fbpx

Fluminense busca acordo por atacante Mateus Gonçalves

Jogador pertence ao Tijuana, mas está emprestado ao Sport.

O Fluminense procurou o Sport a fim de firmar um acordo visando a contratação do atacante Mateus Gonçalves, de 24 anos. O jogador que pertence ao Tijuana, do México e está emprestado até junho de 2019 ao time pernambucano.

A idéia do Flu e buscar um acordo com o Sport para conseguir o repasse do empréstimo e contar com o jogador já em janeiro. De acordo com o empresário do atleta, Fabrício Souza, confirmou o interesse tricolor e, demonstrou certa preferência ao Flu:

– Realmente, o Fluminense entrou em contato. Houve sondagens de outros times, mas o Fluminense é time grande e tem o Fernando Diniz, um técnico que acredito que ajudará na evolução do Mateus. Porém, ainda não tem nada definido – confirmou Fabrício.

Ainda de acordo com o agente, uma liberação junto ao Tijuana não seria um empecilho. Maior problema seria a liberação junto ao Sport ainda em janeiro. Contudo, o Tricolor busca um acordo junto ao time pernambucano um abatimento no valor que o Sport ainda deve referente a negociação envolvendo Diego Souza. Valor que o Flu reclama na Justiça referente ao repasse de parte da venda feita ao São Paulo. Ainda não houve acordo.

Mesmo com o rebaixamento do time pernambucano, Mateus terminou o ano de forma positiva, sendo titular e um dos destaques da equipe, tendo participado de 14 jogos e marcando 3 gols.

 

foto: Divulgação/Sport

Fluminense depende de si mesmo para se manter na Série A em 2019

A sequência de sete jogos sem vencer provocou nos tricolores o temor pelo rebaixamento, ainda que improvável, para a segunda divisão. Domingo, o Fluminense, que soma 42 pontos em 14º lugar, enfrenta o América-MG, que rema contra a degola, no Rio de Janeiro, pela última rodada do Campeonato Brasileiro. Abaixo, veja as contas para a permanência na Série A:

  • Caso vença ou mesmo empate com o América-MG, o Fluminense estará livre da queda;
  • Caso perca na rodada decisiva, dependerá de uma derrota do Vasco, que duela com o Ceará, vivo na luta por uma vaga na Sul-Americana, e de um empate/derrota da Chapecoense contra o São Paulo, que tenta um lugar na fase de grupos da Libertadores.

Também na confusão de baixo da tabela, o Sport, que arrancou 0 a 0 do São Paulo no Morumbi, nesta segunda-feira, pega o Santos, na Ilha do Retiro. Não chega no Fluminense, a menos que tire oito gols de saldo. Diante do panorama exposto acima, o clube de Laranjeiras precisa apenas fazer o dever de casa para escapar do Z-4, com Vitória e Paraná garantidos.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

 

Marcelo Oliveira considera três opções para vaga de Sornoza, desfalque contra o Sport

Marcelo Oliveira saiu do clássico contra o Vasco, semana passada, com mais uma derrota no Campeonato Brasileiro e dois desfalques importantes para o jogo deste domingo, diante do Sport: Sornoza (por cartão vermelho) e Ibañez (pelo terceiro amarelo). Enquanto, na zaga, a entrada de Paulo Ricardo está praticamente certa, a dúvida persiste no meio-campo. A escalação deve ser definida no treino da manhã de sábado.

– Sornoza tem uma característica diferente, um armador. Mas temos um elenco muito bom. Marcelo pode usar um jogador com características diferentes, mas tem o Daniel também, que é um meia de criação. É o professor quem vai decidir – disse Paulo Ricardo, em entrevista nesta sexta-feira.

Quando o equatoriano se apresentou à seleção do Equador, em agosto e outubro, Marcos Júnior assumiu a vaga por quatro jogos. Mas, desta vez, a cria de Xerém não é uma opção. A concorrência acontece entre Daniel, Júnior Dutra e Airton. Quem sai na frente é o primeiro, que tem características semelhantes às do camisa 10.

Caso o técnico opte por manter a formação que usou contra o Atlético-PR, quarta-feira, Airton faria a marcação com Richard, com Jádson atuando mais adiantado. Ou ele pode, ainda, apostar em Júnior Dutra, que vem sendo acionado nas últimas partidas. Veja o provável time:

– Júlio César; Gum, Paulo Ricardo e Digão; Léo, Richard, Jadson, Daniel e Ayrton Lucas; Everaldo e Luciano.


Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Paulo Ricardo valoriza confiança da torcida em fuga do Z-4: “Nada mais importante que isso”

Ainda com 4% de chance de rebaixamento, conforme calculado pelo matemático Tristão Garcia, o Fluminense promete usar a pausa no calendário da Sul-Americana para se garantir na primeira divisão do ano que vem. Neste domingo, enfrenta o Sport, que tenta deixar o Z-4, no Maracanã, com ingressos a preços popularíssimos (R$ 10, a inteira, e R$ 5, a meia). Caso vença, consegue, enfim, respirar aliviado.

– Projeto ganhar, antes de tudo. Meio a zero, cinco a zero, quero ganhar de todo jeito. Acho que a torcida vai nos apoiar o tempo todo, eles estão nos apoiando muito, nos mandando mensagens. Jogo contra o Sport é muito importante para a sequência. Nosso objetivo é tentar o máximo de pontos no Brasileiro, afastar da zona de rebaixamento e, se possível, chegar no G-6. Sabemos que temos capacidade para isso – disse Paulo Ricardo, que substituirá Ibañez, suspenso, neste fim de semana.

Até o dia 28 de novembro, quando decide vaga na final da Sula, contra o Atlético-PR, o time tem cinco jogos para se ver livre da degola e recuperar a confiança para o grande momento da temporada. Uma boa sequência pode, também, trazer os tricolores ainda mais para perto.

– A gente vê na internet mensagens de apoio. Vemos que a torcida está com a gente, não tem nada mais importante que isso. Temos que ganhar alguns jogos, fazer o máximo de pontos possível. Assim, chegamos no dia 28 tranquilos e confiantes para tentar essa virada. A gente acredita e a torcida também – declarou o zagueiro.

Apesar da desvantagem na partida de ida, o elenco mantém a esperança de superar o Furacão. A principal arma pode ser o estádio cheio. Até o momento, inclusive, foram vendidos mais de 10 mil ingressos.

– Sabemos que aqui será diferente. Lá teve o sintético. Vi de fora que o gramado ajuda quem está adaptado. Nós acreditaremos do início ao fim. Vamos tentar vencer de todo jeito.

No treino desta sexta-feira, apenas os reservas foram a campo. Os titulares, por sua vez, ficaram na academia. A última atividade acontece neste sábado, quando Marcelo Oliveira definirá o time que pega o Leão da Ilha.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Endividado com Cícero, Fluminense sofre penhora em processo contra o Sport

O milhão ganho no processo contra o Sport, por Diego Souza, foi desbloqueado no começo de agosto e, agora, teve mais uma parcela penhorada. Desta vez, a razão é a dívida de R$ 7,1 milhões com Cícero, do Grêmio. O prejuízo aumentará à medida que a Justiça determinar o valor que cairá nos cofres tricolores. Enquanto o Leão da Ilha alega

A cobrança de Cícero contra seu ex-clube, impetrada há pouco mais de um ano, é de R$ 7,6 milhões, em razão do descumprimento do pagamento de parcelas de sua rescisão.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Justiça mantém liminar favorável ao Fluminense em caso Diego Souza

Tentando ganhar R$ 5 milhões pela venda de Diego Souza ao São Paulo, o Sport teve seu recurso, que se opunha à liminar favorável ao Fluminense, negado pela Justiça, nesta terça-feira. Com a decisão, tomada pela 5ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, o clube pernambucano continua sem lucrar 50% do negócio, totalizado em R$ 10 milhões.

A sentença em favor do time de Laranjeiras, que se diz dono da metade do valor da transferência, saiu em fevereiro e estabeleceu pagamento em juízo. De lá para cá, o vice-líder do Campeonato Brasileiro seguiu à risca o que fora determinado. Está previsto o depósito de mais duas parcelas, nos dias 10 de setembro e novembro.

O caso, entretanto, segue indefinido, uma vez que o processo ainda está em andamento. Os envolvidos aguardam o julgamento para, enfim, descobrir o destino da quantia milionária.

Relembre o imbróglio:

Diego Souza chegou e saiu do Fluminense em 2016. No acordo com o Sport, manteve 50% do passe do meia para obter lucro em futura venda. Mas uma polêmica troca de e-mails entre Marcelo Teixeira, gerente da base carioca, e Eduardo Uram, empresário do jogador, leva o Leão da Ilha a afirmar que apenas R$ 1 milhão pertence ao Tricolor.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Pedro marca duas vezes e garante primeira vitória da era Marcelo Oliveira

Atacante fez os dois gols da vitória do Tricolor.

O Fluminense realizou neste domingo (22) seu segundo jogo sob o comando do técnico Marcelo Oliveira, e, venceu o Sport na Ilha do Retiro por 2 a 1, com dois gols de Pedro. Gabriel marcou para o campeão Brasileiro de 86.

Lances do jogo

Desfalcado de um dos seus principais jogadores na temporada, o volante Jadson, o Fluminense fez um péssimo primeiro tempo, finalizando apenas uma bola ao gol de Magrão. Sorte do Tricolor que a finalização veio dos pés de Pedro, e aí, e fatal. Léo cruzou pela direita e o camisa 9 bateu de vôleio sem pulo para abrir o placar.

O Fluzão ficou na frente por pouco tempo e o Sport se aproveitou de mais uma falha de Júlio César para empatar a partida. Rafael Marques bateu colocado sem força e o goleiro tricolor rebateu a bola para o meio da área. Gabriel se antecipou a Ayrton Lucas e empatou a partida.

O Sport ainda teve mais uma chance na primeira etapa quando Felipe Bastos desviou de cabeça um escanteio cobrado por Michel Bastos, mas Júlio César se redimiu da falha no gol e fez boa defesa. O primeiro se arrastou amarrado com as duas equipes sem muita inspiração, seguindo o resultado de empate para o intervalo.

Na volta para o segundo tempo, Marcelo Oliveira mostrou ousadia e promoveu a estreia de Júnior Dutra no lugar do uno Dodi, que não marcou e nem armou enquanto esteve em campo. Com um time mais ofensivo o Tricolor melhorou no jogo e passou a ameaçar o Sport, sempre com Pedro. Na primeira, o centro avante bateu colocado e a bola passou tirando tinta da trave esquerda de Magrão. Na segunda o camisa 9 isolou. No lance seguinte, Marcos Júnior recebeu livre e rolou para Pedro, que sem goleiro tocou para fora. A jóia do Flu ainda teve mais uma chance. Depois de uma tabela com Júnior Dutra, o garoto bateu colocado e Magrão fez boa defesa. Na quinta ele não desperdiçou. Depois de Everaldo e Matheus Alessandro baterem prensados na zaga rubro-negra, a bola sobrou para Dutra que rolou para o meio e Pedro sem goleiro deu um lindo toque de letra para garantir a vitória do Fluzão e de quebra alcançar a artilharia do Brasileirão ao lado de Róger Guedes, com nove gols.

O Sport ainda tentou ensaiar uma pressão no final, mas o Flu se manteve bem postado e não deu chances para o campeão Brasileiro de 86 chegar ao empate.

Vale ressaltar o trabalho de Marcelo Oliveira, que não satisfeito com o empate, empurrou o time para frente e, junto de Pedro foi o grande responsável pela vitória do Tricolor. Destaque também para a dupla de zaga, Gum e Digão, que ganharam todas dos ataque rubro-negro.

Agora, que venha o Palmeiras, e cá para nós, com o futebol que ambos estão jogando, dá para confiar nos três pontos, melhor ainda se de quebra tiver uma péssima atuação de Gustavo Scarpa.

 

ST,

Douglas Wandekochen

 

Mascarenhas pode disputar a Série A pelo Sport

Depois do empréstimo ao Botafogo-SP, Mascarenhas deve ter a Ilha do Retiro como rumo. O Sport, em busca de contratações para a disputa da Série A, vê o lateral-esquerdo como opção para reforçar o setor.

– Mascarenhas é um dos atletas que estamos analisando. É um dos nomes que estamos apurando. Klaus Câmara (executivo de futebol) entrou em contato com o Fluminense para saber a situação do jogador. Temos quatro nomes e ele é um deles – disse Júlio Neto, diretor de futebol do time pernambucano.

A ideia do Sport é acertar a contratação até a estreia no Campeonato Brasileiro, dia 15 de abril. Com Ayrton Lucas, em alta nas Laranjeiras, e Marlon, Mascarenhas deve estar fora dos planos de Abel Braga para a temporada.

A tentativa do Leão talvez sofra um empecilho: a relação desgastada entre os clubes, dada a disputa judicial pela negociação de Diego Souza ao São Paulo.

Enquanto defendeu o Botafogo-SP, que foi até às quartas de final do Paulistão, Mascarenhas atuou em 11 jogos, sem marcar gols.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Top