Ferj abre negociações pelo Carioca e Globo e SBT disputam o direitos se transmissão da competição

A Federação de Futebol do Rio de Janeiro, a Ferj, já abriu negociações para a transmissão Campeonato Carioca de 2021 e, de acordo com o UOl Esportes, SBT e Globo estão na briga para realizarem a transmissão dos jogos.

Ainda de acordo com o UOL, a Ferj estuda um contrato em múltiplas plataformas, sem estar preso em uma só empresa, atingindo desta forma um valor similar ao arrecadado em anos anteriores. Com isso, SBT e Globo – que rescindiu o contrato de exclusividade com a federação no último Campeonato, são as principais interessadas.

Ainda há também possibilidade de exploração de uma plataforma de pay-per-view própria da competição. Nesse caso, cada clube ficaria com o percentual do que for arrecadado pela sua torcida. Quem acompanha as negociações do Carioca de perto prevê novidades para os próximos dias.

Pela proposta que está sendo alinhavada, os clubes poderiam conseguir até R$ 17 milhões, um valor próximo ao que era pago a Globo. Mas isso dependeria de atingir determinados parâmetros.

Detentoras do diretos nos anos anteriores, a Globo teria feito uma proposta em valores menores do que os R$ 120 milhões originais, porém, não foi aceito. Mas a emissora segue monitorando o caso. Assim, o SBT é apontado como principal candidato a ocupar a faixa de TV aberta, sendo exploradas ainda outras mídias para aumentar a renda.

TV aberta demonstra interesse no Campeonato Carioca 2021, que não terá transmissão da Globo

O Campeonato Carioca pode ser transmitido por uma emissora diferente em 2021. Isso porque o torneio que vinha sendo há anos transmitido pela Globo pode para no SBT.

Segundo informações do UOL Esportes, a emissora de Sílvio Santos que já adquiriu os direitos da Libertadores deste ano, tem a intenção na transmissão do Estadual do ano que vem, porém, vai com cautela nas negociações e, só deve mesmo iniciar as conversas em janeiro de 2021.

Essa espera até 2021, está diretamente ligada a transmissão da Libertadores. Isso porque a emissora espera por novos patrocinadores com avanço nas transmissões do torneio Sul-americano, exatamente para captar os recursos para investir no Carioca.

Vale destacar que foi o próprio SBT que transmitiu o último jogo da final, após a Globo abrir mão da transmissão por conta de uma briga com o Flamengo após o clube da Gávea transmitir seus jogos se baseando na lei do mandante.

Foto em destaque: Divulgação

Partida entre Athletico-PR x Fluminense pode não ser televisionada

A partida entre Athletico-PR x Fluminense, que abre a quinta rodada do Campeonato Brasileiro, neste sábado (21), às 16h, no estádio da Arena da Baixada, corre sérios riscos de não ser televisionado, isso porquê, o Grupo Globo que tem contrato com o Fluminense conseguiu uma liminar onde impede a Turner, que tem contrato com o Athletico-PR, atuar de acordo com a MP984, que dá direito ao clube mandante negociar a transmissão.

Contudo, a decisão favorável ao Grupo Globo entende que a MP não pode agir em contratos que já estejam em vigor, o que impede o Athletico-PR a negociação da transmissão.

O CAP vinha inclusive transmitindo seus jogos como mandante através do seu Canal do YouTube, a Furacão TV, porém, já recebeu um comunicado extra oficial que em caso de nova transmissão o contrato entre o clube e a TV Globo para transmissões em TV aberta seria rescindido. Contrato esse que é uma das maiores fontes de renda do clube paranaense, que o inclui inclusive no Fantasy Game Cartola FC, e em caso de rompimento além de deixar de ter os jogos televisionados o time também seria retirado do game.

Diante disso, só teriam duas maneiras de transmissão da partida: a Globo passar o jogo em TV aberta, o que acontece aos sábados apenas em casos excepcionais, ou a Turner conseguir uma liminar que autorize a transmissão do jogo com base na MP984

O Canal Flunews procurou o Fluminense para saber a posição do clube sobre o assunto, porém, até o fechamento desta matéria não havíamos recebido nenhum retorno.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Mais polêmicas! Globo não paga última cota do Carioca e inicia embate com Ferj e clubes

O Campeonato Carioca teve seu fim no último dia 15, porém, as polêmicas, que marcaram a competição no período pós-quarentena, estão longe de acabar. Isso porque, segundo o portal ‘UOL’, a TV Globo ainda não pagou última cota referente aos direitos de transmissão da edição 2020. A decisão teria irritado os clubes e a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj).

De acordo com o site, uma parcela de R$ 18,159 milhões deveria ter sido depositada para divisão aos 11 clubes. Por ajustes em seu caixa, o Grupo Globo solicitou um adiamento da parcela, se comprometendo a pagar a cota derradeira até a última quarta-feira (22), o que não teria acontecido.
O Fluminense tem direito a um montante de R$ R$ 4,8 milhões referente à última cota.

Há um debate na esfera judicial, entre a Federação do Rio e Globo, sobre a validade da rescisão unilateral do acordo pelos direitos de transmissão assinado até 2024, a Globo decidiu que só pagaria tal montante caso a Ferj assinasse um documento aceitando e reconhecendo o rompimento decidido unilateralmente pela emissora nas últimas semanas, abrindo mão de discutir tal fato em juízo. No entanto, a Ferj se negou a assinar tal documento. Além disso, os clubes não aceitam que os R$ 18 milhões encerrem a briga de mais de R$ 408,5 milhões – R$ 98,4 milhões pelo Estadual de 2021, R$ 101 milhões por 2022, R$ 103,5 milhões por 2023 e R$ 105,6 milhões correspondendo ao último ano de acordo, 2024, de acordo com informações do portal.

Fonte: NetFlu / UOL
Foto: Divulgação Ferj



Em nota TV Globo autoriza os clubes a transmitirem seus jogos

Em meio a briga entre TV Globo, Ferj e Flamengo, os demais clubes envolvidos na reta final do Taça Rio, ficaram desnorteados em relação a exibição de seus jogos, é o caso de Fluminense e Botafogo. E com a rescisão de contrato por parte da emissora, na quinta-feira, as equipes passaram a se valer da Medida Provisória 984/2020, que prevê que os clubes mandante detém os direitos de transmissão.

O Tricolor inclusive vinha estudando a possibilidade de transmitir a partida contra o alvinegro, no próximo domingo (05), válida pela semi-final do segundo turno, através da FluTV. Porém, o clube estava aguardando o aval por parte da Globo.

E em um comunicado oficial, neste sábado, a emissora esclareceuque os clubes são livres para transmitir seus jogos ou autorizar que terceiros os transmitam, uma vez que o contrato foi rescindido.

Ou seja, em uma eventual final de Taça Rio que não tenha a transmissão da Globo e o Fluminense sendo o mandante – o mando será definido por sorteio –, o Tricolor terá caminho livre para exibir a partida no seu canal no Youtube ou até mesmo negociar com um outra emissora.

Confira a nota da TV Globo na íntegra

“A Globo rescindiu essa semana o contrato para a transmissão do Campeonato Carioca pela violação dos seus direitos de exclusividade, mas recebeu ontem à noite uma ordem judicial que a obriga a transmitir os jogos sobre os quais tinha direito quando o contrato estava em vigor. A Globo vai recorrer da decisão, mas, em respeito à Justiça e aos Clubes, dos quais é parceira histórica, vai transmitir a partida de amanhã entre o Fluminense e o Botafogo pela semifinal da Taça Rio, na TV Globo, no SporTV e no Premiere. A Globo esclarece que os clubes são livres para transmitir seus jogos ou autorizar que terceiros os transmitam, uma vez que o contrato foi rescindido. Para transmitir o jogo que acontece amanhã, às 16h, no Estádio Nilton Santos, a Globo está acionando um protocolo de urgência que garanta a logística para uma transmissão com o padrão de qualidade de sempre e que resguarde a segurança e a saúde das equipes de transmissão. A Globo é parceira e incentivadora do futebol brasileiro há muitas décadas, entende a sua importância para clubes, jogadores, marcas e torcedores e reitera a sua crença de que o futebol só será capaz de vencer as inúmeras dificuldades com planejamento e segurança jurídica para aqueles que investem altas quantias nesse negócio tão importante para o Brasil e para os brasileiros.”

Reprodução: FluTV

TV Globo questiona Ferj e emite nota em relação a volta do Carioca

Detentora dos direitos de transmissão do Carioca, a TV Globo questionou a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) sobre a volta apressada da competição que retorna nesta quinta-feira (18), com Flamengo e Bangu, às 21h, no Maracanã.

A emissora emitiu uma nota indagando uma preocupação quanto ao protocolo de segurança para a realização da partida. De acordo a Globo o documento apresentado “é impreciso em relação a vários aspectos” no que diz respeito ao trabalho dos profissionais envolvidos, além, da falta de conhecimento em relação à aprovação das normas criadas pela Ferj por parte das autoridades sanitárias.

Por fim, a emissora não garante que irá realizar as partidas da 4ª rodada da Taça Rio por não haver tempo hábil para se planejar e viabilizar a transmissão. A empresa pede que a Federação assegure as condições em que o Campeonato Carioca irá voltar e pede a confirmação de todos os times no torneio para avaliar o retorno dos jogos na televisão.

Veja nota emitida pela Globo sobre o tema

A Globo tomou conhecimento da decisão da FERJ, em reunião arbitral realizada ontem, sobre o retorno do Carioca 2020 nesta quinta-feira, 18. Entretanto, fomos informados de que não há consenso entre os grandes clubes sobre a retomada da competição e que alguns alegam que não há condições mínimas para os profissionais de futebol realizarem as partidas nas datas agendadas pela Federação.

A Globo vê com grande preocupação a ausência de segurança para a realização dos jogos, tantos para os profissionais que participam do espetáculo quanto para as equipes de transmissão e cobertura jornalística das partidas.

Não mediremos esforços para que os torcedores possam ver seus times novamente em campo, porém é essencial que a FERJ assegure em que condições se dará o reinício do Campeonato Carioca e que confirme a participação de todas as equipes que iniciaram a competição, a fim de que possa ser avaliada a viabilidade do reinício das transmissões.


Fonte: UOL
Foto: Reprodução TV Globo

R$ 3,8 milhões serão liberados pela Globo caso Carioca retorne

Neste domingo (24), o prefeito da cidade do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, em uma reunião junto aos clubes, exceto Fluminense e Botafogo, autorizou a volta aos treinamentos nos CT’s (Centro de Treinamentos) a partir desta terça-feira (26) e projetou a volta do Campeonato Carioca para o dia 16 de junho.

Sendo assim, caso se confirme o cronograma estipulado e o estadual retorne já no próximo mês, uma verba de R$ 3,8 milhões será liberada pela TV Globo, detentora dos direitos de transmissão da competição. Isso por que, este acordo está definido deste o fim de abril, quando a emissora se comprometeu a pagar 15% do valor que está retido pela paralisação do torneio, em razão da pandemia de coronavírus.

Desse montante Vasco, Fluminense e Botafogo receberiam cerca de R$ 675 mil cada um, totalizando R$ 2,025 milhões – o Flamengo não têm direito à cota de transmissão porque não fechou acordo com a Globo. E o restante, seria dividido entre os clubes menores.

No final de abril, a Globo liberou 10% dos valores retidos para ajudar os clubes durante o período de quarentena. Os demais 75% serão pagos somente após a conclusão do Carioca.

Fonte: UOL