivos que temos pela frente”, disse Roger.

A partir de agora, o Fluminense entra em uma sequência de decisões. Depois da partida contra o líder Palmeiras, neste sábado (24/07), às 19h, pelo Campeonato Brasileiro, o Tricolor terá pela frente os dois jogos diante do Criciúma pelas oitavas de final da Copa do Brasil e, logo depois, o jogo de volta contra o Cerro Porteño valendo vaga nas quartas da Libertadores. Para Roger, embora as metas sejam estabelecidas previamente, a ordem é pensar em um jogo de cada vez.

“Temos que buscar traçar os objetivos. Desde o início do Brasileiro a gente traça pequenas metas alcançáveis para que a gente se mantenha ali na frente perto dos líderes e também nas fases decisivas das competições eliminatórias. A gente encara sempre o próximo desafio como o mais importante. E isso a gente administra assim, rodando o elenco, dando oportunidade para todos mostrarem que têm condições de jogo, mas sem perder de vista os objetivos que nós temos até o final do ano”, destacou.

E apesar da proximidade dos jogos das fases agudas das competições de mata-mata, Roger Machado fez questão de sinalizar a importância do Campeonato Brasileiro. Por isso, espera fazer um grande jogo contra o Palmeiras, apesar da qualidade do adversário.

“O Palmeiras é o líder do campeonato, um time que já joga junto há bastante tempo e que tem conquistas importantes nos últimos tempos. Uma equipe forte sobretudo quando joga dentro de sua casa. Mas para a gente é importante conquistar pontos fora porque a gente leva isso também para o jogo que nós temos na Copa do Brasil na próxima semana”, projetou.

Fonte: Fluminense 

Foto: Lucas Merçon