Fluminense confirma lesão de Yago que não é tão grave, mas ainda sim, preocupa

O Fluminense confirmou na noite da última segunda-feira (23) a lesão no joelho direito do meio campista Yago. O clube descartou a chave de uma ruptura dos ligamentos cruzados, porém, constatou uma lesão no ligamento colateral medial.

Ainda de acordo com o clube o atleta será reavaliado nos próximos dias, mas a tendência é que fique fora do time por cerca de duas a três semanas, fazendo dessa forma com que o jogador voltasse ao time só em 2021.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

De volta ao time, Yago vive a expectativa de realizar um bom jogo

O meio campista Yago Felipe retorna ao time após cumprir quarentena por conta da Covid-19. O jogador que voltou aos treinos durante a semana, deve iniciar a partida entre os 11 titulares.

Yago que vinha de uma boa partida contra o Fortaleza, seu último jogo, ficou de fora exatamente das duas derrotas do Flu, contra o Grêmio e Palmeiras. De volta ao time, Yago vive a expectativa de realizar um bom jogo.

– É sempre ruim ficar de fora, mas estou feliz por voltar. Então a expectativa é a melhor possível para que a gente faça um grande jogo e volte a vencer – disse Yago.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Yago vê Fluminense firme na briga pelo título do Brasileirão

Atual quarto colocado do Campeonato Brasileiro, com 32 pontos, três atrás de Inter e Flamengo, atualmente na liderança da competição, com 35, o Fluminense ainda é visto como uma zebra e poucos analistas de futebol apontam o Tricolor como um dos postulantes ao título, pensamento diferente de Yago.

O volante Tricolor que concedeu coletiva na tarde desta quarta-feira (04) colocou o Fluminense na briga pelo título:

Estamos, sim, na briga. Os números mostram isso, a posição na tabela mostra isso. Por que não seguir trabalhando firme e forte para que possamos conquistar, jogo a jogo? Esse é nosso objetivo. Pensar jogo a jogo para que continuemos com os resultados positivos – declarou o jogador.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Torcida escolhe Yago como “Guerreiro da Rodada”

O Fluminense venceu o Fortaleza por 1 a 0 na noite do último sábado (31) e, por meio de votação popular através do Twitter a torcida do Fluminense escolheu o volante Yago como “Guerreiro da Rodada”, o jogador de destaque no jogo.

Alem do camisa 20 que levou o “prêmio” com 46% dos votos, Wellington Silva, autor do gol, Luccas Claro e Hudson também estiveram como opções de votos.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Reencontro! Yago releva expectativa de enfrentar clube que o revelou

Um dos principais jogadores do setor de meio campo, o camisa 20 Tricolor terá nesta quarta-feira, uma decisão com um sabor especial.
Isso porque, a partida entre Figueirense e Fluminense, marcará o reencontro do jogador com o clube catarinense. De 2012 a 2017, Yago disputou 83 jogos com a camisa alvinegra, sendo 43 no Orlando Scarpelli, palco do confronto válido pela partida de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

Em entrevista, ele falou sobre a expectativa de enfrentar pela primeira vez o clube que o relevou para o futebol.

– Vai ser um sentimento especial. Sou muito grato por tudo que vivi lá. Mas, apesar disso, hoje defendo o Fluminense e vou fazer de tudo para sairmos com a vitória. Mas o Figueirense tem um lugar especial na minha carreira – disse Yago ao GloboEsporte.com.

Aos 25 anos, o volante, retorna ao Scarpelli, mais experiente, sendo um jogador mais versátil, que faz várias funções no meio de campo. E apesar de tanto tempo longe do estádio, ele conhece o campo como poucos, dá conselhos para o Fluminense e acredita em pedreira para o Tricolor, mesmo com a má fase do Figueirense, apenas o quarto colocado do Campeonato Catarinense.

– Todas as equipes que vão jogar lá contra o Figueirense têm muitas dificuldades. Eles são muito fortes jogando no Scarpelli. Temos que manter o nosso padrão de jogo durante os 90 minutos para sairmos com o resultado positivo. Organização, intensidade. A concentração durante todo o jogo vai ser fundamental.

Fonte: Globoesporte.com
Foto: Lucas Merçon

Yago comenta sobre oportunidades dada por Odair


FOTO DE MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC

E mais uma vez, o técnico Odair Hellmann escalou um Fluminense com novidades, para a partida contra o Resende, o treinador preferiu utilizar outras peças e segundo o meia Yago, oportunidades não faltaram a aqueles que ainda querem demonstrar serviço para o treinador.

— O Odair deixou bem claro que ainda vem buscando a equipe ideal então todos estão tendo a oportunidade de dar o seu melhor para que possam ter mais oportunidade ainda de começar jogando.

Deu liga! Hudson e Yago tem boa atuação e devem seguir como titulares do Flu

Hudson e Yago atuaram juntos no setor como titulares, na vitória do tricolor por 2 a 0 sobre o Botafogo-PB, pela Copa do Brasil. Com o resultado o Fluminense avança para a próxima fase da competição, onde encara o Figueirense.

Escalado como primeiro volante, Hudson foi bem na função e encaixou movimentação interessante com Yago, que atuando como segundo volante e mais centralizado teve mais liberdade para chegar aos homens da frente. Ambos revezavam os avanços, sem que deixassem espaços atrás. Quando um subia, o outro fechava a linha defensiva com os zagueiros.

Com mais dinamismo no setor que vinha sendo bastante criticado pela torcida, o Fluminense conseguiu construir mais jogadas de perigo ao gol adversário, com movimentação intensa e rapidez na transição da defesa para o ataque. Além de dar poucas chances para para contra-ataques ou para um “sufoco” próximo à meta de Muriel.

Mesmo com a queda de produção em determinados momentos da partida, ocasionando lances de perigo para a equipe do Botafogo-PB, a equipe de Odair Hellmann, saiu ilesa de campo, e deu fim a uma estatística incomoda. Isso porque nas últimas partidas o Tricolor vinha sofrendo gols no início dos jogos, foi assim contra Flamengo, Moto Club e Madureira.

Assim, Hudson e Yago, que já tinham dado uma “palinha” como primeiro e segundo volante no fim da vitória por 5 a 1 sobre o Madureira, no último domingo, devem seguir formando a dupla de volantes titular do Fluminense.

Fonte: Globoesporte.com
Foto: Lucas Merçon

Yago lamenta derrota, aponta alguns erros da equipe e já projeta partida decisiva na sul-americana

Ontem o tricolor conheceu sua primeira derrota na temporada, após ser derrotado pela equipe do Boa Vista, por 1 a 0, no Maracanã.
Com um primeiro tempo apático e um segundo tempo de pouca intensidade, o Fluminense viu a equipe de Bacaxá, sair vitoriosa de campo, com gol marcado após falha de marcação de Orinho.
Dono das duas principais chances de gol do Flu, o meia Yago analisou os erros da equipe.

– A gente caiu um pouco de produção tanto no primeiro, quanto no segundo tempo. No segundo deu até uma melhorada, mas a equipe do Boavista tava bem postada ali atrás. A gente tava errando muito e a gente não conseguiu fazer o gol. – Declarou o jogador.

O camisa 20 tricolor, falou sobre a conversa de Odair com os jogadores,
no intervalo, após a má atuação da equipe nos primeiros 45 minutos.

– Cobrou intensidade né? Acertar o último passe ali. Para que a gente criasse mais chances de fazer o gol. A gente até começou bem ali [o segundo tempo], mas a gente não fez [o gol].

Perguntando se a formação tática que iniciou a partida, foi determinante para o desempenho da equipe, Yago respondeu.

Nem pela formação, mas pelos erros de passes, erros técnicos né ? Pouca intensidade, pelo ritmo de jogo. Então, eu creio que não foi nem pelo padrão tático, mas, pelo técnico mesmo.

Mesmo lamentando a derrota o meia diz que já virou a página e que “Agora o pensamento é no próximo jogo”. E sobre o fim da sequencia de vitórias do Flu, ressalta.

– Assim como a gente não podia se empolgar com quatro vitórias, a gente não pode se abater com derrota.

O Fluminense volta a campo nesta terça-feira, na primeira decisão de 2020, diante do Uníon La Calera, do Chile, às 21h30, no Maracanã. Partida válida pela primeira fase da Copa sul-americana.

Foto: Fluminense Futebol Clube