fbpx

Odair faz análise da equipe após vitória no clássico

Após a vitória sobre o Vasco, por 2 a 0, no último domingo, no Maracanã, o
técnico Tricolor destacou a importância da vitória num clássico e o comportamento, não apenas tático e técnico, mas psicológico dos jogadores na partida, que não teve a presença da torcida.

– Clássico é um jogo diferente. Nós não estamos acostumados a jogar sem torcida e você tem que ter muito mais concentração, a parte muito mais mental e psicológica, porque você não tem influência externa nenhuma. Nem pro bem e nem pro mal, no caso de pressão, de vaia ou de qualquer coisa nesse sentido, nenhum incentivo naquele momento em que os times fazem valer isso dentro do campo de jogo.
Nós tivemos maturidade nesse sentido, em todos os outros aspectos e merecemos a vitória. Buscando ela do início ao fim. Teve momentos iguais na partida, mas nós, no final, concluímos as oportunidades que nós criamos. Efetividade, construção, a gente mereceu a vitória e a gente fica feliz com o resultado esportivo.
– Declarou Odair Helmann na coletiva após a partida.

Foto: Reprodução FluTV

Em sua rede social, Pacheco comemora primeiro gol com a camisa Tricolor e faz um pedido as pessoas

Atacante marcou o segundo gol do Fluminense na vitória por 2 a 0 sobre o Vasco no último domingo, no Maracanã, pela terceira rodada da Taça Rio.
Logo após o jogo, o peruano em seu Instagram fez um post celebrando o gol marcado e a vitória no clássico. Pacheco aproveitou também para conscientizar as pessoas diante da pandemia do coronavírus.

– Empolgado para marcar meu primeiro gol com esta camisa e contra um grande rival. Graças a Deus por me permitir capturar o esforço e o trabalho diário no campo. Parabéns aos meus colegas que deixaram tudo em campo para alcançar esta importante vitória.
E como sempre, obrigado também a todos os torcida por apoiarem o time.Quero aproveitar este momento agradável para recomendar que você fique em casa e observe todas as recomendações para evitar mais propagação do Covid-19. Vamos ser socialmente responsáveis
– escreveu o jogador

confira o post

Foto: Divulgação

Jogadores planejam protesto durante jogos da rodada

Cumprindo recomendação do governo para evitar concentração de pessoas em locais que pudesse ter uma grande aglomeração, como nos estádios de futebol, a Ferj determinou que os jogos dessa terceira rodada da Taça Rio acontecesse de portões fechados.

Contudo, os jogadores se mostraram contrariados pois achavam por bem a paralisação total do Campeonato, a fim de evitar qualquer tipo de contágio entre os atletas.

Como não houve a paralisação do tornei, jogadores de Fluminense, Botafogo e Vasco decidiram protestar durante os jogos da rodada.

Em acordo com o Sindicado de Atletas de Futebol do Rio de Janeiro (Saferj) os atletas taparão a boca com uma das mãos antes, durante os jogos e até em eventuais comemoração de gols. O gesto também será repetido na entrada em campo durante a saída dos vestiários e até mesmo no cara ou coroa.

O gesto será parecido ao já realizado por Fluminense e Flamengo em 2015, quando na época os jogadores protestaram por conta de uma suspensão imposta a Vanderlei Luxemburgo pelo treinador ter criticado a Federação de Futebol do Rio de Janeiro, a Ferj.

De acordo com o Saferj, os jogadores do Flamengo não participaram da ação porque a ideia surgiu após a partida entre Flamengo e Portuguesa-RJ, que aconteceu no último sábado (14) no Maracanã.

Após o jogo no entanto, o capitão rubro-negro, Diego, e até mesmo o técnico Jorge Jesus se manifestaram também em favor da paralisação do Campeonato, principalmente no caso rubro-negro que houve contato dos jogadores com o vice-presidente de consulados e embaixadas rubro-negro, Maurício Gomes de Mattos testar positivo para o vírus.

Uma vitória neste domingo quebrará um jejum que já dura quase três anos

Fluminense e Vasco se enfrentam às 18h, no Maracanã, pela terceira rodada da Taça Rio. E uma vitória no clássico, além de devolver ao Tricolor a primeira colocação geral do Carioca, quebrará um jejum que já dura quase três anos.

Isso porque o Tricolor não vence a equipe Cruz-maltina há 10 partidas. A última vitória sobre o rival foi em 2017, pelo Campeonato Carioca, por 3 a 0, também no ‘Maior do mundo’. De lá pra cá, foram sete derrotas e três empates.

Confira os últimos 11 confrontos entre Fluminense e Vasco

Fluminense 0 x 0 Vasco. 02/11/2019 – Campeonato Brasileiro
Fluminense 1 x 2 Vasco – 20/07/2019 – Campeonato Brasileiro
Fluminense 0 x 1 Vasco – 17/02/2019 – Campeonato Carioca
Fluminense 0 x 1 Vasco – 02/02/2019 – Campeonato Carioca
Fluminense 0 x 1 Vasco – 03/11/2018 – Campeonato Brasileiro
Fluminense 1 x 1 Vasco – 19/07/2018 – Campeonato Brasileiro
Fluminense 2 x 3 Vasco – 29/03/2018 – Campeonato Carioca
Fluminense 0 x 0 Vasco – 07/03/2018 – Campeonato Carioca
Fluminense 0 x 1 Vasco – 26/08/2017 – Campeonato Brasileiro
Fluminense 2 x 3 Vasco – 27/05/2017 – Campeonato Brasileiro
Fluminense 3 x 0 Vasco – 22/04/2017 – Campeonato Carioca


Foto: RUDY TRINDADE/FRAMEPHOTO/GAZETA PRESS
Fonte: Flunomeno

Saiba onde assistir a partida entre Fluminense e Vasco

O clássico deste domingo, válido pela terceira rodada da Taça Rio, está marcado para as 18h, no Maracanã. O confronto será transmitido somente pelo Premiere. Sem a presença do público, por determinação da CBF como medida de segurança por conta do coronavirus (Saiba Mais), a única forma de assistir a partida será através do Pay-Per-View.

Foto: Reprodução torcedores.com

Artilheiro na temporada, Nenê tem mais gol do que grande rival do Flu

O meia Nenê vem mantendo a fase goleadora e chagou aos sete gols na temporada com os dois gols marcados diante do Motoclube-MA e se isolou ainda mais na artilharia do Flu no ano.

Os números do jogador de 36 anos são tão bons que Nenê sozinho já tem mais gols do que toda a equipe do Vasco na temporada. Enquanto o jogador do Flu sozinho marcou sete gols, o time todo do Vasco marcou seis.

Contando apenas Campeonato Carioca, Nenê ainda sim fica a frente do time da colina. Artilheiro do Flu também na competição, Nenê marcou cinco gols enquanto o Vasco fez apenas quatro.

Foto em destaque: Divulgação/FFC

Empresário inclui Fluminense entre clubes que sondaram Ralf, ex-Corinthians

Dispensado do Corinthians a pedido do técnico Tiago Nunes, Ralf pode jogar pela primeira vez na carreira em um clube carioca. Isso porque, à coluna do jornalista Jorge Nicola no Yahoo Esportes, um empresário do volante revelou ter recebido sondagens de Fluminense, Botafogo e Vasco.

— Não há proposta oficial, mas teve consulta de todos (os grandes do Rio), menos do Flamengo — disse.

Houve contato de uma equipe da China, onde Ralf ficou entre 2016 e 2017, quando vestiu a camisa do Beijing Guoan. Todavia, aos 35 anos, o veterano prioriza a permanência no Brasil, desde que para atuar por um time grande. O destino do jogador será definido assim que se chegar a um acordo com o Alvinegro pela rescisão do contrato, com validade até o fim do ano.

O elenco do Time de Guerreiros conta, hoje, com quatro volantes. Além de Yuri e Dodi, os recém-contratados Hudson e Henrique.

Publicado por: Nicholas Rodrigues.

Ex Flu, Sornoza pode pintar no Vasco

O meia Júnior Sornoza, ex Fluminense e que está na lista de transferências do Corinthians, pode retornar ao Rio de Janeiro, para defender o Vasco da Gama.

O meio campista é um pedido do técnico Abel Braga, ex treinador de Sornoza na época de Fluminense, que tenta convencer o equatoriano a acertar com o Cruzmaltino.

Sornoza é pretendido também pela LDU, do Equador, pais natal do meia, que também tem interesse em defender o clube equatoriano. Porém, a LDU já sinalizou que para ter Sornoza em 2020, o jogador terá que aceitar uma redução salarial.

O Corinthians por sua vez não dificultaria a saída do equatoriano que chegou com pompa de titular mas não se firmou na equipe paulista.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Top