fbpx

Yony entra na mira de outros clubes do Brasil

Foto: Lucas Merçon/FFC

Um dos destaques do Fluminense no primeiro semestre de 2019, o colombiano Yony Gonzales já despertou interesse de outros clubes do Brasil.

O atacante que está emprestado ao Tricolor até o final de 2019, chamou a atenção pela agressividade e velocidade. Além disso, o próprio jogador já havia demonstrado certa impaciência com os constantes atrasos salariais no Flu.

Diante desse possível descontentamento de Yony, outros clubes do Brasil, como: Atlético Mineiro, Corinthians, Cruzeiro e Grêmio, já monitoram a situação do atacante Tricolor, como informou Rodrigo Bueno, comentarista nos canais Fox Sports.

Vale destacar que Yony já atingiu os sete jogos pelo Flu no Brasileirão e não poderia atuar por outra equipe.

Lesionados, Matheus Ferraz e Yony González desfalcam o Fluminense diante do Cruzeiro

Na véspera de jogo decisivo diante do Cruzeiro, o Fluminense confirmou as lesões de Matheus Ferraz, com entorse no joelho direito, e Yony González, com estiramento na coxa direita. Desse modo, a dupla desfalca a equipe que vai a campo no Mineirão em busca da classificação na Copa do Brasil. Ambos se machucaram na derrota por 3 a 0 para o Athlético-PR, domingo, pelo Brasileirão.

Os jogadores passaram por exames médicos na reapresentação do elenco, nesta segunda-feira. O clube não estimou prazo para recuperação, mas a volta aos gramados deve ocorrer apenas depois da Copa América. Ou seja, vão perder, além do compromisso desta quarta, os duelos com Flamengo e Chapecoense.

O único zagueiro de origem que pode ser utilizado amanhã é o jovem Frazan. Na Arena da Baixada, Fernando Diniz optou por improvisar o volante Yuri. Este, porém, não vai a BH pois defendeu o Santos nesta edição do mata-mata. No ataque, apostou no recém-contratado Brenner.

Após empate em 1 a 1 no Maracanã, o Tricolor precisa vencer para avançar. Caso haja nova igualdade, a definição será nos pênaltis. A delegação viaja para Belo Horizonte ainda nesta tarde. Fez nesta manhã, no Centro de Treinamento, o último treino.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fluminense terá grande desfalque contra o Cruzeiro

Crédito: Lucas Merçon / FFC

A derrota para o Athletico Paranaense custou muito mais do que os três pontos. Com um estiramento muscular na coxa direita, Yony González está fora do jogo contra o Cruzeiro, segundo nota publicada pelo Fluminense. O colombiano, que é vice-artilheiro do time na temporada, só deve voltar aos gramados após a parada para a Copa América.

Quem também não está garantido no jogo é Matheus Ferraz. O zagueiro sofreu uma entorse no joelho direito, está em tratamento, mas ainda é dúvida para a partida. Diante do cenário, caso Ferraz não possa jogar, Diniz terá dor de cabeça. Frazan pode ter uma chance ao lado do Nino na zaga.

Já no ataque, as opções são mais variadas. Ewandro, Kelvin e Brenner tem características mais próximas do Yony. Porém, Diniz também pode modificar o time e jogar em um 4-4-2, reforçando o meio.

A partida contra o Cruzeiro, válida pelo jogo de volta da Copa do Brasil será nesta quarta-feira (05) às 19h15 no Mineirão.

De olho no Cruzeiro, Matheus Ferraz e Yony González serão reavaliados no Rio

A derrota por 3 a 0 para o Athletico-PR, nesse domingo, na Arena da Baixada, rendeu ao Fluminense possíveis desfalques para o jogo de quarta-feira, contra o Cruzeiro, no Mineirão, pela volta da Copa do Brasil – novo empate leva aos pênaltis. Matheus Ferraz e Yony González deixaram o gramado machucados e passarão por exames nessa segunda-feira, no Rio. No dia seguinte, a delegação embarca para Belo Horizonte.

O zagueiro saiu no primeiro tempo com incômodo no joelho direito. Foi apenas uma pancada em dividida, ou seja, preocupa menos. Por sua vez, o atacante acusou dores musculares após arrancada na segunda etapa.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Sequência de jogos faz vítimas e Fluminense pode ter desfalques contra o Cruzeiro

Titulares na equipe de Fernando Diniz, Matheus Ferraz e Yony González deixaram o campo com dores na derrota por 3 a 0 para o Athletico-PR

Foto: Lucas Merçon / FFC

Apesar de ter poupado alguns jogadores para a partida contra o Athletico-PR devido ao desgaste físico causado pela sequência de jogos apertada que o Fluminense vem passando, Fernando Diniz viu dois de seus principais jogadores deixarem o campo da Arena da Baixada com dores que preocupam. Na derrota por 3 a 0 para a equipe paranaense, Matheus Ferraz saiu ainda no primeiro tempo com um incômodo na lateral do joelho, enquanto Yony González foi substituído sentindo muito a coxa na etapa final. O caso do colombiano é o que mais preocupa, tendo em vista que o jogador saiu do gramado com dificuldades para pisar no chão.

Com isso, os dois se tornaram dúvida para o duelo importantíssimo com o Cruzeiro na próxima quarta-feira (05), às 19h15 (de Brasília), no Mineirão, pelas oitavas da Copa do Brasil. No jogo de ida, no Maracanã, cariocas e mineiros ficaram no empate por 1 a 1. Contudo, mesmo com a dor de cabeça e a preocupação com a situação dos dois atletas, Diniz também terá motivos para comemorar, já que contará com a volta de Luciano, Paulo Henrique Ganso e Gilberto, poupados na derrota para o Athletico-PR.

Yony González comemora classificação na Sul-Americana após viagem desgastante

Atacante colombiano revelou que temeu pelo segundo gol do Atlético Nacional ainda no primeiro tempo

Foto: Lucas Merçon / FFC

Superação. Essa foi a palavra escolhida por Yony González para definir a classificação do Fluminense em Medellín. O Tricolor carioca avançou de fase mesmo com a derrota por 1 a 0 para o Atlético Nacional no Atanasio Girardot , já que havia vencido por 4 a 1 no Maracanã. Após a partida, o atacante destacou a força de vontade dos jogadores para superar a pressão exercida pelo time da casa, e aproveitou para relembrar o desgaste da viagem de quase 10 horas de Salvador, onde a equipe de Fernando Diniz enfrentou o Bahia pelo Brasileirão, até a Colômbia, fazendo escalas em Brasília e na Cidade do Panamá.

“Foi um jogo difícil, afinal, a gente sabia que eles são fortes em casa. Levamos um gol cedo, mas soubemos manter a vantagem construída em casa. Para ser sincero, achei que eles fariam o segundo ainda no primeiro tempo. Fizemos uma viagem de quase 10 horas, então, o time estava um pouco cansado. A gente se esforçou para conseguir a classificação. Deu certo e passamos”, disse ao canal DAZN.

Yony também comentou sobre a postura tática do Fluminense na partida. Depois de sofrer com a pressão do Atlético em alguns momentos e desperdiçar chances claras no primeiro tempo, o Tricolor voltou para a etapa final mais fechado e na defensiva, conforme assumiu Fernando Diniz.

“A gente sofreu muito, mas ainda criamos chances no primeiro tempo. No segundo, optamos por jogar com a linha baixa e apostar nos contragolpes”, concluiu o colombiano.

Yony González é observado por clube japonês

Com a janela do meio do ano prestes a abrir, o Fluminense se vê ameaçado com o risco de assédio estrangeiro a jogadores que vêm se destacando na temporada. Vice-artilheiro do clube em 2019 com dez gols, Yony González despertou interesse do japonês Cerezo Osaka, que enviou um olheiro ao Maracanã para assistir à goleada por 4 a 1 sobre o Atlético Nacional, quinta-feira, pela Sul-Americana. Na ocasião, o colombiano perdeu um pênalti e deu assistência para um dos gols de João Pedro.

Também houve sondagens de dois clubes mexicanos. Por ora, nenhuma proposta chegou oficializada às Laranjeiras. O período de negociações no Japão abre em 15 de junho. No México, um dia antes.

Contratado em janeiro, Yony assinou até 31 de dezembro, com 10% do passe pertencendo ao Tricolor. Faz mais de três meses que a diretoria comunicou aos empresários do atacante a intenção de renovar contrato e adquirir maior parcela dos direitos econômicos. A negociação, porém, não foi finalizada.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Polivalente: Yony González analisa posicionamento no ataque do Fluminense

Colombiano disse poder atuar como centroavante e também pelas pontas

Foto: Lucas Merçon / FFC

Polivalente. Assim pode ser definido o colombiano Yony González. Desde que chegou ao Fluminense, o atacante já atuou em todos os setores possíveis no ataque tricolor. Como centroavante, durante o período em que Pedro se recuperava de lesão, e agora como ponta, já que Diniz tem o camisa 9 à disposição e, de praxe, o jovem João Pedro vivendo uma grande fase. Perguntado sobre seu posicionamento dentro da equipe, Yony afirmou que pode ser utilizado de diversas formas e minimizou o “jejum” de gols.

“Não tenho problema em jogar de centroavante e pelos lados. Diniz está optando agora para jogar pelos lados. Agora estou dando assistências. Não tenho feito gols, mas estou tranquilo e sei que a qualquer momento posso marcar”.

Em 2019, o colombiano atuou em 28 partidas pelo Fluminense, tendo marcado 10 gols e contribuído com assistências. Na Copa Sul-Americana, por exemplo, são três passes para gol em três jogos. O próximo desafio de Yony e do clube das Laranjeiras é neste domingo (26), contra o Bahia, às 19h (de Brasília), na Fonte Nova, em duelo válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

Faltando quase seis meses para o fim do contrato, Yony discute renovação com o Flu

Com 24 jogos, 10 gols e 6 assistências, Yony González já caiu nas graças da torcida tricolor e virou peça importante no esquema do técnico Fernando Diniz, pessoa na qual pediu sua contratação no início da temporada após se destacar no Junior de Barranquilla (COL).

Porém, com contrato se encerrando no fim do ano, a partir do mês que vem, o jogador já pode assinar pré-contrato com qualquer outra equipe, podendo assim, o Fluminense perder o jogador de graça.

Com isso, a ampliação do vínculo com Yony passa a ser uma das prioridades da diretoria tricolor, contudo, as duas partes ainda não conseguem se acertar em alguns pontos.

Yony é peça importante no time tricolor / FOTO: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.

O Fluminense já comunicou ao atleta que tem o desejo em mantê-lo e ouviu do staff do jogador a vontade do atleta em seguir no clube. As conversas, já foram iniciadas e continuam. Porém, os valores pedidos pelo jogador estão acima do que o clube pensa em pagar. Além disso, o atacante já informou para diversas pessoas o seu incômodo com os recorrentes salários atrasados.

Atualmente, sofrer a perda de mais um importante jogador da parte ofensiva pode ser um fator muito determinante para os próximos anos do clube, uma vez que não se sabe até quando o Flu conseguirá manter o Pedro em seu elenco.

Saudações Tricolores,

João Eduardo Gurgel

Crédito da Foto Inicial: Lucas Merçon/FFC

Grêmio separa imagens para usar na busca por torcedor envolvido em caso de racismo na Arena

No dia seguinte ao 5 a 4 para o Fluminense em cima do Grêmio, um vídeo divulgado pela FluTV expôs mais um caso de racismo na Arena: alguém chamou Yony González de “macaco” enquanto o colombiano comemorava seu segundo gol no jogo.

Ambos os clubes divulgaram mensagem nas redes sociais condenando o ato. E o Grêmio comunicou que apuraria o crime. A direção gremista separou imagens de câmeras de segurança do estádio para identificar o responsável por cometer injúria racial. Por sua vez, o STJD, segundo informação da assessoria, vai analisar o caso.

– Já localizamos as imagens na Arena e estamos identificando o responsável. É preciso ter muita responsabilidade e cuidado em um caso desses, porque repercute na vida dessa pessoa. Como clube popular, o Grêmio não pode ter esse tipo de situação na torcida – revelou o diretor jurídico Nestor Hein.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Top