Fluminense lamenta a morte de Paulinho, vocalista do Roupa Nova, que morreu por complicações em decorrência da Covid-19

O Fluminense usou seu perfil oficial nas redes sociais para lamentar o falecimento de Paulinho, vocalista do grupo Roupa Nova, que morreu na noite da última segunda-feira (14) por complicações após contrair a Covid-19.

A própria assessoria da banda confirmou a morte do cantor, que assim como todos os integrantes do Roupa Nova, era declaradamente torcedor do Fluminense. A assessoria confirmou ainda que Paulinho havia contraído a Covid-19, porém, o cantor não estava mais com o vírus no corpo, mas em decorrência do vírus, outros fatores acabaram se “complicando”.

Paulinho foi diagnosticado com coronavírus enquanto se recuperava de um transplante de medula óssea que havia feito em setembro para tratar um linfoma – no procedimento, foram utilizadas as próprias células do paciente, que respondeu bem ao tratamento. No entanto, em novembro, ele precisou ser novamente internado, desta vez com Covid-19. Ele deixa dois filhos: Pepê, baterista da banda Jamz, revelada no programa SuperStar (TV Globo), e a cantora Twigg.

Foto em destaque: Jamile Alves/G1 AM