CBF divulga calendário do Brasileirão de Aspirantes

Semifinalista na edição passada, o Fluminense conheceu seu caminho na primeira fase do Brasileirão de Aspirantes. O Tricolor está no grupo B, com Avaí, Bahia, Coritiba, CRB, Fortaleza, RB Bragantino e Santos. Pelo regulamento da competição, as equipes não jogam entre si, enfrentando os times do grupo A.

O Fluminense sub-23 estreia na competição em casa contra o Grêmio, no dia 10 de Junho.

Os confrontos do Tricolor na primeira fase são os seguintes:

1ª – Grêmio (C)
2ª – Juventude (F)
3ª – Cuiabá (F)
4ª – Corinthians (C)
5ª – Ceará (F)
6ª – Figueirense (C)
7ª – Ponte Preta (C)
8ª – Vitória (F)

Na temporada passada, o Fluminense foi eliminado na semifinal pelo Vila Nova-GO.

Foto: Maílson Santana/FFC

Em 7 jogos no ano, Fluminense utilizou 40 jogadores

Por conta do início de temporada utilizando a equipe sub-23, e jovens promovidos da base, além da introdução de jogadores do time principal aos poucos, o Fluminense atingiu a marca de 40 jogadores atuando nos primeiros 7 jogos da temporada 2021.

Para efeito de comparação na temporada 2020, o tricolor utilizou 45 jogadores ao longo do ano. Em 7 jogos a marca já está perto de ser batida, e ainda faltam jogadores estreitarem como Luccas Claro que sofreu uma lesão na preparação, e Samuel Xavier que contraiu COVID-19 ao chegar no clube. 

Ainda há a possibilidade de novos atletas serem contratados como Matheus Babi, Jean Pyerre, David Braz, David Duarte e Willian Bigode.

O único atleta a atuar em todas as 7 partidas da temporada foi Gabriel Teixeira, grata surpresa que atuava entre o sub-20 e 23 na temporada anterior. O garoto vem mostrando desenvoltura e personalidade para pedir passagem no time profissional. John Kennedy e Kayky tem 6 jogos, e vem logo atrás da fila. 

Fonte: Ge 

Foto: Mailson Santana/Fluminense FC

Após período com a seleção sub-18, Matheus Martins e João Neto retornam e reforçam time sub-23 no Carioca

Atacantes voltaram na véspera do jogo, treinam com o grupo, e a tendência é que estejam no banco de reservas na partida contra a Portuguesa nesse domingo, às 16h, no Maracanã. 

A seleção fez um curto período de treinos em Recife que durou do dia 25 de fevereiro até o dia 5 de março. Nesse tempo fizeram um amistoso contra o time sub-20 do Retrô FC, e golearam a equipe por 7 x 1, inclusive com um gol de cada. 

Foto: Mailson Santana/Fluminense FC

Sub-23 vence o Madureira por 1 a 0 em amistoso de preparação para o Carioca

Em jogo-treino realizado no CT Carlos Castilho, equipe sub-23 vence o Madureira por 1 a 0, gol do atacante Alexandre Jesus. Amistoso visa a preparação para a disputa do campeonato carioca, já que o elenco principal estará focado na Pré-Libertadores ou de férias, caso consiga classificação direta para a fase de grupos.

Comandado por Aílton, o Flu foi a campo com: Pedro Rangel, Daniel, Davi, Geovani e Marcos Pedro; John Everson, Metinho e Wallace; Gabriel Teixeira, Matheus Martins e Alexandre.

O gol da vitória saiu em jogada de Matheus Martins, que cruzou rasteira para Alexandre marcar para o Tricolor das Laranjeiras.

Na segunda etapa, Aílton promoveu diversas mudanças, e a aquipe terminou o jogo com: Pedro Rangel, Felipe, Wiris, Higor e Raí; Caio Vinícius, Nascimento e Edinho; Kayky, Cauã e João Neto.

Esse foi o segundo amistoso de preparação para o carioca do sub-23, que já havia empatado sem gols com o Bangu. O Flu estreia na competição contra o Resende, no dia 4 de março, quinta-feira, às 18hrs, ainda sem local definido.

Foto: Maílson Santana/FFC

Fluminense acerta reforço para o sub-23

Meia estava no Atibaia de São Paulo, mesmo clube que vieram Robinho e Richard em 2017. O contrato do jogador em princípio é de empréstimo até dezembro, com opção de compra definido. Léo Souza é revelado na Portuguesa-SP.

O jogador comentou sobre a chance em um grande clube. 

“Com certeza, é a realização de um sonho poder atuar por um clube tão grande, como é o Fluminense. A expectativa é uma das melhores possíveis e a maior oportunidade da minha carreira”. – comemorou o jogador.

Fonte: Ge

Foto: Ge

Sub-23 se reapresenta para estreia no Carioca

Na segunda-feira o time de transição tricolor se reapresentou, e começou os trabalhos visando o início do Campeonato Carioca no dia 28 de fevereiro, apenas 3 dias depois da última rodada do Brasileirão. 

Os jogadores que se reapresentaram foram os seguintes:

Os zagueiros Higor, Geovani, Davi e Cipriano; os laterais-esquerdos Guilherme e Marcos Pedro; o lateral-direito Wisney; os volantes John Everson, Wagninho, Emanoel e Edinho; os meias Gabryel Martins, Wallace, Gabriel Teixeira e Yago; e os atacantes Miguel Vinícius, Jefferson, Lussivica, Christian, Alexandre Jesus e Cauã.

Os garotos se juntam a outros já integrados no time principal como: 

Os goleiros João Lopes e Pedro Rangel; o zagueiro Luan Freitas; o lateral-direito Daniel Lima; o lateral-esquerdo Raí; os volantes Nascimento e André; e os atacantes Samuel e John Kennedy.

A estreia no Carioca será fora de casa, contra o Resende, ainda sem local definido. Outros atletas que devem integrar o grupo são os garotos Matheus Martins, Kayky, Metinho e Arthur. Miguel Vinicius e Gabriel Teixeira devem ter chances também. 

Fonte: Ge

Foto: Mailson Santana/Fluminense FC

Em rede social, Matheus Cassini se despede do Fluminense

Meia de 24 anos chegou em 2020 para a disputa do Brasileiro de Aspirantes e seu contrato se encerrava no final de Janeiro.

Formado na base do Corinthians, Cassini estava atuando no futebol europeu antes de vir para o Flu. No sub-23, fez 12 jogos e marcou 2 gols.

Confira a postagem do atleta no Instagram:

Foto: Maílson Santana/FFC

Após saída do Brasileirão de Aspirantes, Fluminense promove sete jogadores ao time principal

A eliminação no Campeonato Brasileiro de Aspirantes na última quinta-feira (14), a comissão técnica do time principal do Fluminense, composta por Marcão e Ailton, realizou a promoção de sete jogadores do time sub-23 ao principal.

São eles: Daniel (lateral-direito), Luan (zagueiro), Raí (lateral-esquerdo), Nascimento (volante), os já conhecidos André (volante) e Martinelli (volante) – que, inclusive foi titular contra o Sport, e John Kennedy, que até pouco tempo era do Sub-20 e recentemente passou a treinar no Sub-23.

O restante dos atletas entraram de férias e são esperados para o início do Campeonato Carioca, marcado para o final de fevereiro. O Fluminense pretende começar a competição com o grupo sub-23, enquanto os profissionais terão breve período de descanso. A integração dos jovens, por enquanto, é válida até o fim do Campeonato Brasileiro. No começo da próxima temporada, a situação de cada um será reavaliada.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Fonte: GE

Com eliminação no sub-23, jovens podem ganhar oportunidade na equipe profissional

Com a eliminação para o Vila Nova-GO no Brasileiro de Aspirantes, os jogadores das categorias sub-20 e sub-23 não disputam mais nenhuma competição até o fim da temporada. Com isso, nomes muito pedidos pela torcida, como os atacantes John Kennedy e Samuel Granada, e o volante André podem ganhar oportunidades nas nove rodadas finais do Brasileirão.

Além dos citados acima, outros atletas vistos com bons olhos pela torcida, é o caso do zagueiro Luan Freitas, os laterais Dani Bolt e Marcos Pedro, e os meia-atacantes Gabriel Teixeira e Wallace.

O portal GE fez um levantamento do desempenho de cada jogador na temporada em 2020:

André

O volante de 19 anos já defendeu o time profissional em oito jogos, mas acabou perdendo espaço e voltando às categorias de base e aspirante. Foi titular tanto na reta final do Brasileirão Sub-20, como do Sub-23, e pode ser uma boa opção para o meio de campo de Marcão, já que Yuri e Hudson vêm recebendo críticas de parte da torcida. Em fevereiro do ano passado, renovou até dezembro de 2023; sua multa é de € 40 milhões (cerca de R$ 252,7 milhões).

Dani Bolt

O lateral-direito de 21 anos apareceu como opção quando Gilberto acertou com o Benfica, de Portugal, mas até aqui recebeu apenas uma oportunidade no time profissional. Ainda sob comando de Odair, Daniel entrou nos minutos finais da vitória por 4 a 2 sobre o Goiás, pela 14ª rodada do Brasileirão. Após um impasse entre seus empresários e o Fluminense, renovou por quatro anos. Caso ganhasse uma nova chance com Marcão, Calegari poderia ser testado como volante, sua função de origem.

Gabriel Teixeira

Camisa 10 da equipe sub-20, Gabriel Teixeira foi mais um a ser acionado para a reta final do Brasileirão de Aspirantes. Com 19 anos, foi um dos destaques do time comandado por Eduardo Oliveira na temporada e, em dezembro, teve seu contrato estendido até o fim de 2023. Se fosse relacionado por Marcão, teria a concorrência de Ganso e Nenê, além de Marcos Paulo, Michel Araújo e Yago Felipe, que por vezes desempenham a função de meia.

John Kennedy

Visto como uma das principais joias do sub-20, o atacante de 18 anos foi também acionado no sub-23. Conhecido por ser “carrasco” do Flamengo nas categorias de base, é um dos nomes mais pedidos pela torcida no time profissional. Em entrevista recente ao ge, John Kennedy pregou calma, mas admitiu que já sonha com uma parceria com Fred. Seu contrato foi renovado até o fim de 2024 com multa estipulada em € 40 milhões (cerca de R$ 252,7 milhões).

Luan Freitas

Mesmo em uma categoria acima, o zagueiro de 19 anos foi titular absoluto da equipe no Brasileirão de Aspirantes, comandada por Marcão até início de dezembro. A recém-parceria com o treinador pode, inclusive, ajudá-lo a ganhar uma chance na equipe profissional, que hoje conta com Luccas Claro, Frazan, Matheus Ferraz e Nino para a posição. Já foi relacionado em sete oportunidades para o time principal, mas não saiu do banco de reservas. Seu contrato com o Fluminense é válido até o fim de 2022 e sua multa é de € 20 milhões de euros (mais de R$ 126 milhões na cotação atual).

Marcos Pedro

Titular absoluto do time sub-20, o lateral-esquerdo só foi chamado uma vez para a equipe sub-23, quando foi titular na vitória por 2 a 0 sobre o Corinthians. Mesmo com a pouca experiência, já é um nome pedido por muitos torcedores, uma vez que a dupla Danilo Barcelos e Egídio não goza de muito prestígio. Em julho do ano passado, renovou até o fim de 2022 com multa rescisória de € 35 milhões (aproximadamente R$ 221 milhões atualmente).

Samuel Granada

Ao lado de John Kennedy, o centroavante de 20 anos é o que mais gera expectativa na torcida para já ser aproveitado no time principal. Em 2019, foi vice-artilheiro da equipe sub-20, com 13 gols, atrás apenas de Evanilson, e, nesta temporada, já marcou 10 vezes. Com multa rescisória de € 30 milhões (cerca de R$ 189 milhões), tem contrato válido até o fim de 2022.

Wallace

Armador da “Geração de Ouro”, o atleta de 19 anos era considerado uma das maiores promessas de Xerém, ao lado de João Pedro e Marcos Paulo. Uma grave lesão no início de 2019, no entanto, interrompeu sua ascensão. Voltou a atuar na Copinha de 2020 e, inclusive, chegou a ser relacionado por Odair em jogos do Carioca, mas não saiu do banco. Foi titular do time sub-20 nesta temporada e passou a ser acionado também para o sub-23. Renovou com o clube até o fim de 2023, com multa de € 40 milhões (mais de R$ 250 milhões na cotação atual).

Foto: Lucas Merçon/ FFC

Prioridade? Após vencer primeiro jogo, sub-23 é eliminado na semifinal do Brasileiro de Aspirantes

Mesmo com a vantagem conquistada na vitória por 2 a 1 no jogo da ida, sub-23 é eliminado após derrota por 2 a 0 para o Vila Nova-GO no segundo jogo da semifinal do Brasileiro de Aspirantes.

A equipe, apesar de contar com bons jogadores, fez mais uma atuação pobre, dependendo muito mais de jogadas individuais do que um futebol coletivo.

Lembrando que jogadores como André, John Kennedy e Samuel, que poderiam ter recebido oportunidades na goleada de ontem contra o Corinthians, foram cedidos ao sub-23 para jogar a “decisão” contra o Vila Nova-GO.

Foto: Maílson Santana/ FFC