fbpx

Egídio falha e Fluminense volta a perder no Brasileirão

O Fluminense foi até Pernambuco para enfrentar o Sport pela 11° rodada do Campeonato Brasileiro. Sem Dodi, Michel Araujo e Nenê, poupados o Fluminense foi derrotado por 1 a 0, com gol de pênalti de Hernane logo no início do jogo.

Após levar o gol o Fluminense conseguiu controlar o jogo e pressionar o Sport até os minutos finais, mas a falta de inspiração ofensiva pesou e o Tricolor não conseguiu marcar seu gol na Ilha do Retiro.

O jogo

O Fluminense iniciou o jogo com a tentativa de Luiz Henrique como homem mais adiante no entanto, uma bobeira de Egídio, que cometeu pênalti infantil em cima de Leandro Barcia, o Sport saiu na frente logo aos 12 minutos em pênalti convertido por Hernane.

Após o gol, o time pernambucano recuou e deixou a bola no pé do Fluminense, que sem um homem de referência, cercava a área do Sport, mas não ameaçava, sendo essa a tônica de todo primeiro tempo: o Fluminense com a posse da bolaas sem criação e o Sport tentando o contra ataque, mas sem muito sucesso.

No segundo tempo Odair tentou a entrada de Felippe Cardoso como homem de referência no lugar de André e deu uma melhorada na equipe que começou a chegar com mais perigo.

Em jogada individual, Wellington Silva teve a chance, mas jogou para cima. Ainda em cima, o Flu voltou a ameaçar quando Luiz Henrique recebeu na entrada da área, girou e bate forte, mas o goleiro defendeu.

Odair fez mais uma troca, lançando Miguel na vaga de Luiz Henrique e o Flu ganhou mais agressividade e logo na sua primeira jogada o camisa 30 lançou para Yago que chutou mas foi travado e a bola saiu para escanteio.

Com mais presença ofensiva e um Sport que não ameaçava Odair empurrou o time ainda mais pra frente, colocando Marcos Paulo e Fernando Pacheco, nos lugares de Yago e Wellington Silva.

Pacheco teve a chance do empate após receber de Felippe Cardoso. O camisa 16 perdeu um pouco do tempo de bola, mas bateu cruzado e Marcos Paulo ainda tentou o desvio mas não conseguiu empurrar pras redes.

Ainda em busca do empate o Fluminense teve a chance com Calegari, que entrou pela direita, finalizou para boa defesa de Luan Polli. O Flu ainda teve mais uma chance quando Ganso deu lindo passe para Egídio que chegou batendo de primeira, mas Polli fez mais uma defesa.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Fluminense divulga relacionados com novidades da base

O Fluminense enfrenta o Sport neste domingo (20), em partida válida pela 11° rodada do Campeonato Brasileiro. Poupando alguns jogadores devido ao desgaste físico, o técnico Odair Hellmann promoveu a estréia de alguns garotos da base, como por exemplo: Martinelli e Nascimento.

A molecada de Xerém inclusive tomou conta da lista de relacionados, que conta com 12 dos 23 jogadores, formados nas categorias de base Tricolor. São eles: o goleiro Marcos Felipe, o zagueiro Luan, os laterais Calegari, Daniel e Igor Julião, os volantes André, Martinelli e Nascimento, o meia Miguel e os atacantes Luiz Henrique, Marcos Paulo e Wellington Silva.

Segundo dados passados pelo clube, o Flu tem lavado uma média de 8 a 10 jogadores formados em suas categorias de base aos jogos desse Brasileirão.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Fluminense enfrenta Sport neste domingo em horário diferente para o torcedor

O Fluminense já está em Pernambuco, onde enfrenta o Sport, neste domingo (20) pela 11° rodada do Campeonato Brasileiro. O torcedor Tricolor no entanto tem que ficar atento porque a partida acontece em um horário não muito habitual, às 20h30.

Apesar do horário “diferente”, o Tricolor que não tem o pay per view terá a chance de acompanhar o Fluzão pelo SporTV, que fará a transmissão da partida para todo país, menos Pernambuco.

Em Recife desde o último sábado (19), o Fluminense realizou ainda durante a tarde do próprio sábado, um treino no Arruda, estádio do Santa Cruz, quando finalizou a preparação para o jogo de logo mais. Embora o técnico Odair Hellmann não tenha confirmado a equipe titular, o Flu deve iniciar a partida com a seguinte escalação: Muriel; Calegari, Nino, Luccas Claro e Egídio; Hudson, Yago e Paulo Henrique Ganso; Luiz Henrique, Wellington Silva e Marcos Paulo.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Top