fbpx

CBF e federações se reunirão para discutir a sequência da temporada no Brasil; clubes e atletas também serão ouvidos

A entidade máxima do futebol brasileiro, a CBF irá se reunir com representantes das Federações para tratarem da sequência da temporada no futebol brasileiro, paralisado desde a última segunda-feira (16) por conta do alto risco de contaminação do Coronavírus.

A grande questão e o principal assunto a ser discutido é se terá tempo hábil para recuperar as datas que por conta da paralisação que na maioria dos casos é por tempo indeterminado.

Segundo o secretário-geral da CBF, Walter Feldman, clubes e atletas também serão ouvidos, mas ainda de acordo com Feldman, não há nenhuma definição a respeito do seguimento da temporada no Brasil:

Não (discutimos com clubes a temporada), a decisão é do final de semana. Globo foi avisada formalmente. Haverá uma assembleia de federações nesta semana que poderá se discutir isso – declarou Feldman.

Vale destacar que no Rio de Janeiro, ficou determinado uma paralisação inicial de 15 dias, podendo ser prorrogado caso o problema de disseminação do vírus amplie. Os clubes inclusive adoraram o protocolo de quarentena e suspenderam todas as atividades pelos mesmos 15 dias.

Entre indas e vindas: Fluminense teve 62 jogadores à disposição ao longo da temporada

Mais uma temporada chega ao fim e com ela a pergunta: como será o Fluminense para 2020 ?

Uma coisa é certa, o torcedor espera por um time bem diferente do que foi ao longo de 2019, pelo menos no que diz respeito aos resultados, isso porque foi mais um ano de sufoco, com o Tricolor se livrando do rebaixamento nas rodadas finais do Brasileirão.

Diante de uma ano com os resultados questionáveis, o Flunews fez um levantamento de como foi utilizado o elenco Tricolor ao longo da temporada, onde tivemos 62 jogadores ao longo de todo o ano.

Em levantamento feito pelo nosso analista Rodrigo Amaral, chegou-se a conclusão ainda que dos 62 jogadores, 25 foram negociados, ou seja: cerca de 40% não performaram no clube.

Destaque maior para o setor de ataque, que contou com 23 jogadores ao longo do ano. Só para se ter uma idéia, esse número é a quantidade de jogadores convocados por uma seleção para disputar a Copa do Mundo, por exemplo.

Ainda em relação ataque, dos 23 nomes, 13 foram negociados.

Veja na lista completa:

Goleiros

Muriel
Agenor
Rodolfo
Marcos Felipe
Julio Cesar*
De Amores*


Zagueiros

Mateus Ferraz
Luccas Claro
Digao
Nino
Luan
Frazan
Ibanez*
Nathan*
Paulo Ricardo*
Leo Santos*

Laterais

Gilberto
igor Juliao
Orinho
Mascarenhas
Marlon*
Ezequiel*

Meias

Calegari
Airton
Allan
Yuri
Dodi
Caio Henrique
Miguel
Zé Ricardo
Caio
Daniel
Nene
Ganso
Denilson
Leo Arthur*
Bruno Silva*
Luiz Fernando*
Sornoza*

Atacantes

Wellington Nem
Yony Gonzales
Joao Pedro
Pablo Dyego
Marcos Paulo
Ewandro
Guilherme
Brenner
Lucão
Evanilson
Kelvin*
Pedro*
Everaldo*
Luciano*
Matheus Goncalves*
Calazans*
Robinho*
Matheus Pato*
Felipe*
Luiz Felipe*
Fernandinho*
Matheus Alessandro*
Peu*

Vale destacar levamos em consideração os nomes que estavam a disposição no início do Campeonato Carioca 2019 e, que os nomes com asteriscos (*) são os jogadores que foram negociados ao longo do ano.

Foto em destaque: Divulgação/FFC


Fontes: Fluminense e Globoesporte.com

Com mais um gol pra conta, Yony assume artilharia no Flu

Foto: Lucas Merçon/FFC

O atacante Yony Gonzalez se transformou na grande figura do Fluminense pós Copa América, marcando gols importantes e decisivos para o Fluminense.

Os números transformaram Yony no principal nome do ataque Tricolor: em 5 partidas o colombiano balançou as redes em cinco oportunidades, passando em branco apenas no empate por 1 a 1 contra o Ceará.

A fase goleadora transformou o jogador no principal artilheiro da equipe na temporada ao lado de Luciano – que se transferiu para o Grêmio, com 15 gols. Logo na sequência, vem João Pedro, com nove tentos marcados.

Top