fbpx

Mau momento no São Paulo pode reascender negociação entre Flu e Nenê

Foto: Goal Brasil

Jogador vêm sofrendo grande questionamentos por parte da torcida são paulina.

O mau momento atravessado pela equipe do São Paulo vêm afetando não só ao treinador André Jardine como também alguns jogadores, entre eles o meia Nenê, especulado no Fluminense.

O jogador que que teve o nome fortemente ligado ao Flu, viu as negociações esfriarem após o bom início do meia pelo São Paulo, tanto nas partidas da Flórida Cup, quanto no início do paulistão.

Contudo, após uma sequência de resultados negativos, Nenê voltou a ter o futebol criticado pelos torcedores que cobraram pela barração do meia.

A crise no São Paulo pode aumentar ainda mais dependendo do resultado da pré Libertadores, quando o Tricolor paulista precisa reverter um placar de 2 a 0 em favor do Talleres, da Argentina.

Fluminense vende Léo ao São Paulo por R$ 3 milhões

Quarta-feira, o São Paulo anunciou Léo, de 22 anos, como reforço para a próxima temporada. Emprestado pelo Fluminense, ele jogou no Bahia em 2018 e, agora, assina por quatro anos com o clube do Morumbi. Considerado uma aposta para o futuro, o jogador brigará pela vaga com Reinaldo e Edimar. Técnico da equipe, André Jardine avalizou a contratação.

Ao vender o percentual de 50% que detinha sobre o lateral-esquerdo, o Fluminense lucrou R$ 3 milhões, quantia já usada na regularização dos salários atrasados. Revelado em Xerém, Léo jamais conseguiu se firmar no time carioca e convivia com a desconfiança da torcida, principalmente em 2017. Ele rompe um contrato com o clube que, inicialmente, vigoraria até dezembro do ano que vem.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

São Paulo negocia compra do passe de Léo

Atrás de uma vaga na fase de grupos da Libertadores, o São Paulo começa a planejar o elenco para o ano que vem e acrescentou o nome de Léo, do Fluminense, ao radar de possíveis reforços. Durante a temporada de 2018, o lateral-esquerdo, revelado em Xerém, defendeu o Bahia, com quem firmou contrato de empréstimo até dezembro. Fez 58 jogos e nenhum gol.

As negociações, que vêm evoluindo para a compra do passe pelo São Paulo, nasceram de um interesse de tempos no jovem de 22 anos. Os direitos econômicos estão separados em 50% para o Fluminense e 50% para o empresário, Gerson Oldenburg. Segundo ele, existe uma espera pelo fim do Campeonato Brasileiro para que o futuro de Léo seja resolvido. Pessoas ligadas ao atleta apostam que a decisão sairá pouco depois da última rodada.

A vaga na lateral-esquerda do São Paulo, hoje, pertence a Reinaldo. Caso acerte com o clube do Morumbi, Léo, num primeiro momento, dividirá a reserva com Edimar, que não agrada os são-paulinos.

Depois de ser promovido ao profissional do Fluminense, em 2015, Léo acabou emprestado ao Londrina, em 2016, onde acumulou boas atuações. Retornou em 2017, mas não vingou e ainda lidou com grande desconfiança da torcida. Tem vínculo com o time carioca até dezembro de 2019. 

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Baseado em levantamento da CBF, Fluminense tem quatro pontos a menos no Brasileirão

Os torcedores estão acostumados às trapalhadas de juízes brasileiros nos torneios no país. A pouco mais de um mês do fim do Brasileirão, a CBF publicou um levantamento de erros cruciais até a 27ª rodada da Série A deste ano, mas sem detalhar o que é levado em conta na hora de selecionar os lances que passarão por análise. Nem todas as polêmicas entram na balança.

A entidade diz que o Fluminense, o nono colocado (40 pontos), não teve nenhuma falha a favor. Em contrapartida, foi prejudicado em duas partidas, ambas no primeiro turno e que terminaram empatadas em 1 a 1: contra o São Paulo, no Maracanã, quando teve um pênalti ignorado pela arbitragem; e frente ao Bahia, também no Rio, quando o adversário teve validado um gol impedido.

De acordo com este levantamento, o clube de Laranjeiras deveria ter quatro pontos a mais na tabela do campeonato. Ou seja, pularia de 40 para 44 pontos, ficando ainda mais perto de se livrar do risco de rebaixamento.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

São Paulo vê erro em expulsão de Diego Souza e levará caso à CBF

O cartão vermelho a Diego Souza, aos 33 minutos do primeiro tempo de São Paulo x Fluminense, domingo, no Morumbi, caiu mal aos são-paulinos. É por considerar exagerada a expulsão de seu centroavante que o líder do Campeonato Brasileiro fará uma reclamação formal à CBF.

O lance que gerou o transtorno aconteceu entre Diego e Léo, que foi atingido no rosto por uma cotovelada. A decisão do árbitro Dewson Freitas da Silva, segundo o entendimento da diretoria e do elenco do São Paulo, atrapalhou a estratégia do time, que saiu em desvantagem pelo gol contra de Anderson Martins. O empate veio na etapa final, com Tréllez.

Na súmula do duelo, publicada nesta segunda-feira, o juiz diz ter sofrido xingamentos de Lugano, superintendente de relações institucionais do clube, na caminhada até o vestiário, depois do fim do primeiro tempo. Veja o que está relatado no documento:

 (Foto: Reprodução)

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Marcelo Oliveira lamenta o resultado, mas valoriza o ponto conquistado

Treinador destacou a importância de vencer os próximos jogos em casa.

O empate de 1 a 1 entre Fluminense e São Paulo, deixou um gosto amargo para o Tricolor carioca. Jogando com uma a mais desde a metade do primeiro tempo, o time de Marcelo Oliveira ainda saiu na frente do placar, mas cedeu o empate, resultado que não agradou o treinador.

– Pela circunstâncias do jogo, era para termos saído com os três pontos, mas o resultado não é de se lamentar. É um ponto amargo, mas que pode ser importante para a gente lá na frente. Agora é olhar adiante e vencer os dois próximos jogos em casa para subirmos na tabela – disse Marcelo Oliveira logo após a partida.

Os próximos jogos ao qual o treinador se referiu, são os da sequência, contra Vitória e Botafogo, ambos no Maracanã.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Lucas Merçon

Fluminense figura no top10 em média de público

Ranking é liderado por Flamengo e São Paulo.

Com uma campanha irregular no atual Campeonato Brasileiro, onde ocupa a décima colocação, o Fluminense figura também no top10 no quesito média de público, que tem como líderes, Flamengo e São Paulo respectivamente.

veja a tabela com as maiores média de público até a 21° rodada: 

Flamengo – 52.339
São Paulo – 35.494
Palmeiras – 29.806
Corinthians – 29.668 
Internacional – 27.946 
Grêmio – 23.272 
Ceará – 22.017 
Cruzeiro – 20.066 
Fluminense – 18.286 
Atlético Mineiro – 17.465 
Bahia – 17.211 
Sport – 16.381 
Atlético Paranaense – 12.158 

O Tricolor ainda figura na partida com maior público no atual Brasileirão, quando registrou um público de 60 mil pagantes no clássico contra o Flamengo, disputado no Mané Garrincha, em Brasília, que terminou com vitória rubro-negra por 2 a 0.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Mailson Santana

fonte: Rodolfo Rodrigues/Portal R7

Justiça mantém liminar favorável ao Fluminense em caso Diego Souza

Tentando ganhar R$ 5 milhões pela venda de Diego Souza ao São Paulo, o Sport teve seu recurso, que se opunha à liminar favorável ao Fluminense, negado pela Justiça, nesta terça-feira. Com a decisão, tomada pela 5ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, o clube pernambucano continua sem lucrar 50% do negócio, totalizado em R$ 10 milhões.

A sentença em favor do time de Laranjeiras, que se diz dono da metade do valor da transferência, saiu em fevereiro e estabeleceu pagamento em juízo. De lá para cá, o vice-líder do Campeonato Brasileiro seguiu à risca o que fora determinado. Está previsto o depósito de mais duas parcelas, nos dias 10 de setembro e novembro.

O caso, entretanto, segue indefinido, uma vez que o processo ainda está em andamento. Os envolvidos aguardam o julgamento para, enfim, descobrir o destino da quantia milionária.

Relembre o imbróglio:

Diego Souza chegou e saiu do Fluminense em 2016. No acordo com o Sport, manteve 50% do passe do meia para obter lucro em futura venda. Mas uma polêmica troca de e-mails entre Marcelo Teixeira, gerente da base carioca, e Eduardo Uram, empresário do jogador, leva o Leão da Ilha a afirmar que apenas R$ 1 milhão pertence ao Tricolor.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Jornal português aponta para possível volta de Wendel ao futebol brasileiro

Destaque no Flu, jogador não teve um bom desempenho em Portugal.

Revelado nas divisões de base do Fluminense, em Xerém, o volante Wendel foi um dos grandes destaques do Tricolor na campanha do Brasileirão 2017. Porém, o jogador não conseguiu ter uma sequência no Sporting, de Portugal, tão pouco repetir as boas atuações dos tempos de Fluminense.

Diante da falta de oportunidades em Portugal, o jornal lusitano O Jogo publicou que o meia já pensa em um possível retorno ao Brasil e ainda de acordo com o jornal português, o São Paulo já estaria interessado em repatriar o volante ex Flu.

Aposta do ex técnico do Leões, Jorge Jesus, Wendel chegou com grande espectativa em Portugal, mas atuou apenas 4 jogos, totalizando  114 minutos em campo.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Bruno de Carvalho

Abel Braga se diz satisfeito com apoio da torcida e elogia o time: ‘Alma incrível’

Cerca de 20 mil tricolores assistiram ao empate, em 1 a 1, entre Fluminense e São Paulo, no Maracanã. Mesmo com a desvantagem no placar em parte do jogo, os guerreiros lutaram pelo gol e recompensaram o apoio da torcida. Pedro cabeceou e marcou, aos 43 minutos do segundo tempo.

– Estou muito feliz. Mais feliz porque conseguimos o empate. Não 100% porque merecíamos a vitória. Mas feliz porque a equipe não sentiu a mudança tática. Manteve a ofensividade, a agressividade, e jogou o São Paulo lá para trás – elogiou Abel Braga.

A cara do Fluminense em 2018 é de um time aguerrido. Abelão, aliás, é o primeiro a ressaltar a vontade do elenco. Domingo, o discurso do comandante se repetiu, mas com um agradecimento aos torcedores. Os tricolores acreditaram na virada e, depois do apito final do árbitro, aplaudiram a entrega de cada jogador.

– Deu prazer porque vimos um número de torcedores muito maior no estádio. Mesmo quando o time estava perdendo, incentivaram. Porque estavam vendo a luta com uma alma incrível.

O dia no Maraca poderia ter terminado com o 2 a 1 carioca, mas o árbitro ignorou um pênalti claro de Arboleda. Aos 26’ da segunda etapa, Ayrton Lucas cruzou e o zagueiro pôs a mão na bola. O que, somado ao restante das decisões do juiz Rodolpho Toski, revoltou Abel.

– Se você reparar no jogo, duas vezes ele chegou a levar o apito na boca, a bola ficou para o jogador do São Paulo e ele mandou jogar. Ele é horroroso, é prepotente. Estou falando isso porque, quando ele vier da próxima vez, eu vou ficar caladinho, mas sei que ele vai prejudicar meu time.

Leia mais falas de Abel Braga

Entrega do time

Você tem que ver a maneira como os jogadores saem (do campo). Porque aí o torcedor passa a entender mais, a ter mais paciência.

Ayrton Lucas apagado

A marcação foi dobrada. Ele (Aguirre) colocou o Militão com o Régis. O Ayrton, realmente, não conseguiu fazer um grande jogo.

Frazan

Ele só falhou uma vez. Depois jogou muito bem. Nosso maior craque é o coletivo. Além disso, temos que colocar alma em cada palmo do campo.

Tabela difícil no início do Brasileiro

Podíamos ter ganho do Corinthians, campeão paulista e Brasileiro. Fizemos um jogaço, injusto o resultado. Ganhamos do Cruzeiro com um a menos, muita dificuldade. Um time que três dias depois meteu sete na Libertadores.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense! 

Top