fbpx

Igor Julião garante “grupo motivado” para eliminar o Atlético-PR: “Nada impossível”

Ao “Segue o Baile”, canal do YouTube, Igor Julião demonstrou confiança numa possível vaga para a decisão da Sul-Americana e se apoia no histórico de grandes viradas consideradas improváveis. Para manter vivo o sonho da conquista, o Fluminense precisa, primeiro, conseguir mais uma delas e eliminar o Atlético-PR, que traz para o Maracanã uma vantagem de 2 a 0, construída na Arena da Baixada.

– A gente sabe que é difícil. O time do Atlético é um time difícil, mas, quando se trata de Fluminense, essas coisas ficam meio de lado. A gente tem, em um passado recente, (o exemplo de) uma Libertadores, uma LDU, em uma trajetória que a gente fez em uma própria fuga de rebaixamento com o Fluminense – relembrou.

Como é uma semana decisiva, que envolve semifinal da Sula e luta contra o rebaixamento no Brasileirão, a torcida resolveu deixar de lado, por alguns dias, os problemas que atrapalham o clube em 2018. Aliás, mais de 30 mil ingressos foram vendidos até a véspera do jogão de hoje.

– Com a força da torcida, a gente sabe que não é nada impossível, é muito provável, e é isso que gera confiança para a gente. O grupo está motivado. A gente trabalha todos os dias, conversa fazendo planos e essa sinergia boa está passando, está contaminando. Eu estou bem confiante – disse, completando:

– Recebemos mensagens diariamente de torcedores falando que confiam na gente, que esperam estar na final, e isso passa para a gente. No Fluminense temos um ambiente bom de jogadores. O nosso ambiente é excelente. Conversamos todos os dias. Acaba nos passando essa confiança do torcedor.

Colega de Julião em 2012, Samuel torce por triunfo do Fluzão

Atuando nos Emirados Árabes, Samuel, que teve sua importância no tetracampeonato brasileiro de 2012, assumiu torcida pelo Fluminense, que o revelou para o futebol, no confronto com os paranaenses.

– É um clube que tenho um carinho muito grande, foi onde começou a minha trajetória. Sempre acompanho. A equipe terá um jogo muito difícil diante do Atlético e precisa reverter a vantagem. Todos sabem da força do Fluminense em casa. Isso é um diferencial. Tomara que o grupo faça uma grande partida e consiga a vaga na final – declarou, ao Fox Sports.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Ex Flu, Samuel é o novo reforço do Al-Nasr

Atacante foi campeão brasileiro com o Fluminense em 2012.

O atacante Samuel, ex Fluminense acertou com o Al-Nasr, dos Emirados Árabes Unidos. O jogador que cai disputar sua terceira temporada no país, se mostrou entusiasmado com o novo clube:

– Espero fazer uma grande temporada no clube, com gols e títulos. Chego muito motivado para que esse ano seja perfeito dentro e fora de campo em todos os sentidos. Vou trabalhar forte por isso – disse o atacante durante sua apresentação.

O jogador ainda disse estar completamente adaptado ao país, uma vez que já atuava pelo Hatta Club, também dos Emirados.

– Já estou completamente adaptado ao futebol árabe. Isso vem fazendo a diferença para mim. Sou muito grato ao país e estou cada dia mais à vontade aqui. Tenho evoluído muito desde que cheguei aos Emirados Árabes – destacou Samuel.

Pelo Fluminense o jogador teve seu melhor momento em 2012, quando fez parte do elenco campeão brasileiro daquele ano. Samuel também foi o responsável pelo gol contra o Bahia em 2013 que acabou salvando o Tricolor do rebaixamento.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Divulgação Al-Nasr

Flu estuda punição a Samuel, autor da dancinha em São Januário

Atitude do atacante deu início a uma confusão generalizada.

O atacante do sub-20 do Fluminense, Samuel, foi o protagonista de uma grande confusão generalizada em São Januário no último sábado (21), quando o jogador fez uma dancinha antes de fazer o quinto gol do Tricolor sobre o Vasco, na vitória de 5 a 3 na final da Taça Rio da categoria.

Depois do título é passada a confusão, a diretoria Tricolor planeja uma punição ao jogador, que pode variar entre trabalho voluntário em Xerém e até ajudar um atleta mais novo do Tricolor nas tarefas escolares, como estudar para uma prova.

O atacante também será julgado no TJD-RJ, onde o atacante será denunciado pelo procurador-geral André Valentim baseada no artigo 258-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que prevê pena de duas a seis partidas por provocar o público.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Lucas Merçon
Top