fbpx

Em seu blog PVC destaca “Palmeiras, Botafogo e Fluminense foram os líderes do bom senso”

O jornalista Paulo Vinicius Coelho destacou as posições de liderança das equipes para que houvesse a paralisação dos estaduais de Rio e São Paulo, diante da pandemia que afeta não apenas o esporte, mas todas as esferas da sociedade no âmbito mundial.

Após as rodadas do último final de semana dos campeonatos estaduais, as federações, que tinham a autonomia por parte da CBF para decidir o futuro de suas competições, optaram pela suspensão dos jogos.

Nesta segunda-feira, a Federação Paulista de Futebol (FPF) anunciou pela manhã a paralisação do Paulistão. Já a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ), após três horas de reunião, seguiu o mesmo caminho.

Entretanto algo que teoria parecia ser apenas uma reunião para bater o martelo e determinar os cancelamentos das partidas, se tornou uma polêmica. Isso porque, houve quem divergisse e fosse favorável a continuação dos torneios, o que gerou motivos de criticas e até mesmo indignação por parte da mídia jornalistica.

Clubes como Santos, São Paulo, Flamengo e Corinthians (que só mudou de opinião após ter seu jogador Luan submetido a exames para saber se portava o corona vírus) foram contrários a paralisação do Paulistão e do Carioca. Enquanto Fluminense, Botafogo e Palmeiras insistiram na suspensão por tempo indeterminado das competições.

A sugestão para a continuação seria a antecipação das últimas rodadas das fases de grupos do Campeonato Paulista e Taça Rio, restando apenas o mata-mata. Para os clubes pequenos, o principal argumento era em relação aos contratos dos jogadores, pois, a ideia era liberar os atletas cujos contratos terminam no final do estadual. E a paralisação obriga a uma renovação mesmo sem haver calendário, para algumas equipes, no segundo semestre

PVC destaca ainda que “as posições de liderança de Palmeiras, Botafogo e Fluminense foram decisivas para os campeonatos de São Paulo e Rio de Janeiro não passarem pelo ridículo de não serem paralisados”

Fonte: globoesporte.com

Yony Gonzalez é oferecido a grande clube e pode voltar ao Brasil

O atacante ex Fluminense, Yony Gonzalez, pode acertar seu retorno ao Brasil. O jogador que acertou com o Benfica no final de 2019, pode ser envolvido na negociação do meia Pedrinho, do Corinthians.

Segundo o Globoesporte.com, o atacante seria usado para abater no valor de meia, que gira em torno de €20 milhões. Como Yony está avaliado pelo clube português por €7 milhões, o Benfica tem a intenção de abater esse valor na negociação, pagando cerca de €13 milhões + Yony ao Corinthians.

Ainda segundo o Globoesporte.com, o Corinthians teria recusado essa primeira oferta, mas tem interesse em receber o colombiano, no entanto, por empréstimo, e não como abatimento no valor de Pedrinho.

Uma reunião entre representantes do Benfica, Corinthians e do jogador deve acontecer nesta quinta-feira (30) em Portugal e pode selar o acordo.

Caso o negócio não avance com o Corinthians, Yony pode pintar no São Paulo, que vê no atacante como o substituto ideal de Antony, que deve ser negociado com o futebol europeu. Vale destacar que o técnico do São Paulo é Fernando Diniz, que indicou a contratação do colombiano pelo Fluminense, quando treinou o Tricolor em 2019.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Após empréstimo ao Flu, Brenner retorna ao São Paulo

Após passar o segundo semestre de 2019 emprestado ao Fluminense, o atacante Brenner retornou ao São Paulo e se reapresentou ao clube paulista junto com o restante do elenco.

Aos 19 anos, o jogador chegou ao Fluminense visando ter mais tempo de jogo, porém, não aproveitou as chances que teve no Flu e não teve um bom desempenho quando acionado, deixando as Laranjeiras sem marcar um gol sequer.

Vale destacar que o atacante chegou ao Rio quando o Tricolor era comandado por Fernando Diniz, treinador atual do São Paulo.

Marquinhos Calazans, envolvido na troca por Brenner, também não teve um grande ano no São Paulo e o jogador deve ser emprestado pela equipe paulista.

Foto em destaque: Divulgação/SPFC

A caminho do Flu, Hudson se despede do São Paulo

Com um acordo já formalizado para defender o Fluminense em 2020, o volante Hudson usou suas redes sociais para se despedir do São Paulo.

O jogador que é esperado no Rio de Janeiro nesta quinta-feira (8) para realizar exames e assinar empréstimo de um ano com o Fluzão.

Pelo Instagram, Hudson fez o famoso textão, agradecendo e demonstrando todo seu carinho ao São Paulo

Já pelo twitter, o jogador foi mais simples, usando um “apenas”: “Obrigado, São Paulo”

Passando nos exames médicos, Hudson deve assinar um contrato de empréstimo de uma ano com o Fluminense, que dividirá parte dos vencimentos com o São Paulo, com o Flu pagando uma parte um pouco maior dos dígitos.

Foto em destaque: Divulgação/SPFC

Hudson se aproxima do Fluminense e é liberado da reapresentação do São Paulo

Além de Henrique, esperado no Rio de Janeiro para realizar exames médicos, o Fluminense encaminhou a contratação de mais um volante: Hudson, de 31 anos. O jogador do São Paulo deve assinar por empréstimo de uma temporada.

Ainda não é sabido como se dará a divisão do pagamento do salário do veterano. Os altos vencimentos, inclusive, são o principal motivo da liberação do clube do Morumbi, que busca reduzir a folha salarial.

Reserva no fim de 2019, Hudson não deve acompanhar o elenco são-paulino na reapresentação no CT da Barra Funda, marcada para a manhã de hoje.

Publicado por: Nicholas Rodrigues.
Fonte: GloboEsporte.com.

Flu realiza sondagens com representantes de Hudson, do São Paulo

Na busca por reforços para 2020, o Fluminense mira a contratação de Hudson, do São Paulo.

O volante de 31 anos terminou a temporada passada em baixa no Tricolor paulista, que está disposto a negociar o jogador. O acordo pode acontecer principalmente se o clube interessado arcar com o salário integral do atleta, que gira em torno de R$ 300 mil. A quantia está fora da realidade dos cariocas, mas a boa relação entre as diretorias pode ser um facilitador.

O Fluminense realizou sondagens e estabeleceu algumas conversas com os representantes de Hudson. Os contatos foram feitos pelo presidente Mário Bittencourt, pelo diretor executivo de futebol, Paulo Angioni, e até mesmo pelo técnico Odair Hellmann. Além do Tricolor, pelo menos outros três clubes do Brasil demonstraram interesse na contratação do jogador.

A possível chegada de Hudson não está condicionada a permanência ou não de Allan, que aguarda o desfecho da negociação entre o Fluminense e o Liverpool, clube com o qual possui contrato. O Tricolor pretende reforçar a posição após a saída de Airton e o empréstimo de Caio ao Atlético-GO. Atualmente no elenco, Odair conta apenas com Dodi e Yuri, que apesar do acerto, ainda não firmou vínculo com o clube.

Hudson tem contrato com o São Paulo até dezembro de 2021 e jamais atuou no futebol carioca. O volante teria ficado animado com a possibilidade de defender o Fluminense, principalmente pelo fato de contar com a confiança da comissão técnica, aumentando as chances de conseguir ter sequência na equipe.

Fonte: lance!

Foto: Maurício Rummens/ Fotoarena 

Flu enfrenta grande concorrência por Allan que é pretendido por outro clube brasileiro

Ainda com futuro incerto, o volante Allan parece ser o alvo de uma grande disputa entre clubes brasileiros. O jogador que pertence ao Liverpool, da Inglaterra, disputou o último Campeonato Brasileiro pelo Fluminense, sendo um dos grandes destaques do tricolor na competição.

Além do próprio Fluminense, São Paulo, e Atlético Mineiro na demonstraram interesse em contar com o jogador que agora parece estar na mira do Grêmio.

De todos, o São Paulo parece ser o caminho mais distante, contudo, ainda segue no páreo. O Fluminense já sinalizou com a intenção em adquirir 50% dos direitos do volante para tê-lo em definitivo.

Já o Atlético parece ser o clube mais a frente na negociação, pois já teria oferecido uma oferta para comprar os 100% do jogador, coisa que o Liverpool deseja. Ao que indica, o Grêmio deve apresentar uma proposta nos moldes do Galo para tentar fechar com o jogador.

Apesar de ter oferecido uma proposta abaixo dos concorrentes, o Fluminense conta com o apelo emocional por ter recuperado o futebol do jogador que chegou a ser convocado para disputar amistosos pela seleção sub-23.

Foto em destaque: Divulgação/FFC

Destaque do Flu em 2019, Yony não deve ficar no Benfica

O colombiano Yony Gonzalez, destaque do Fluminense em 2019, assinou um pré contrato de quatro anos e meio com o Benfica, de Portugal.

O jogador no entanto, não deve seguir no clube de Lisboa, pelo menos nesse início de 2020, segunda metade da temporada europeia.

De acordo com informações do jornal português, A Bola, dois clubes da França surgem como possíveis destinos do colombiano: o Montpellier e o Amiens, ambos na parte de baixa da tabela no atual Campeonato Francês.

Outro possível destino do jogador pode ser o Brasil, uma vez que o São Paulo pode fazer uma oferta pelo atacante a pedido do treinador paulista, Fernando Diniz, com quem trabalhou no Fluminense.

Ainda de acordo com o jornal português, a intenção do Benfica é emprestar o jogador no restante da temporada, uma vez que não deve ser aproveitado no clube lusitano.

Foto em destaque: Divulgação/FFC

Fonte: O Globo

Por indicação de Diniz, São Paulo busca contratação de Allan

Allan, um dos destaques do Fluminense na última temporada, pode fazer a ponte aérea e trocar de tricolor em 2020, deixando o Fluzão pelo São Paulo.

O jogador que pertence ao Liverpool, da Inglaterra, clube no qual tem contrato até maio de 2020, já demonstrou interesse em permanecer no Brasil e no Fluminense, clube que lhe abriu as portas para o cenário nacional, contudo, segundo o UOL Esportes, a disputa da Libertadores e a chance de trabalhar novamente com Fernando Diniz, seu técnico no Fluminense, pode acabar seduzindo o atleta.

Ainda de acordo com o UOL, os empresários do jogador possuem um ótimo relacionamento com os dirigentes paulista e chegaram inclusive a oferecer o volante ao São Paulo, antes mesmo do acerto com o Fluminense. Na época porém a direção da equipe paulista entendeu que não havia necessidade de reforçar o setor.

Esse pensamento no entanto mudou e o São Paulo deve fazer uma reformulação, tentando se “desfazer” de alguns volantes com vencimentos considerado altos, como Hudson e Jucilei por exemplo, abrindo espaço para novos nomes.

Por sua vez, o Fluminense mantém esperanças de renovar com o jogador que viajou para a Liverpool, para tratar pessoalmente com o clube inglês sobre um melhor desfecho para seu futuro.

Foto em destaque: Divulgação/FFC

Acabou o chororô: Marcos Paulo é o autor da vitória de 2 a 0 contra São Paulo

Emocionado no último jogo contra o Vasco (3), Marcos Paulo trocou as lágrimas de tristeza por ter perdido um gol, pelas de emoção, ao marcar o segundo gol do Flu no jogo contra o São Paulo (8).

Aos 39, Caio Henrique arrancou pelo meio, driblou Bruno Alves, e enfiou a bola na medida para Marcos Paulo. O atacante, que estava livre de marcação, tocou por baixo de Tiago Volpi e fez o segundo para o clube carioca. 

O atacante elogiou bastante seu colega, Caio Henrique pelo trabalho no jogo.

-“Quando ele estava no lance eu fiquei até impressionado. Pensei: “joga muito”. Achei até que fosse tocar no Yony, mas depois virou para mim, pude fazer o gol. Vinha dando certo quando eu jogava do lado dele. A gente brincou que o lado esquerdo estava impossível de pegar. Bom que a gente conseguiu ajudar um ao outro “ – contou.

De acordo com o site Lance, no duelo entre tricolores, no Morumbi, Flu garantiu uma grande vitória, fazendo sua saída da zona de rebaixamento em grande estilo: derrotando o São Paulo por 2 a 0.

Digão foi o autor do primeiro gol. Em uma falta na lateral do campo, Daniel levantou na medida para Digão. O zagueiro do Fluminense testou firme e abriu o placar.

Top