fbpx

Marcos Paulo pode se tornar a venda mais cara da história do Fluminense

Prestes a ser negociado para o Olympique de Marselha, da França, o atacante Marcos Paulo pode superar Gerson e se tornar a venda mais cara da história do Fluminense.

Negociado em janeiro de 2016 por cerca de €17 milhões (cerca de R$60 milhões na época), Gerson ainda deve superar Marcos Paulo em números, mas a alta do euro deve fazer a possível venda de MP ser maior, uma vez que o clube deseja negociar o jogador por valores entre os €10 e 15 milhões, o que na cotação atual sairia por um valor equivalente a R$ 56 milhões R$ 84 milhões.

Vale destacar que a multa de Marcos Paulo gira em torno dos €45 milhões (cerca de R$ 288 milhões atualmente), mas certamente será negociado por um valor menor.

Vale destacar ainda que Marcos Paulo tem vínculo com o Fluminense até 30 de junho de 2021 e, caso não seja negociado e não renove até o fim do ano, poderá assinar pré-contrato com outro clube a partir de 1º de janeiro do ano que vem.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Fulham faz proposta por Marlon e Fluminense pode lucrar com a negociação

O zagueiro Marlon Santos, ex Fluminense e atualmente no Sassuolo, da Itália, deve mudar de clube nesta temporada e defender o Fulham, da Inglaterra.

O clube que subiu para a Premier League nesta temporada ofereceu algo em torno de €15 milhões (cerca de R$96 milhões) pelo zagueiro. O valor agradou aos italianos, que dependem agora de um ok do Barcelona, que tem preferência na compra do jogador, para selar o acordo.

Em caso de desfecho positivo o Fluminense ganha um percentual de 3% no valor da negociação de acordo com o mecanismo de solidariedade da FIFA. Desta forma, o Tricolor receberia pouco mais de R$3 milhões.

Ainda de acordo com a imprensa europeia, o negócio está bem encaminhado e Marlon deve acertar sua ida ao Fulham ainda está semana.

Foto em destaque: Divulgação

A caminho da Europa: representantes de Marcos Paulo já estariam na França para acertar últimos detalhes da transferência do atacante

Uma das grandes promessas do Fluminense nos últimos anos está prestes a acertar sua saída do Tricolor. O atacante Marcos Paulo que embora estaja passando por um mal momento na equipe de Odair Hellmann, deve acertar sua ida ao Olympique de Marselha, da França.

Segundo divulgado pelo portal GE.Globo, um dos representantes do jogador já está no velho continente, onde tem como prioridade resolver a situação do atacante que tem forte interesse da equipe francesa comandada pelo técnico português André Villas-Boas.

Vale destacar que o próprio presidente do Fluminense, Mário Bittencourt já deixou claro em diversas coletivas a necessidade de vender o jogador que embora tenha uma multa em torno de €45 milhões (cerca de R$ 288 milhões atualmente), há no Fluminense a expectativa de negociação entre € 10 e 15 milhões (equivalente a R$ 56 milhões R$ 84 milhões na cotação atual).

Vale destacar ainda que Marcos Paulo tem vínculo com o Fluminense até 30 de junho de 2021 e, caso não seja negociado e não renove até o fim do ano, poderá assinar pré-contrato com outro clube a partir de 1º de janeiro do ano que vem.

Formado nas categoria de base do clube, em Xerém, o jogador tem 100% dos seus direitos econômicos do ligados ao clube, mas em caso de venda, por contrato, tem que repassar 20% aos representantes do jogador e 10% ao atleta, de acordo com o Portal da Transparência do próprio Fluminense.

Oferecido ao Flu, Lucca agrada a diretoria e pode ser o novo centro avante Tricolor

O Fluminense intensificou sua busca no mercado atrás de um nome que possa substituir Evanilson, negociado com o Porto.

Com a saída do camisa 99 o Tricolor se viu sem opções de reposição e vê com urgência a chegada de um nome para suprir a saída do atacante que vinha sendo titular da equipe de Odair.

O nome da vez é o de Lucca, atacante em fim de contrato com o Al-Khor, do Catar, e com passagens por diversos clubes do futebol brasileiro, como: Corinthians, Cruzeiro, Bahia, Ponte Preta e Internacional, clube onde trabalhou com Odair Hellmann em 2018.

A informação foi divulgada pelo portal GE.Globo, que confirmou ainda que o nome agradou à comissão técnica e a diretoria ja fez inclusive um contato com o empresário do jogador, Fernando Garcia, para saber as condições e está avaliando o negócio.

Vale destacar que embora Lucca esteja em fim de contrato no Catar, só poderia jogar a partir do dia 13 de outubro, quando a janela no Brasil de transferências internacionais abrir. 

Foto em destaque: Divulgação/Al-Khor

De casa nova: Thiago Neves é anunciado como novo reforço do Sport

Após rescindir com o Grêmio e quase acertar com o Atlético-MG, o meia Thiago Neves, ex Fluminense acertou com outro clube da Série A do Brasileirão: o Sport.

O anúncio foi feito pelo próprio clube pernambucano, que usou seu perfil oficial das redes sociais para anunciar o novo reforço:

De acordo com portal, mesmo com ascensão de Calegari, Flu deve buscar reforço para a lateral direita

Após a venda de Gilberto ao Benfica, o Fluminense viu uma grande lacuna em seu elenco, uma vez que o reserva imediato, Igor Julião, não deu conta do recado e, Calegari que também atua na função é volante de origem.

Porém, o jovem jogador aos poucos foi se adaptando, pegando confiança, dando uma resposta positiva ao técnico Odair Hellmann, principalmente nos últimos jogos. Contudo, o clube deve ir em busca de um nome mais segura para a posição.

De acordo com informações do UOL Esportes, o clube deve aguardar a abertura da janela internacional para buscar um reforço mais experiente para o setor e, o nome que ainda é falado entre as pessoas que comandam o futebol do clube é o de Luís Advíncula, atualmente no Rayo Vallecano, da Espanha.

Ele chegou a ser oferecido assim que o clube negociou Gilberto, e o nome agradou, porém, o pouco tempo para realizar a negociação, acabou impedindo um acerto. O nome do experiente jogador de 30 anos segue em discussão uma vez que a cúpula de futebol do Tricolor entende que o atleta tem o perfil ideal: um jogador mais experiente e rodado, que possa ajudar no desenvolvimento dos jovens e brigar pela posição.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Oficial: Fluminense confirma venda de Pitaluga ao Liverpool

O Fluminense usou seu site oficial para confirmar a transferência do goleiro Marcelo Pitaluga ao Liverpool, da Inglaterra.

No comunicado, o clube não revelou os valores da negociação, mas confirmou que manteve 25% dos direitos econômicos do jogador, que possui passaporte europeu.

Diretor executivo de futebol do clube, Paulo Angioni explicou o motivo pelo qual o Tricolor negocio o goleiro de apenas 17 anos.

O atleta ainda passa por um processo de maturação e seria utilizado em médio prazo. O clube conta com Muriel, Marcos Felipe e João Lopes, além do Pedro Rangel, muito elogiado pela preparação de goleiros. Seguimos com um percentual, além do mecanismo de solidariedade – explicou Angioni.

Pitaluga esteve na manhã deste sábado (12) no CTCC (Centro de Treinamento Carlos Castilho) para se despedir dos companheiros e funcionários do clube e já vaijará na parte da tarde para Inglaterra, onde realizará os exames médicos e assinará com o novo clube.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Fluminense sondou Pottker, mas proposta turca deve inviabilizar a negociação

O Fluminense segue monitorando o mercado em busca de um centro avante para ocupar a lacuna deixada por Evanílson, negociado com o Porto, de Portugal.

Um dos nomes oferecidos e analisados pela cúpula de futebol Tricolor é um velho conhecido de Odair Hellmann, William Pottker, que trabalhou com o treinador no Internacional.

Segundo informações do GE.com, o atacante colorado foi oferecido e o nome agradou tanto ao treinador como aos dirigentes, porém, uma proposta do Trabzonspor, da Turquia, deve inviabilizar a negociação.

Pottker chegou ao Inter após se destacar pela Ponte Preta e atuou em 106 jogos pelo Colorado, marcando 26 gols.

Foto em destaque: Ricardo Duarte/DVG/Inter

Destaque do Brasil pode ser o novo reforço do Flu

Após perder Evanilson, negociado ao Porto, de Portugal, o Fluminense deve ir em busca de um nome para suprir a ausência do jogador que era até então o titular do ataque Tricolor, que tem apenas Fred como homem de referência.

Esse nome pode vir do Sul do país, mais especificamente do Brasil de Pelotas, que disputa a Série B do Brasileirão. De acordo com Renan Santos, da Rádio Universidade e do Diário Popular, de Pelotas (RS), o Fluminense sondou a situação do atacante Luiz Henrique, um dos destaques do Brasil de Pelotas nesse início de Brasileirão.

Ainda de acordo com informações vinda de Pelotas, além do Fluminense outros clubes já demonstraram interesse no atleta de 19 anos e com passagem pela base do Inter.

Mário explica modo de contratação e tempo de contrato de Danilo Barcelos

Último contratado do Fluminense, o lateral Danilo Barcelos teve grande rejeição diante a torcida do Fluminense. O presidente no entanto, explicou sobre a contratação do jogador.

Segundo Mário, o jogador já estava apalavrado com o Cruzeiro, mas a vontade de Odair Hellmann em contar com o atleta no elenco do Fluminense, acabou seduzindo Danilo.

Entramos em contato com os empresários do jogador (Brustoline e Uram) que nos passou que ele já havia acertado com o Cruzeiro, mas que poderíamos entrar em contato direto com o atleta. O Angioni ligou para ele então e passou o nosso desejo, Odair também ligou e acabou convencendo o Danilo – disse Mário, que também explicou o motivo por fechar um contrato longo.

Fizemos uma proposta salarial exatamente idêntica a do Cruzeiro, e aqui não vou revelar valores, e o jogador falou que se fosse pra fechar pelo mesmo valor e tempo de contrato, ele daria preferência em atuar em Minas por estar perto da família e atuando no time do coração de seu pai. Por isso então oferecemos um contrato mais longo, até porque o salário dele é quatro vezes menor do que as outras opções que vínhamos mantendo conversas. Como ele é um jogador de 29 anos, não vimos problema de fechar um contrato um pouco mais longo. Quando não se tem dinheiro pra aumentar o valor do salário, a gente é obrigado a aumentar um pouco mais o tempo de contrato – completou o presidente.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Top