fbpx

Fluminense encaminha contração de trio com destaque na Copa São Paulo

Foto: Léo Lemos/Náutico

Trio chegará por empréstimo com valor do passe fixado.

Após anunciar a chegada do lateral paraguaio, Yair Mendez, para um período de testes em Xerém, o Fluminense encaminhou o empréstimo de mais três jogadores para o sub-20 do clube.

O trio: Caio Vitor (atacante, do Volta Redonda) Carlão (zagueiro, do Náutico) e Jefferson (lateral esquerdo, do Lagartense-SE) estão por detalhes para assinar com o Tricolor um contrato de empréstimo com valor do passe fixado.

Ambos chegaram ao clube através do processo de capitação da base Tricolor após se destacarem por seus respectivos clubes durante a disputa da Copa São Paulo de Juniores. O zagueiro Carlão inclusive já foi promovido ao time principal do Náutico antes de ser pretendido pelo Fluzão.

Vale destacar que o projeto de capitação já pode ser considerado de sucesso no clube, uma vez que através dele chegaram ao clube jogadores que se destacaram recentemente na equipe, como os casos de Gustavo Scarpa e Ibanez.

Errata: lateral do Olímpia-PAR passará por período de testes no Fluminense

Foto: Divulgação/Olímpia-PAR

Jogador de 18 anos acumula passagens pela seleção de base de seu país.

O Fluminense anunciou que o lateral esquerdo Yair Mendez, de apenas 18 anos e que pertence ao Olímpia, do Paraguai, passa por um período de testes no Tricolor.

A informação foi dada em primeira mão pelo site Flunomeno e confirmada pela equipe do Flunews, que apurou ainda que o jovem jogador chega ao Flu para incorporar a equipe sub-20 do Tricolor e, inclusive já participa das atividades com o grupo, em Xerém. De acordo com a assessoria do clube no entanto, ainda não se pensa em contrato com p jogador. A comissão irá analisar seu desempenho para depois decidir os moldes de um possível contrato.

Yair chega ao Flu por empréstimo de uma temporada. (Foto: Divulgação)

Yair, que acumula passagens pela seleção de base de seu país chegou ao Fluzão através de observação da equipe de scout do Tricolor, que vê grande potencial no jogador.

Goleiro do Sub-20 não tem o contrato renovado e deixa o Flu

Jogador estava há dois anos no clube.

O goleiro da equipe sub-20 do Fluminense, Pedro Paulo, não terá seu contrato renovado e deixará o Tricolor no final desse ano.

Após dois anos de clube, Pedro Paulo se despediu por meio de suas redes sociais.

Pela categoria, Pedro Paulo conquistou o título da Taça Rio, além de ser vice campeão do torneio OPG, e semifinalista do Campeonato Brasileiro.

Sem Pedro Paulo, a equipe sub-20 já se apresentou Xerém, onde deu início a preparação para disputa do Copa São Paulo, que terá início logo na primeira semana de janeiro.

 

foto: Divulgação/FFC

Goleiro da base, Vinícius destaca ‘grupo forte’, elogia Júlio César e sonha com profissional

Esta semana é decisiva para os moleques de Xerém. Vice-líder do grupo B no Campeonato Brasileiro sub-20, o Fluminense encara o primeiro colocado, Palmeiras, às 15h desta quarta-feira, e disputa sua permanência no torneio, tendo Grêmio e Chapecoense na cola. Confiante, Vinícius Garcia, goleiro reserva, destaca a união do elenco e faz suas projeções para o fim desta primeira fase.

– Agora pegaremos o Palmeiras, em Itu. A expectativa é grande. Precisamos sair com os três pontos, fazer nove na competição e torcer para que os resultados nos permitam ficar em primeiro. Assim teremos um grupo mais confortável na próxima fase – explicou, antes de elogiar seus companheiros:

– O grupo está forte, unido. Acho que o pessoal está se desenvolvendo bem. Vamos honrar essa camisa e, se Deus quiser, conseguiremos a classificação. Espero que esse Brasileiro seja nosso.

Aos 17 anos, o jovem ainda busca seu espaço no time de Léo Percovich. Com a saída de Guilherme Boer, dispensado pela falta de verba do clube para adquirir seu passe (R$ 100 mil), Pedro Paulo é, hoje, o dono da meta. Mas tem a sombra de Vinícius, que aponta o caminho para deixar a condição de suplente.

Vinícius Garcia trabalhou no CT nesta segunda-feira, junto com o elenco principal. (Foto: Reprodução/Instagram)

– Trabalhando, com certeza. Respeito muito o companheiro de equipe. É lógico que quero a vaga. Mas sou mais novo, tenho que evoluir. Continuarei trabalhando. Se o Léo me der essa oportunidade, estou pronto, sim – afirmou, em entrevista ao Canal FluNews, durante a FluFest do último dia 21 de julho, quando jogou bola com a criançada no parquinho da sede.

As origens de Vinícius estão lá no interior do Paraná, em Londrina. Há três anos, ele, apoiado pela família, superou a concorrência de 80 goleiros em uma peneira promovida pelo Fluminense. Acostumado aos ambientes de Xerém e Laranjeiras, o jogador, às vezes, tem o Centro de Treinamento, na Barra, como local de trabalho. Acumula algumas convocações para treinar com o profissional. Foi assim com Abel Braga, ex-técnico, e, agora, com Marcelo Oliveira.

– Eu comecei a treinar no profissional aos 16 anos. Tive algumas oportunidades no ano passado, fui algumas vezes. Ficarei no profissional durante essa semana, fazendo a preparação. Darei meu máximo lá, vou trabalhar bastante para, daqui a pouco, quem sabe, ser promovido – declarou, esperançoso.


Veja mais trechos da entrevista com Vinícius Garcia:

Elogios a Júlio César

– Júlio é parceiro. Fera demais, humilde. Dá moral para o povo da base. É uma excelente pessoa. Eu, que já trabalhei com ele, posso dizer que se esforça muito. Falhar, pode acontecer. Mas o cara não desiste nunca.

Saída de Guilherme Boer para o Grêmio

– Ele sempre buscou renovar com o Fluminense. Mas o clube acabou não tendo o poderio financeiro para conseguir os direitos dele. Ele disse que ficou triste em ir embora.

Emocional de Léo Percovich depois da tragédia com a família

– Está melhor, sim. Às vezes, depois de alguns treinamentos e jogos, ele fica lembrando e acaba um pouco triste. Mas ele tenta sempre passar para nós uma energia positiva. Ele é um cara muito bom para a gente. Tentamos ajudar também. Sabemos a dificuldade que é, ele acabou perdendo duas filhas. Mas tenho certeza que o filho e a esposa dele dão muita força.


Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Moleques de Xerém decidem jogo no final e vencem a Chapecoense no Brasileirão

Com o apoio de dezenas de torcedores nas Laranjeiras, o Fluminense entrou focado em conquistar três pontos sobre a Chapecoense, na tarde desta quarta-feira, no Campeonato Brasileiro de juniores. Disputado, o jogo foi decidido apenas nos minutos finais, com gols de Samuel e Macula, aos 40’ e 45’ do segundo tempo. 

Os autores dos gols saíram do banco de reservas. Samuel dominou na área e bateu cruzado, sem chances para o goleiro. Pouco depois, Macula recebeu de César, driblou e estufou as redes, sacramentando a vitória. 

Com o resultado, o Fluminense sobe para a vice-liderança, com os mesmos seis pontos do líder, Palmeiras, mas perdendo no saldo de gols. O próximo compromisso é justamente contra o Alviverde, em São Paulo, no dia 1 de agosto. 

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fluminense derrota a Ponte Preta e se recupera no Brasileirão Sub-20: ‘Final para nós’

Depois de uma estreia amarga, com derrota para o Grêmio, nas Laranjeiras, o Fluminense venceu a primeira no Brasileirão Sub-20, longe de sua torcida. Foi em Campinas que os moleques de Xerém duelaram com os meninos da Ponte Preta, que também vinham de revés. O placar final foi de 2 a 1 para o clube do Rio de Janeiro.

– Foi um jogo decisivo. Quem perdesse, ficaria fora da competição. Foi uma final para nós e muito bem disputada pelas equipes. Tivemos um grande desempenho técnico e um coração de leão dentro de campo que fez a diferença no final para conquistarmos a vitória. A partir de amanhã, já temos que focar no próximo jogo – destacou o técnico Léo Percovich.

A caminhada rumo ao triunfo começou com João Vitor, lateral-esquerdo improvisado no meio-campo. O empate da Macaca veio com Xavier, nos primeiros minutos do segundo tempo. Mas um pênalti a favor do Fluminense, aos 11 minutos e cobrado por Zé Ricardo, deu a vantagem aos tricolores. O próximo jogo é na quarta-feira, dia 18, contra a Chapecoense, em casa.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

Mesmo com cenário escasso, Léo Percovich não deve ser efetivado

Diretoria busca um treinador com o mesmo perfil de Abel Braga.

O Fluminense vem encontrando enorme dificuldade para encontrar o substituto de Abel Braga, que pediu demissão do cargo de treinador no último sábado (16). No entanto, a efetivação de Léo Percovich, que chegou a ser cogitada por alguns membros da diretoria, está descartada, pelo menos por enquanto. Uma vez que a ideia da direção do clube é dar seguimento no trabalho do treinador à frente da equipe sub-20.

A intenção da diretoria tricolor, é encontrar um nome que tenha as mesmas características de Abel Braga. Um profissional que passe confiança e sirva de referência aos jogadores.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Mailson Santana

Fluminense e Vasco sofrem penas por confusões no sub-20

No Campeonato Carioca de 2018, os confrontos entre Fluminense e Vasco, pelo juniores, foram polêmicos. Na final da Taça Rio, em São Januário, dia 21 de abril, a torcida do rival invadiu o campo porque Samuel, moleque de Xerém, fez uma dancinha antes de empurrar a bola para a rede. A confusão generalizada foi parar nos tribunais, e o julgamento, em 8 de maio, determinou, ao Cruz-Maltino, multa de R$ 20 mil e perda de dois mandos de campo.

Uma semana depois da decisão do returno, Laranjeiras recebeu novo embate entre os times, agora pela semifinal-geral. A invasão de torcedores ao gramado e conflito com seguranças fez o Fluminense ser multado em R$ 30 mil e perder três mandos. O julgamento do caso do Tricolor aconteceu nesta segunda-feira.

As penas definidas pelo TJD-RJ valem somente para torneios estatuais da categoria. Porém, ainda cabe recurso.

Fonte: Globoesporte.com.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

Filme repetido: Fluminense perde para o Vasco e está eliminado do Carioca Sub-20

Assim como nos profissionais, Tricolor é eliminado mesmo com vantagem do empate.

Assim como nos profissionais, a história se repetiu no Sub-20, onde o Fluminense foi campeão da Taça Rio, entrou com a vantagem do empate na semifinal, mas foi derrotado para o Vasco e eliminado do Carioca Sub-20.

Precisando da vitória a equipe vascaína abriu o placar logo aos 8 minutos, com Marony. Após o gol sofrido, o Fluminense melhorou na partida com mais posse de bola e chegou ao empate com Dudu, aos 26 minutos, resultado que classificava o tricolor, que conseguiu segurar o empate até os 31 do segundo tempo, quando Hugo Borges voltou a deixar o Vasco em vantagem.

Aos 44 o Vasco chegou ao terceiro gol com João Pedro, momento esse em que a partida teve que ser encerrada devido a ameaça de invasão por parte da torcida Tricolor.

Com o resultado o Vasco elimina o Flu e vai disputar a final do Carioca Sub-20, exatamente como aconteceu nos profissionais.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Mailson Santana

Flu estuda punição a Samuel, autor da dancinha em São Januário

Atitude do atacante deu início a uma confusão generalizada.

O atacante do sub-20 do Fluminense, Samuel, foi o protagonista de uma grande confusão generalizada em São Januário no último sábado (21), quando o jogador fez uma dancinha antes de fazer o quinto gol do Tricolor sobre o Vasco, na vitória de 5 a 3 na final da Taça Rio da categoria.

Depois do título é passada a confusão, a diretoria Tricolor planeja uma punição ao jogador, que pode variar entre trabalho voluntário em Xerém e até ajudar um atleta mais novo do Tricolor nas tarefas escolares, como estudar para uma prova.

O atacante também será julgado no TJD-RJ, onde o atacante será denunciado pelo procurador-geral André Valentim baseada no artigo 258-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que prevê pena de duas a seis partidas por provocar o público.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Lucas Merçon
Top