fbpx

De acordo com colunista, Flu e Bota chegaram a ensaiar um W.O duplo

Muito se especulou sobre um possível W.O duplo no jogo do último domingo (5) entre Fluminense e Botafogo, únicos clubes assumidamente contrários a volta do futebol em meio a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). No entanto, as duas equipes foram para o jogo que terminou empatada em 0 a 0, com o Tricolor garantindo classificação à final da Taça Rio.

Contudo, essa W.O chegou a ser combinado entre os presidentes de Fluminense através de Mário Bittencourt e Botafogo por Nelson Mufarrej, foi o que informou o colunista Lauro Jardim do jornal O Globo.

Segundo Jardim, a ideia era de que as duas equipes entrassem no gramado e fizessem uma roda no meio do campo como de costume, só que em seguida ao invés de rolar a bola, os jogadores sairiam de mãos dadas em direção ao túnel que dá acesso aos vestiários, acarretando desta forma o W.O duplo.

No entanto, isso não aconteceu e, ainda de acordo com Jardim, o motivo foi a liminar que obrigou a TV Globo a transmitir a partida. Desta forma, os clubes teriam ficado com receio de ferir os contratos já assinados dos clubes com a emissora e acarretar num dano ainda maior. Assim sendo, a dupla recuou na idéia e o protesto ficou por conta do manifesto que os clubes lançaram no último sábado (4) e a faixa que o jogadores entraram em campo com o dizer: Respeitem Nossa História.

Foto em destaque: Divulgação/BFR

Dificilmente Flu entrará em campo caso confirme retorno do Carioca para a próxima semana

O arbitral da Ferj marcado para a próxima segunda-feira (15) pode definir o retorno do futebol carioca já para o próximo final de semana, uma vez que a Federação trabalha com a data do dia 19 de junho para o reinício da competição.

Contudo, caso o retorno seja confirmado para esta data, o Fluminense dificilmente estará em campo, uma vez que o clube trabalha com essa data para receber o resultado dos exames dos jogadores, marcado para serem feitos na próxima terça-feira (16) e com isso o clube não poderia entrar em campo sem saber sobre a condição de infecção de seus jogadores.

Além disso, o clube ficou de certa forma contrariado por não ter sido avisado da reunião entre Ferj e alguns clubes que aconteceu no último sábado (13).

Com isso, o W.O ao Tricolor não está descartado.

Foto em destaque: Divulgação/FFC

Top