fbpx

Por rede social, Romário comemora feito único na carreira, realizado com a camisa do Flu

Foto: Divulgação/FFC

Um dos maiores jogadores da história do futebol mundial, o atacante Romário usou as redes sociais para comemorar um feito único na carreira, realizado pelo baixinho com a camisa Tricolor.

O jogador que igualou a marca de Pelé, anotando mais de 1000 gols na carreira, comemorou 16 anos do gol marcado de bicicleta com a camisa do Fluzão em cima do Guarani. Gol esse sendo o único de bicicleta dentro os mais de 1000 gols marcados pelo baixinho.

Romário atuou pelo Fluminense entre os anos de 2002 a 2004, marcando 48 gols em 77 jogos disputados pela equipe das Laranjeiras.

Agora é com Ganso! Estrelas marcaram gols em seus primeiros jogos pelo Fluminense

Estreante desta sexta-feira, Paulo Henrique Ganso pode se espelhar em ex-craques tricolores para seu primeiro jogo pelo Fluminense, no Maracanã, às 21h, frente ao Bangu. Considerando apenas o século 21, o Canal FluNews menciona, abaixo, três grandes jogadores que marcaram gols em suas primeiras apresentações.


ROMÁRIO (2002-2004)

Contratação mais badalada de 2002, ano do centenário do Fluminense, o baixinho levou mais de 70 mil pessoas ao Maracanã para sua estreia, no Dia dos Pais, e correspondeu às expectativas. Marcou dois gols na goleada sobre o Cruzeiro por 5 a 1.

Fernando Diniz, inclusive, ainda jogava e, na ocasião, deixou o seu, além de sofrer um pênalti. Foi nesse mesmo dia que Magno Alves chegou ao centésimo gol pelo clube.

EDMUNDO (2004)

Edmundo começou sua passagem pelas Laranjeiras com um gol sobre o Madureira, derrotado por 2 a 1, em jogo que recebeu quase 40 mil tricolores, no Maracanã. Ele chegou, à época, com o aval de Romário, que também marcou neste embate.

FRED (2009-2016)

Maior ídolo do Fluminense no século, Fred ajudou a equipe a virar o jogo contra o Macaé, no Carioca de 2009, balançando a rede duas vezes, após ser dúvida para o compromisso por dores musculares. Duelo terminou em 3 a 1, com pouco mais de 25 mil presentes ao Maraca.


Craques como Conca, Deco e Ronaldinho Gaúcho, nomes importantes no cenário mundial, passaram pelo Fluminense nos últimos anos, mas não conseguiram a mesma sorte em começar com bola na rede.

Porém, o Mago, em clássico com o Vasco, com 80 mil torcedores no Maracanã, em 2010, perdeu chance cara a cara com o goleiro nos minutos finais. Poderia sair como herói e dar o triunfo ao Tricolor, que acabou empatando com o rival em 2 a 2.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Top