fbpx

Fluminense pede mas CBF não libera Pedro

Foto: Maílson Santana/ FFC

O centro avante Pedro foi convocado para participar junto à seleção olímpica do torneio de Toulon, na França, que será disputado entre os dias 1° a 15 de junho.

Os jogadores convocados por André Jardine deverão se apresentar no dia 27 de maio, desfalcando dessa forma suas equipes nos últimos jogos do Brasileirão antes da parada pra Copa América

Além de Pedro, a seleção conta com alguns jogadores já titulares de suas equipes no Brasil, como os casos de Antony, do São Paulo, Rodrygo, do Santos, Guga, do Atlético Mineiro e Renan Lodi, do Athlético Paranaense.

Como o atleta irá desfalcar o Flu além do Brasileirão, também nos jogos decisivos da Sul-Americana e Copa do Brasil, contra o Atlético Nacional e Cruzeiro respectivamente, o clube pediu a liberação do jogador junto à CBF, mas teve o pedido vetado.

Ainda de acordo com a assessoria do clube, a CBF comunicou que nenhum atleta convocado por Jardine será liberado.

Fluminense leva quatro jogadores em convocação para período de treinos pela Seleção sub-18

André Jardine divulgou, nesta sexta-feira, sua primeira convocação à frente da Seleção sub-18, com 27 jogadores nascidos em 2001, para período de treinos na Granja Comary, em Teresópolis. Quatro deles, inclusive, representarão o Fluminense na Canarinho: os atacantes Marcos Paulo e João Pedro, o meia André e o zagueiro Luan.

– Recebi a notícia da minha primeira convocação com muita alegria. Trabalhei muito para conseguir dar mais esse passo na minha carreira e isso me dá certeza de que estou no caminho certo e mais força para seguir trabalhando. Queria agradecer a todos que estão comigo desde o começo. Minha família, que é a base de tudo; meus representantes, que cuidam da minha carreira; companheiros de equipe e, principalmente, ao Fluminense, por ter me dado a oportunidade e ter apostado em mim. Desde Xerém, onde pude aprender muito, até o profissional – disse João Pedro, em entrevista ao LANCE!.

Ao lado do São Paulo, igualmente com quatro jogadores chamados, o clube das Laranjeiras domina a lista. Os jovens se apresentarão em 4 de maio e só retornarão aos seus times no dia 10.

Devido ao mau desempenho no Sul-Americano no Chile, em fevereiro, a Seleção vem passando por reformulação. Com Branco como coordenador das categorias de base, a partir de agora haverá convocações segmentadas por idade, para que mais atletas tenham chance de mostrar serviço com a amarelinha.

– Estou muito feliz por essa primeira convocação, ansioso para começar a trabalhar e conhecer os meninos mais de perto. Acho fundamental esse projeto (de convocações segmentadas). Vamos conseguir dar uma continuidade maior, ter uma amostragem maior para, no futuro, termos times cada vez mais fortes e com uma identidade bem definida – declarou Jardine ao site da CBF.


CONFIRA A RELAÇÃO COMPLETA:

Goleiros: Lucão (Vasco), Yuri (Vitória) e Rafael (Coritiba);

Defensores: Morato, Lucas Fasson, Wellington (São Paulo), Luis Gustavo, Ramon (Flamengo), Kaique (Santos), Luan (Fluminense), Khellven (Athletico Paranaense) e Nathan (Vasco);

Meio-campistas: Jadson (Cruzeiro), Maykon Douglas (Vitória), Fernando (Grêmio), André (Fluminense), Ed Carlos (São Paulo), Lucas Lourenço (Santos) e Dudu (Internacional);

Atacantes: Marcos Paulo, João Pedro (Fluminense), Guilherme Azevedo (Grêmio), Igor Sapão (Coritiba), Yuri Alberto (Santos), Thiaguinho (Náutico), Gabriel Martinelli (Ituano) e Reinaldo (Criciúma).


Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Pedro comemora “reestreia” pelo Fluminense e sonha com Copa América

Uma lesão no joelho direito, sofrida em agosto do ano passado, interrompeu uma carreira em ascensão e provocou o corte de Pedro na sua primeira convocação à Seleção. Após tratamento que durou quase oito meses, o centroavante estreou na temporada no primeiro jogo da 4ª fase da Copa do Brasil, contra o Santa Cruz.

– Estou feliz demais com o retorno. Superei esse momento complicado na minha vida. Deus me deu força para superar, minha família me apoiou da melhor maneira… Voltei a fazer o que mais amo na minha vida, que é jogar futebol. Espero que essa alegria permaneça – comemorou.

De olho numa chance na Copa América, que será sediada no Brasil entre junho e julho, Pedro revelou que recebeu o apoio de Tite na época da contusão e no dia em que voltou aos gramados.

– É claro que a gente sonha (com Copa América). Quando parei, tinha sido convocado. Espero poder voltar. Tite me mandou mensagem dando força quando machuquei. Ontem (quarta-feira), ele mandou de novo desejando bom jogo. Fiquei feliz.


LEIA MAIS RESPOSTAS DE PEDRO:

“Reestreia” pelo Fluminense
– Fiquei feliz por ter jogado quase um tempo, não era o previsto. Foi bom pois voltei . Acordei bem, sem dor hoje. Só cheguei um pouco cansado em casa ontem, foi normal. Estou bem”.

Adaptação ao estilo de Fernando Diniz
– Com o dia a dia, ficará fácil. Diniz gosta que o time dele jogue com a bola. Isso facilita ao atacante, que recebe a bola redonda. Vai ser fácil se adequar. É só movimentar bastante fora da área e a bola chegará limpa porque o time está trabalhando muito bem a bola.

Parceria com Fernando Diniz
A gente conversa muito. Eu sou um cara que gosto de sair da área para assistência. Falei com ele que ele vai me ajudar a crescer nesse quesito de movimentação no ataque. Fico feliz de poder trabalhar com ele. É um grande treinador e tem de tudo para fazer um grande trabalho aqui.

Recuperação
Quando machuquei, não acreditava que seria tão sério pelo lance. Infelizmente aconteceu a pior lesão, que tinha de fazer cirurgia. A minha família me ajudou nesse momento complicado. No primeiro mês a recuperação é bem difícil, porque você não pode andar, não pode fazer nada. Mas graças a Deus consegui superar. Tenho de agradecer ao trabalho de todos, da fisioterapia, da preparação física… Que me ajudaram muito nesse momento. Procurei sempre deixar minha cabeça bem tranquila, tentar me alegrar mesmo nos momentos complicados, e graças a Deus consegui superar.

Amadurecimento
Amadureci muito. Eu estava em um momento tão feliz na minha carreira. Creio que voltarei mais forte ainda. Serviu de aprendizado para saber valorizar o tempo que estou dentro de campo. é muito bom fazer o que você mais ama na vida. No momento difícil você não consegue fazer o que você gosta, que é jogar, treinar, estar com os companheiros no dia a dia… Consegui superar e coisas melhores virão pela frente.


Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Aos 14 anos, meia do Fluminense é convocado para Seleção sub-15

Uma das promessas de Xerém, o meia Arthur recebeu, nesta segunda-feira, convocação para um período de treinos com a Seleção sub-15, em preparação para o Sul-Americano da categoria, a ser realizado em novembro, na Bolívia.

No começo de fevereiro, o jogador assinou, aos 14 anos, seu primeiro contrato de formação com o Fluminense, válido por quatro temporadas – o acordo profissional só pode ser celebrado aos 16 anos. Na época, ele, que chegou ao clube em 2015, somava 81 gols em 99 jogos.

O jogador vai se apresentar na Granja Comary, em Teresópolis, no domingo. Trabalho com mais 25 companheiros, previsto para ser encerrado em 27 de março, inclui dois jogos-treino.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

 

É seleção: preparador físico do Flu fará parte da comissão de Tite

Foto: Lucas Merçon/FFC

Jogos serão os últimos preparativos antes da Copa América.

Visando preparar a seleção brasileira para a disputa da Copa América que acontecerá aqui no Brasil, o técnico Tite, convocou a seleção para os dois últimos amistosos contra Panamá e República Tcheca, marcados para os dias 23 e 26 de março, antes da disputa da competição.

Contudo, a convocação não llimitou-se  aos jogadores, estendendo-se também à comissão técnica, onde o preparador físico do Fluminense, Marcos Seixas, irá íntegrar o time brasileiro nos amistosos.

Marcelo não será o único representante Tricolor, na seleção encontrará o companheiro de clube Manoel Carvalho, roupeiro do Flu e da seleção.

Os dois se apresentam junto com toda a delegação brasileira entre os dias 17 e 18 de março, na cidade de Porto, em Portugal.

Às vésperas do jogo, Madureira monta seleção de jogadores com passagens pelas duas equipes

foto: Lucas Merçon / FFC

Fluminense e Madureira se enfrentam na próxima quarta-feira (30) às 21h e 30 Maracanã.

Às vésperas do clássico, o Madureira lançou em sua página oficial das redes sociais uma arte com jogadores que atuaram pelas duas equipes.

Destaques para jogadores de renome no futebol brasileiro, como: Djair e Odvan, além do técnico Renato Gaúcho. Maicon e Marcelo são outros nomes que fizeram algum sucesso em ambas as equipes. O último a usar as duas camisas, Ayrton Lucas, que foi emprestado pelo Flu ao Madureira e em seu retorno ao tricolor após passagem pelo Londrina, conseguiu se destacar antes de se transferir para o futebol russo.

foto: Reprodução MEC

Jogadores do passado, como Paulinho Omena e o craque Didi, também foram lembrados.

É aí torcedor, gostou da escalação ? Teria outro jogador com passagem pelas duas equipes que você escalaria ?

Seleção confirma corte e troca Pedro por Richarlison

A lesão no joelho direito, detectada neste domingo, tirou Pedro da convocação da Seleção para os amistosos de 7 e 11 de setembro, contra os Estados Unidos e El Salvador. O corte, oficializado nesta segunda-feira, dá a Richarlison, ex-companheiro do centroavante no Fluminense, de estrear com a amarelinha. Atualmente, ele atua pelo Everton, da Inglaterra, e tem se destacado no início da Premier League.

– Ficamos muito chateados com a lesão do Pedro. Falei com o Fluminense e com o atleta com o objetivo de tranquilizá-lo, para que ele tenha uma boa recuperação, pois certamente continuará a ser observado quando voltar a jogar – avisou Edu Gaspar, coordenador de Seleções.

Pedro ficará parado por, pelo menos, três semanas. Quando retornar aos gramados, terá pouco tempo para mostrar serviço e tentar a vaga na lista do dia 21 de setembro ou, mais tarde, em 26 de outubro, para testes que estão no planejamento de preparação para a Copa América, entre junho e julho do ano que vem, em solo brasileiro.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

 

Com lesão, Pedro deve perder amistosos da Seleção e ganha ‘combustível’ em tratamento

Depois da cena que preocupou o Brasil, sábado, durante o primeiro tempo da derrota para o Cruzeiro, por 2 a 1, Pedro desembarcou no Rio de Janeiro sem mancar e fez o domingo amanhecer com uma ponta de esperança. Mas os exames, realizados nesta tarde, confirmaram o temor da torcida: lesão no joelho direito. Segundo o Fluminense, o tratamento, a princípio, sem necessidade de cirurgia, deve ser finalizado em até três semanas.

A contusão tira o centroavante de, pelo menos, quatro jogos importantes do clube no Brasileirão, contra São Paulo, Vitória, Botafogo e Atlético-PR. Kayke, que o substituiu no Mineirão, deve ganhar a vaga. No entanto, o problema é ainda maior para o jovem que sonhava conquistar seu espaço na Seleção. Convocado para os amistosos de setembro, nos dias 7 e 11, diante dos EUA e El Salvador, Pedro corre o risco de ser cortado da lista de Tite, dado o prazo de recuperação estimado – nada foi oficializado por enquanto.

Na saída do estádio em Belo Horizonte, o camisa 9 se mostrou confiante e tentou passar tranquilidade aos tricolores.

– Graças a Deus, foi só um susto. Tive uma torção de leve na hora. Eu fiquei assustado com a dor. Preferi sair pois não estava me sentido bem. Agora, estou me sentindo melhor. Queria agradecer a todos os torcedores do Fluminense e do Brasil pelo apoio. Isso é fundamental para me dar força. Foi só um susto – disse.

Hoje, com o problema médico constatado, o discurso se mantém baseado na fé a na gratidão. Veja como ele se posicionou nas redes sociais:

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Pedro impressiona em derrota para o Internacional e vê Seleção mais perto: ‘Sonho realizado’

Enquanto o Fluminense enfrenta uma maré turbulenta, Pedro está prestes a comemorar sua primeira convocação para a Seleção. Artilheiro do Campeonato Brasileiro, com 10 gols, ele foi assistido por Tite nesta segunda-feira, no Maracanã, na derrota para o Internacional, por 3 a 0. 

Embora tenha passado em branco, os lances em que esbanja qualidade técnica foram elogiados pelo técnico brasileiro. No replay de um deles, no camarote do estádio, o comandante foi flagrado elogiando o centroavante: “Joga muito”. 

– Fico feliz pelo elogio do professor Tite, mas triste pela derrota do Fluminense. Não posso ficar ansioso por isso (convocação), porque nós temos um jogo importante na quinta-feira. Vou trabalhar forte, fazer o meu melhor quinta-feira e, se Deus quiser, esse sonho vai acontecer – disse, mantendo pés no chão.

A convocação para os amistosos de setembro, contra EUA e El Salvador, nos dias 7 e 11, acontece nesta sexta-feira, quando Pedro estará retornando ao Rio de Janeiro, depois de decidir vaga nas oitavas-de-final da Sul-Americana, contra o Defensor. 

– Isso é o Tite que tem que ver. Ele que vai convocar a Seleção. Como sempre falo, é fazendo meu melhor aqui no Fluminense que as coisas vão acontecer naturalmente, se Deus quiser na próxima convocação meu nome vai aparecer e vai ser um sonho realizado, uma oportunidade que não quero deixar escapar.

Ao passo que se destaca no Brasil e ganha visibilidade na Europa, Pedro preocupa os tricolores por uma eventual saída. Com salários atrasados, o Fluminense pode ter na venda do camisa 9 a esperança de regularizar dívidas e aliviar os cofres nas Laranjeiras. Segundo o jornal ‘O Globo’, a investida em Kayke, ex-Bahia, é já para preencher uma lacuna que, até o fechamento da janela, em 31 agosto, talvez fique vaga. 

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Pedro diz não se intimidar com olheiros de Tite

Auxiliares do técnico da seleção estiveram no Maracanã observando o atacante.

Vivendo uma grande fase no Fluminense, o atacante Pedro vêm chamando a atenção não só de times europeus como também do técnico da seleção brasileira, Tite, que enviou dois auxiliares ao Maracanã para acompanhar de perto o desempenho do atacante na partida contra o Defensor-URU.

Matheus Bachi (E) e Fernando Lázaro estiveram no Maracanã observando Pedro. (Foto: Rádio Tupi)

Matheus Bachi e Fernando Lázaro estiveram em um dos camarotes do estádio acompanhando o desempenho de Pedro, que disse não se intimidar com a presença dos olheiros de Tite:

– Fico feliz pela seleção estar me acompanhando. Mas o trabalho tem que continuar da maneira que vem sendo feito. Não muda meu jeito de jogar. Eu não trabalho para aparecer, trabalho para o Fluminense, para a equipe. Se o papel estiver sendo bem feito aqui, vai abrir portas. Meu foco é jogar bem aqui para que se Deus quiser virem coisas boas na frente – disse o atacante que passou em branco na partida.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Mailson Santana

Top