Vigilância detecta infrações no Flu e demais equipes

Nesta Terça-feira, em visita aos Centros de Treinamentos dos clubes, a vigilância sanitária do Rio de Janeiro identificou infrações do protocolo segurança, nas sedes de Fluminense, Botafogo e Vasco. Além de outros clubes menores. O Flamengo foi o único que não apresentou irregularidades.

De acordo com o órgão, no total foram 11 infrações, sem especificar a de cada clube. Foram elas: cabines de higienização (não permitidas pela Vigilância), ausências de dispensadores de álcool em gel e sabão líquido em lavatórios, de álcool em gel nas áreas de acesso e circulação, lixeiras inoperantes e falta de lixeiras com tampas acionadas por pedal, ausência de funcionários de limpeza, e ausência de cartazes informativos sobre as Regras de Ouro para a prevenção da Covid-19.

– Conforme determinado no decreto publicado essa semana pelo prefeito Marcelo Crivella, a Vigilância Sanitária iniciou um processo de inspeção nos clubes para verificar se eles estão cumprindo a legislação sanitária e as Regras de Ouro da Prefeitura, que é uma forma de conscientizar a população. Também verificamos se eles começaram a implantar os protocolos específicos determinados pelo órgão sanitário municipal. Também temos um papel educativo e levamos orientações para os administradores, equipes e colaboradores para que possam de maneira plena cumprir essas determinações – explicou a subsecretária de Vigilância Sanitária, Márcia Rolim

Veja abaixa as irregularidades apontadas pelo órgão:

  • falta de dispensadores de álcool em gel e sabão líquido em lavatórios;
  • falta de álcool em gel nas áreas de acesso e circulação;
  • lixeiras inoperantes;
  • falta de lixeiras com tampas acionadas por pedal;
  • ausência de funcionários de limpeza;
  • ausência de cartazes informativos sobre as Regras de Ouro;
  • Também foi identificada a utilização de cabines de higienização, o que não é permitido pela prefeitura.



Fonte: UOL
Foto: Luças Merçon – FFC