fbpx

Organizada do Flu questiona tentativa de encobrir faixa de protesto durante partida contra o Coritiba

Os protestos feitos pela torcida do Fluminense ao final do jogo contra o Coritiba que acabou com vitória Tricolor por 4 a 0 não foi a única manifestação dos torcedores.

Ainda durante a partida a torcida organizada Força Flu colocou uma faixa de protestos no meio da arquibancada. Ela foi parcialmente retirada e só dava pra identificar a palavra “Fora”. Porém, em seu Instagram a organizada mostrou sua indignação contra a retirada da faixa, que pedia a saída do diretor executivo de futebol Paulo Angioni e do técnico Odair Hellmann. Confira a postagem:

Foto em destaque: Felipe Siqueira/GE.Globo

Fluminense vence, mas torcida volta a protestar na saída do Engenhão

O Fluminense recebeu o Coritiba na noite da última segunda-feira (28), no estádio Nilton Santos, pela 12° rodada do Campeonato Brasileiro. Contudo, nem mesmo a vitória por 4 a 0 amenizou os ânimos entre a torcida e o time.

Após a partida, um grupo de torcedores estiveram na frente do estádio para protestar contra o atual momento do clube e, os principais alvos foram novamente o presidente Mário Bittencourt, o diretor executivo, Paulo Angioni e o técnico Odair Hellmann. Os jogadores não foram poupados e o ônibus com com a delegação deixou o estádio aos gritos de “time sem vergonha”. Muriel, que falhou na eliminação para o Atlético-Go, foi o mais hostilizado.

Contra o técnico e direção, cânticos como: “Angioni, vai se f.. o Fluminense não precisa de você” e “Mário, seu mentiroso, você montou um time horroroso”, além do tradicional coro de burro ao técnico, com alguns torcedores ainda tentando avançar em direção ao carro de Odair.

Além dos gritos, os torcedores levaram faixas criticando o empresário Eduardo Uram, que tem jogadores no Fluminense, como Egídio, Danilo Barcelos, Felippe Cardoso e vendeu Evanilson ao Porto, e outra, que comparava o atual presidente, Mário Bittencourt ao seu antecessor Pedro Abad e cobrava temas como patrocínio master e time competitivo.

O repórter da Antena Esportiva, Daniel Kaiser conseguiu flagrar o momento em que Digão, um dos líderes do elenco, mas que segue como desfalque por conta de uma lesão, parou o carro para falar com os torcedores

Alguns dirigentes ao saberem dos protestos dos torcedores, mudaram de rota e deixaram o estádio por uma saída alternativa evitando os torcedores.

Foto em destaque: Felipe Siqueira/GE.Globo

Após eliminação na Copa do Brasil torcida protesta contra treinador e diretoria e promete mais manifestações nos próximos dias

Após a eliminação do Fluminense na Copa do Brasil ao ser derrotado por 3 a 1 pelo Atlético-GO na noite da última quinta-feira (24), torcedores do clube foram até ao aeroporto esperar a chegada da delegação para protestar contra o time.

Cerca de 100 pessoas estiveram no Aeroporto Internacional do Galeão ainda na madrugada desta sexta-feira (25), onde a delegação desembarcou através de um vôo fretado.

Pedidos pela saída de Odair Hellmann e cobranças ao mandatário tricolor, Mário Bittencourt, foram ouvidos no saguão, além de gritos com pedidos pelos nomes dos técnicos Roger Machado e Tiago Nunes também foram ouvidos, mesmo que de forma tímida.

A delegação no entanto saiu por um caminho alternativo, evitando o encontro com os torcedores, que além do protesto no aeoporto, o também realizaram manifestações na Linha Vermelha e chegou a interditar a via por alguns minutos. Mais uma vez os alvos foram técnico e presidente. Os torcedores também criticaram a falta de patrocínio master e parcerias com o empresário Eduardo Uram.

Já há inclusive mais protestos sendo organizados, como por exemplo para a noite desta sexta-feira (25), em Laranjeiras, quando a torcida promete mais protestos contra a direção e treinador.

Foto em destaque: Marcelo Neves

Torcida Nordeste Flu agredece por faixa no Maracanã

A NORDESTE FLU, através de suas agremiações, vem agradecer em especial ao Dhaniel Cohen, Fluminense e a Flunitor, pela colocação da Faixa da Nordeste Flu nas arquibancadas do Maior do Mundo, nesse começo fantástico e, com muita união, o Nordeste vem mostrar a força das torcidas do Fluminense na nossa região. Muito obrigado. 🇭🇺

@fluminensefc
@dhanielcohen
@torcidaflunitor
@nordesteFlu

Prejuízo com estádios faz clubes articularem uma volta do público ainda em 2020

Segundo o colunista Marcel Rizzo, do portal UOL, o assunto é tratado com cautela e vai depender do quadro da pandemia nos próximos meses além, do aval das autoridades de saúde e governamentais.

O motivo principal para o tema entrar em pauta é simples: Os custos operacionais das arenas e estádios. De acordo a matéria, até a 4ª rodada, os 20 clubes da elite acumularam prejuízo de R$ 2,63 milhões com a organização das partidas. São pagos taxas de arbitragem, aluguel de campo, testes para exame antidoping e para a Covid-19. Isso tudo com zero de receita, já que não há venda de ingresso.

Os cartolas alegam que ficará insustentável bancar a competição por 38 rodadas sem a entrada de receita de ingressos e sem a ativação de sócios-torcedores, onde na maioria das agremiações contempla a ida do torcedor aos jogos.

Por tanto estuda-se um montar um relatório com experiência em outros países, como por exemplo, o que será usado em Budapeste, na Hungria, em setembro, onde será disputada a Super Copa da Uefa. A entidade máxima do futebol europeu já anunciou que a partida entre Bayern de Munique e Sevilla, terá 30% da capacidade do máxima do estádio Puskàs Arena, que tem 67.215 mil lugares.

Mesmo com a situação da pandemia na Europa bem diferente da América do Sul, esse ‘experimento’ feito pela Uefa, pode servir de base para a volta do público nos estádios aqui no Brasil e nos países vizinhos.

O tema ainda é polêmico e gera muitas divergências, principalmente por causa de possíveis aglomerações. E por isso não há plano de fazer nada antes de novembro, quando se inicia o segundo turno do Campeonato Brasileiro — no fim de semana do dia 8. Mas, assim como houve pressão sobre autoridades pela volta dos jogos, há a possibilidade de haver, também, para o retorno dos torcedores, com lobby inclusive na esfera federal.

Fonte: UOL
Foto: Maílson Santana/Fluminense FC

Por meio das redes sociais, Fluminense agradece apoio da torcida

O Fluminense foi derrotado na noite desta quarta-feira (15) para o Flamengo por 1 a 0 no Maracanã e perdeu a chance de conquistar o título Carioca.

Por meio de suas redes sociais no entanto, o clube agradeceu o apoio que recebeu de seus torcedor, principalmente ao longo do período de isolamento social causado pelo novo Coronavírus (Covid-19), quando o clube foi um defensor da medida, prolongando a volta aos treinos.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Sem público, jogadores comemoram em frente ao setor Sul, local onde estaria a torcida Tricolor

O título do Fluminense sobre o Flamengo na noite da última quarta-feira (08) teve um fato curioso e diferente. Acostumados a comemorar os títulos diante de seus torcedores, os jogadores tiveram que dessa vez se reinventaram por conta da ausência de público devido as medidas de restrições imposta para evitar a proliferação do novo Coronavírus (Covid-19).

Os jogadores do Fluminense então comemorando do título em frente ao setor Sul do estádio do Maracanã, local onde se concentra a grande parte da torcida Tricolor nos jogos antes da pandemia.

Perspicaz, o repórter da rádio Tupi, Marcos Coelho, descreveu com enormes detalhes o lance um tanto quanto diferente e como disse o próprio repórter, histórico. Acompanhe:

Foto em destaque: Reprodução/FluTv

Torcida vence mais uma enquete do SporTV e garante reprise nesta sexta-feira

Em mais uma enquete realizada pelo SporTV, a torcida do Fluminense novamente mostrou sua força. Com 54% dos votos, terá a reprise da goleada que aplicou no Cruzeiro em 2005. Naquele jogo, o Tricolor venceu por 6 a 2, pela 24º rodada do Campeonato Brasileiro.

A reprise acontece nesta sexta-feira (22), às 15h (horário de Brasília).

Foto Reprodução: Fluminense FC

Postagem de Igor Julião nas redes sociais vira alvo de crítica de torcedores

O lateral direito Igor Julião usou sua conta pessoal no Twitter para fazer um comentário sobre a Prova do Líder do programa Big Brother Brasil.

O jogador que falou sobre a vitória de Marcela, sofreu duras críticas dos torcedores do Flu, que desaprovaram o post do jogador, até mesmo de quem também gostou da vitória da sister.

Em algumas críticas, os torcedores usaram da criatividade e usaram temas do próprio programa para cornetar o jogador.

Grupo de torcedores recepcionam elenco Tricolor em desembarque no Chile

O elenco do Fluminense chegou ao Chile na noite deste domingo (16) onde irá enfrentar o Unión La Calera, na terça-feira (18), às 19h e 15.

No desembarque em solo chileno os jogadores do Flu foram recebidos por diversos torcedores que já esperavam a equipe carioca ainda no aeroporto.

A viagem contou com duas novidades em relação ao último jogo – eliminação da Taça Guanabara ante o Flamengo. A volta do meia uruguaio Michel Araújo e Nino, relacionado pela primeira vez no ano, uma vez que esteve a serviço da seleção brasileira sub-23.

Para voltar com a classificação o Fluminense precisa vencer a partida ou empatar marcando dois ou mais gols. 0 a 0 passa a equipe chilena. Já um novo 1 a 1 leva a decisão para os pênaltis.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Top