fbpx

Desfalque no Flu, Pedro vira reserva na seleção olímpica

Foto: Marcos Paulo Rebelo – CBF

Desfalque nas últimas rodadas o Campeonato Brasileiro e do duelo contra o Atlético Nacional, da Colômbia, por conta da convocação para a seleção olímpica, o atacante Pedro não rendeu o esperado e acabou preterido por Matheus Cunha no comando de ataque brasileiro.

O camisa nove Tricolor até iniciou o torneio de Toulon entre os 11 principais do Brasil, mas a falta de rítmo, além da excelente fase de seu reserva, Matheus Cunha, fez o atacante do Fluzão parar no banco de reservas.

Sensação na Alemanha, Matheus Cunha rouba a vaga de Pedro na seleção olímpica.
(Foto: Fernando Torres / CBF)

Matheus Cunha, que foi um dos destaques do RB Leipzig, da Alemanha na temporada 2018/2019, marcou inclusive um dos gols da vitoria por 2 a 0 sobre a Irlanda em uma das semifinais do torneio.

Pedro que ainda não marcou na competição, ficou os 90 minutos no banco de reservas.

Com Pedro entre os titulares, Brasil vence na estreia do torneio de Toulon

Foto: Divulgação/CBF

A seleção olímpica entrou em campo no último domingo (02) para estreia no torneio Maurice Revello, em Toulon, na França.

Titular do Fluminense, o atacante Pedro começou a partida contra a Guatemala entre os titulares. No entanto, apesar da vitória do Brasil por 4 a 0, o atacante não balançou as redes. Na verdade, até balançou, mas o gol foi anulado com o bandeirinha assinalando impedimento do camisa 9.

No entanto, Wendel, ex Flu e atualmente no Sporting, de Portugal, balançou as redes uma vez. Os outros gols foram marcados por: Pedrinho, Tabata e Douglas Luiz.

Pedro, ainda foi substituido por Matheus Cunha, com pouco mais de 30 minutos do segundo tempo.

A caminho da seleção olímpica, Pedro se “despede” em jogo contra o Bahia

Reintegrado ao elenco no treino desta sexta-feira, no CT, após se recuperar de contusão na perna esquerda, Pedro deve ser relacionado para encarar o Bahia, domingo, em Salvador, pela 6ª rodada do Brasileirão. Ele não joga desde o dia 11 de maio, quando um choque com jogador do Botafogo o machucou.

Quinta-feira, o centroavante já havia treinado com bola. Ontem, subiu a campo ao lado dos reservas e não-relacionados da goleada por 4 a 1 sobre o Atlético Nacional. Deve entrar na vaga de Luciano, suspenso com o terceiro amarelo.

A atividade da manhã deste sábado será decisiva para o jovem de 21 anos. Caso não acuse novas dores, viaja com a delegação para seu último jogo antes da apresentação à seleção olímpica, com a qual participará do Torneio de Toulon, na França. Dada a convocação, desfalca o Fluminense até a pausa para a Copa América.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Pedro é convocado para seleção olímpica e desfalcará Flu em jogos decisivos

Foto: Lucas Merçon/FFC

O atacante Pedro foi convocado por André Jardine e estará representando o Tricolor na seleção olímpica, que disputará o torneio de Toulon, na França, entre os dias 1° e 15 de junho.

Com a convocação, o atacante deve desfalcar o Flu por até três semanas, uma vez que os convocados tende se apresentar no dia 27 de maio. Desta forma, Pedro desfalcará o Tricolor por exemplo no jogo de volta da Copa Sul-Americana, dia 30 de maio, a volta contra o Cruzeiro pela Copa do Brasil, 5 de junho e o Fla-Flu do dia 9 de junho, válido pelo Campeonato Brasileiro

Outros jogadores do Flu, como Nino e Caio Henrique, chegaram a integrar a lista de pré convocados, mas ficaram de fora da lista definitiva, que ainda sim terá outro conhecido da torcida Tricolor: o meio campista Wendel, ex Flu e atualmente no Sporting de Portugal.

A estreia da seleção no torneio, que é a primeira etapa da preparação da equipe que vai buscar uma vaga nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, acontece no dia 2 de junho contra a Guatemala. No dia 5, o time pega a França; e no dia 8, o Catar. A final está marcada para o dia 15 de junho.

Acompanhe a lista completa:

Goleiros

  • Lucão – Vasco
  • Lucas Perri – Crystal Palace (Inglaterra)
  • Ivan – Ponte Preta

Defensores

  • Gabriel – Lille (França)
  • Murilo Paim – Cruzeiro
  • Luiz Felipe – Lazio (Itália)
  • Lyanco – Bologna (Itália)
  • Emerson – Betis (Espanha)
  • Guga – Atlético-MG
  • Iago Borduchi – Internacional
  • Renan Lodi – Athletico-PR

Meias

  • Douglas Luiz – Girona (Espanha)
  • Thiago Maia – Lille (França)
  • Tabata – Portimonense (Portugal)
  • Wendel – Sporting (Portugal)
  • Mateus Vital – Corinthians
  • Matheus Henrique – Grêmio

Atacantes

  • Pedrinho – Corinthians
  • Matheus Cunha – RB Leipzig (Alemanha)
  • Rodrygo – Santos
  • Antony – São Paulo
  • Pedro – Fluminense​

Top