Opinião:Pequenos gestos fazem uma grande diferença

Nessa semana, o Fluminense recebeu as delegações do Uruguai e da Argentina no seu centro de treinamento, localizado na Barra da Tijuca. Ambas as seleções estão participando da Copa América e utilizaram as instalações tricolores como local de treino.

O que realmente chamou a atenção do público foi o gesto da diretoria tricolor em distribuir camisas personalizadas. Uma ação de marketing simples, mas que gerou uma(pequena) identificação com os principais jogadores das delegações como Cavani, Suárez e até um dos maiores jogadores da história e da atualidade, Lionel Messi.

Pedro junto com Suárez e Cavani (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)
Messi recebeu uma camisa do Flu e tirou uma foto com Pedro (Foto:Lucas Merçon/Fluminense FC)

Esse gesto foi repercutido em diversos jornais e levaram os tricolores ao delírio nas redes sociais. Se o objetivo era causar impacto na mídia e que os uruguaios e argentinos ficassem agradecidos, ele foi perfeitamente cumprido. Pergunte para esses jogadores, daqui a alguns anos se eles não saberão quem é o Fluminense.

Pode ter sido algo simples, como dar uma camiseta do clube de presente, mas marcou todos os jogadores dessas seleções. Expandir a marca do clube com jogadores internacionais e mostrar isso à todos foi uma ação muito eficiente. O Fluminense, dessa vez, mandou muito bem!

Saudações Tricolores,

João Eduardo Gurgel

Crédito da Foto Incial: Lucas Merçon/Fluminense FC

Fluminense entrega camisas oficiais a Messi, Aguero e cia

Foi a vez da seleção argentina ser presenteada com camisas oficiais do Fluminense, cujo Centro de Treinamento, na Barra da Tijuca, vem sendo usado pelos hermanos desde terça-feira, visando às quartas-de-final da Copa América, contra a Venezuela, às 16h de sexta-feira. O Uruguai, que se despediu do Rio de Janeiro, já havia recebido os uniformes.

Os destaques nas redes sociais foram para Messi, Aguero e Dybala, que revelou simpatia pelo clube das Laranjeiras em entrevista no ano passado. Ao registrar o processo de personalização das camisas, o Tricolor brincou com o craque do Barcelona: “Nossa camisa 10 já foi de muitos craques de outro planeta. E ainda é”.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.