fbpx

Tite convoca dois ex-tricolores para Copa América no Brasil

Na manhã desta sexta-feira, o técnico Tite anunciou a convocação da seleção brasileira para a Copa América 2019, a ser sediada no Brasil entre 14 de junho e 7 de julho. Entre os 23 chamados, há dois ex-tricolores: o zagueiro Thiago Silva (PSG) e o atacante Richarlison (Everton). Esse segundo, inclusive, compareceu ao Maracanã no meio de semana para assistir ao empate em 1 a 1 com o Cruzeiro.

A apresentação na Granja Comary, em Teresópolis, está prevista para o dia 22 de maio. Até a estreia, contra a Bolívia, em 14 de junho, a Seleção encara dois amistosos: contra Catar, dia 5, e Honduras, dia 9. No grupo A do torneio, o Brasil concorre com Bolívia, Peru e Venezuela.

Havia certa expectativa por uma nova chance a Pedro, que não pôde cumprir a convocação para os amistosos de setembro de 2018 por conta de lesão no joelho direito. Fora da seleção principal, ele, que agora se recupera de pancada sofrida no Clássico Vovô, figura a lista sub-23 para o Torneio de Toulon, na França. Porém, o Fluminense estuda não liberá-lo, em razão da sequência de jogos importantes.


Confira a lista:

  • Goleiros: Alisson (Liverpool), Cássio (Corinthians) e Ederson (Manchester City)
  • Defensores: Alex Sandro (Juventus), Dani Alves (PSG), Éder Militão (Porto), Fagner (Corinthians), Filipe Luís (Atlético de Madrid), Marquinhos (PSG), Miranda (Inter de Milão) e Thiago Silva (PSG)
  • Meias: Allan (Napoli), Arthur (Barcelona), Casemiro (Real Madrid), Fernandinho (Manchester City), Lucas Paquetá (Milan) e Philippe Coutinho (Barcelona)
  • Atacantes: David Neres (Ajax), Everton (Grêmio), Roberto Firmino (Liverpool), Gabriel Jesus (Manchester City), Neymar (PSG) e Richarlison (Everton)

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fernando Diniz se junta a Tite e Jorge Sampaoli em dia de palestras na CBF

Durante a semana, a CBF sediará, na Barra da Tijuca, a terceira edição do Somos Futebol 2019, projeto que visa à evolução do esporte mais popular do mundo. O evento vai reunir diversas personalidades do mercado para colocar em discussão nove assuntos: Técnicos e Táticas; Categorias de Base; Patrocínios e Ativações; Branding; Futebol e a Transformação da Mídia; Licenciamento de Clubes e Fair Play Financeiro; Futebol Feminino; Desenvolvimento do Futebol; e Arbitragem.

Nessa segunda-feira, três dos principais treinadores brasileiros darão palestras pela manhã. Considerado o melhor técnico do Campeonato Carioca em seleção divulgada pela FERJ, Fernando Diniz, do Fluminense, está escalado para a preleção, assim como Tite, da Seleção, e Jorge Sampaoli, do Santos.

À tarde, Diniz comanda treino do Time de Guerreiros no Centro de Treinamento, de olho, especialmente, no jogo da volta da 4ª fase da Copa do Brasil, contra o Santa Cruz, quinta-feira.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Pedro impressiona em derrota para o Internacional e vê Seleção mais perto: ‘Sonho realizado’

Enquanto o Fluminense enfrenta uma maré turbulenta, Pedro está prestes a comemorar sua primeira convocação para a Seleção. Artilheiro do Campeonato Brasileiro, com 10 gols, ele foi assistido por Tite nesta segunda-feira, no Maracanã, na derrota para o Internacional, por 3 a 0. 

Embora tenha passado em branco, os lances em que esbanja qualidade técnica foram elogiados pelo técnico brasileiro. No replay de um deles, no camarote do estádio, o comandante foi flagrado elogiando o centroavante: “Joga muito”. 

– Fico feliz pelo elogio do professor Tite, mas triste pela derrota do Fluminense. Não posso ficar ansioso por isso (convocação), porque nós temos um jogo importante na quinta-feira. Vou trabalhar forte, fazer o meu melhor quinta-feira e, se Deus quiser, esse sonho vai acontecer – disse, mantendo pés no chão.

A convocação para os amistosos de setembro, contra EUA e El Salvador, nos dias 7 e 11, acontece nesta sexta-feira, quando Pedro estará retornando ao Rio de Janeiro, depois de decidir vaga nas oitavas-de-final da Sul-Americana, contra o Defensor. 

– Isso é o Tite que tem que ver. Ele que vai convocar a Seleção. Como sempre falo, é fazendo meu melhor aqui no Fluminense que as coisas vão acontecer naturalmente, se Deus quiser na próxima convocação meu nome vai aparecer e vai ser um sonho realizado, uma oportunidade que não quero deixar escapar.

Ao passo que se destaca no Brasil e ganha visibilidade na Europa, Pedro preocupa os tricolores por uma eventual saída. Com salários atrasados, o Fluminense pode ter na venda do camisa 9 a esperança de regularizar dívidas e aliviar os cofres nas Laranjeiras. Segundo o jornal ‘O Globo’, a investida em Kayke, ex-Bahia, é já para preencher uma lacuna que, até o fechamento da janela, em 31 agosto, talvez fique vaga. 

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Observado por Tite, Pedro pode ganhar chance na Seleção ainda em 2018

Principal nome do Fluminense, Pedro tem colhido os frutos de seu talento e brilho em 2018, ano em que assumiu a camisa 9 do clube onde foi formado. O artilheiro do Campeonato Brasileiro, com nove gols, desponta como possível novidade nas convocações de Tite para os últimos amistosos do Brasil nesta temporada, em setembro, outubro e novembro.

Observado pela comissão técnica da Seleção desde 2016, quando treinou duas vezes com os selecionados do treinador, o centroavante é considerado uma raridade no futebol brasileiro, dada a atual dificuldade em revelar jogadores para a posição. Pedro agradou pela mobilidade e pela facilidade em proteger a bola.

Até mesmo durante a Copa do Mundo, entre junho e julho, Pedro e sua ascensão eram assuntos comentados por Tite a seus auxiliares. À época, o moleque de Xerém já se destacava com a camisa verde, branca e grená. Com o fim do Mundial, conquistado pela França, surgiu a discussão sobre quem deve ser o homem-gol do Brasil, uma vez que Gabriel Jesus, dono da vaga, teve um desempenho ruim e acabou abrindo brechas para Roberto Firmino entrar de vez na disputa.

Na segunda-feira, os trabalhos serão retomados na sede da CBF, no Rio de Janeiro. A ideia é decidir as diretrizes da próxima lista, que deve ser anunciada em 17 de agosto e valerá para os jogos do dia 7 e 11 de setembro, contra Estados Unidos e El Salvador, respectivamente. Aos 21 anos, Pedro briga pelo seu espaço e tem chances de ser lembrado.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Tite decide preservar Marcelo de jogo com México e mantém Filipe Luís

Para enfrentar o México, nas oitavas-de-final da Copa do Mundo, o Brasil estará desfalcado do lateral-esquerdo e atual campeão da Champions League, Marcelo. Ele sofreu espasmo na coluna, em jogo contra a Sérvia, e está fora desta primeira etapa do mata-mata. Retorna na próxima fase, em caso de classificação brasileira.

O camisa 12, formado no Fluminense, trabalhou em dois treinos antes da partida desta segunda-feira, mas a comissão técnica decidiu preservá-lo. Segundo Tite, Marcelo ainda se encontra em uma ‘situação de insegurança’. Entenda as explicações do treinador e do preparador físico da Seleção, Fábio Mahseredjian.

– Falei com o Marcelo. Numa situação normal, ele jogaria. O que não pode é o técnico colocar um atleta em situação de insegurança num jogo desse. Eu disse a ele como é legal ter um cara que foi para o campo, ele quer participar. Isso mostra sua responsabilidade, seu comprometimento, mas me foi colocado que ele teria 45 ou 60 minutos de tempo de segurança. Não posso num jogo decisivo – justifica.

– O Marcelo jogou pouquíssimo tempo no dia 27 (na vitória sobre a Sérvia). No dia 28 e 29, o departamento médico não fez absolutamente nada. Ontem (sábado), veio a campo, fez trabalho com bola, um pouquinho específico, mas sem enfrentamento. Trabalho que foi feito hoje (domingo) também com baixo volume. Isso me faz ter a conclusão de que ele perde um pouco da velocidade de reação e faz com que fiquemos temerosos para um jogo que possivelmente tenha 120 minutos. Quando vou dar estimativa de tempo, não posso cravar que tenha capacidade para 120 minutos. Além disso, a previsão é de temperatura elevada, o que faz com que o desgaste físico seja muito grande.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

Top