Quarteto completa sete jogos pelo Flu e não poderão atuar por outra equipe neste Brasileirão

O Fluminense entrou em campo na noite da última quarta-feira (02 para enfrentar o Atlético-Go pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Rodada essa que já definiu o futuro de quatro atletas do Flu na sequência do Brasileirão.

Dodi, Marcos Paulo, Egídio e Michel Araujo completaram os sete jogos com a camisa do Flu já competição e com isso, não poderão jogar por outra equipe dentro do Brasileirão, visto que o limite máximo de jogos de cada atleta por uma equipe são de sete.

Dentre os quatro, a situação que mais preocupava era a de Dodi, que tem contrato com o Fluminense até dezembro e já vinha despertando o interesse de outras equipes. A tendência agora é a de que o jogador renove seu vínculo com o Tricolor.

Contudo, nem tudo são flores: Luccas Claro e Evanilson por exemplo, ainda não estouraram o limite de partidas e ainda deixam uma pulga atrás da orelha do torcedor Tricolor, que vê na dupla peças importantes dentro do atual elenco do Fluminense. Luccas Claro por exemplo, que ficou de fora da partida contra o Atlético-Go, quando completaria seu sétimo jogo com a camisa Tricolor, tem a situação semelhante a de Dodi, uma vez que tem contrato se encerrando em dezembro.

Evanilson por sua vez, vem desempenhando um belo trabalho no comando de ataque do Flu e já teria inclusive despertado interesse de Inter e Grêmio. O atacante inclusive levou o terceiro cartão amarelo e será desfalque contra o São Paulo.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC