fbpx

Zagueiro do Vila Nova-GO entra na mira do Fluminense

Especialmente devido à baixa de Matheus Ferraz, lesionado, o Fluminense mira contratações para o setor defensivo, o mais vazado do Campeonato Brasileiro, ao lado do Cruzeiro, com 16 gols sofridos em nove jogos. A bola da vez nas Laranjeiras é Wesley Matos, zagueiro do Vila Nova-GO. Foi o jornalista Rafael Bessa, da Rádio Sagres, de Goiás, quem divulgou o interesse.

Além de negar qualquer contato dos tricolores, a diretoria goiana avisa que, numa eventual tratativa, se guiará pelo valor da multa do jogador de 33 anos, que marcou dois gols em 20 confrontos na temporada. O contrato dele com o clube é válido até o fim de 2020.

A carreira de Matos começou no Tupi e seguiu para Mogi Mirim, Esportivo, América-MG e Goiás até chegar ao Vila Nova, em 2017. Chegou a ser negociado para a Ponte Preta no ano seguinte, mas retornou ao “Tigrão”.

Para o segundo semestre, Fernando Diniz terá o retorno de Digão e, provavelmente, de Léo Santos, ainda em tratamento de lesão. Eles se juntam a Nino, Frazan e Luan, recém-promovido da base. Fora dos planos da comissão técnica, Paulo Ricardo acertou com o Goiás.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Pedido por ex-técnico do Fluminense, Frazan interessa ao Vila Nova-GO

A pedido do técnico Eduardo Baptista, o Vila Nova-GO, na Série B, quer a contratação por empréstimo do zagueiro Frazan. A negociação depende de uma resposta do Fluminense para avançar ou mesmo esfriar. O “moleque de Xerém” tem contrato com o clube até 2020.

No momento, o Tricolor indica que não pretende ceder o jovem de 22 anos. Isso porque, com as lesões de Digão e Léo Santos, ele virou primeira opção no banco de reservas, à frente de Paulo Ricardo. Inclusive, está com a delegação em Porto Alegre para a terceira rodada do Brasileirão, domingo, contra o Grêmio.

Por outro lado, os goianos correm contra o tempo para conseguir o acerto, uma vez que desejam levar Frazan já para o jogo de volta da quarta fase da Copa do Brasil, terça-feira, diante do Juventude.

Embora seja visto com bons olhos por Fernando Diniz, que vetou sua saída para o Figueirense no começo do ano, o jogador só atuou uma vez em 2019 – a vitória por 2 a 1 sobre o Antofagasta, no Chile, pela Sul-Americana, em março.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Top