fbpx

Marcos Paulo e João Pedro brilham e sonham ser campeões da Taça BH pelo Fluminense

Para vencer o Vasco na semifinal da Taça BH, neste sábado, às 11h30, o Fluminense precisará do faro de gol de seus artilheiros. Marcos Paulo e João Pedro, destaques da geração 2001/02, considerada a mais promissora de Xerém, e com quatro bolas na rede até aqui, são as esperanças de que o clube conquistará, pela primeira vez, este torneio.

Joia com multa rescisória de R$ 205 milhões, Marcos Paulo jogou três partidas da Taça BH, uma vez que estava sendo relacionado por Léo Percovich para jogos do Campeonato Brasileiro sub-20. João Pedro, por sua vez, atuou cinco vezes. Na disputa pelo posto de maior goleador desta edição, ambos perdem apenas para Guilherme (com cinco), do Atlético-MG, também semifinalista – duela com o São Paulo.

– A Taça BH é uma competição muito boa. Estive aqui ano passado e é importante pois é competitiva. Estamos reeditando essa dupla de anos. Estamos nos entrosando cada vez mais, nos encontrando em campo, e tenho certeza de que, se continuarmos assim, vamos dar grandes frutos – disse Marcos Paulo.

No Fluminense desde 2012, quando chamou a atenção em um torneio de escolinhas de São Paulo, João Paulo assumiu o papel de centroavante na competição. Com a chegada do parceiro, porém, passou a jogar mais pelos lados do campo.

– Queremos trazer o título para casa, mas estamos pensando no Vasco agora. É uma competição de nível nacional, que traz boa visibilidade. Fiquei muito feliz com a chegada do Marcos Paulo. Ele trouxe uma boa experiência para a nossa equipe. Acho que estamos formando uma boa dupla – crê João.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Top