Sem VAR, para atrapalhar

Com um árbitro de qualidade e de personalidade dentro de campo, não tem VAR nem meio VAR. O juiz de Fluminense x Bahia teve sempre o comando do jogo, decidiu todos os lances como devia decidir e a partida fluiu sem acidentes nem incidentes. E sem as enervantes paralisações que vinham sendo a tônica nesta Brasileirão.Tanto que os acréscimos foram de um minuto no primeiro tempo e de quatro minutos no segundo. Parabéns ao catarinense, que em boa hora mostrou que há vida inteligente no futebol longe do VAR!

Por Argeu Affonso